Caderno da Conferência de Outubro


“O que eu, o Senhor, disse está dito; (…) seja pela minha própria voz ou pela voz de meus servos, é o mesmo” (D&C 1:38).
Para recordar a conferência geral de outubro de 2012, você pode usar estas páginas (e os Cadernos da Conferência que vão ser publicados em edições futuras) para ajudá-lo a estudar e a colocar em prática os mais recentes ensinamentos dos profetas e apóstolos vivos e de outros líderes da Igreja.

Para ler, ver ou ouvir os discursos da conferência geral, visite o site conference.LDS.org.

Histórias da Conferência

Desfrute o Momento

Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, “Remorsos e Decisões”, A Liahona, novembro de 2012, p. 21.

Presidente Dieter F. Uchtdorf

Minha mulher, Harriet, e eu adoramos andar de bicicleta. É maravilhoso sair ao ar livre e desfrutar as belezas da natureza. Temos certas rotas que gostamos de percorrer de bicicleta, mas não prestamos muita atenção à distância que percorremos ou na rapidez em que viajamos em relação aos outros ciclistas.

Contudo, às vezes, eu penso que deveríamos ser um pouco mais competitivos. Até acredito que conseguiríamos fazer um tempo melhor ou ir mais depressa se apenas nos esforçássemos um pouco mais. E às vezes até cometo o grande erro de mencionar essa ideia para minha maravilhosa esposa.

Sua reação típica para minhas sugestões dessa natureza é sempre muito bondosa, bem clara e muito direta. Ela sorri e diz: “Dieter, não estamos numa corrida, é um passeio. Desfrute o momento”.

Como ela está certa!

Às vezes na vida, ficamos tão concentrados na linha de chegada que deixamos de encontrar alegria na jornada. Não saio para andar de bicicleta com minha mulher porque estou entusiasmado com a chegada. Eu vou porque a oportunidade de estar com ela é muito agradável e prazerosa.

Não parece tolice destruir experiências pessoais agradáveis e felizes por estarmos constantemente ansiando pelo momento em que elas chegarão ao fim?

Será que ouvimos uma bela música esperando que a nota final deixe de soar antes de nos permitir desfrutá-la de verdade? Não. Ouvimos e nos conectamos com as variações da melodia, do ritmo e com a harmonia da composição musical.

Será que fazemos oração tendo apenas o “amém” ou o final dela em mente? É claro que não. Oramos para nos aproximar de nosso Pai Celestial, para receber Seu Espírito e sentir Seu amor.

Não devemos esperar até que cheguemos a um ponto futuro para sermos felizes, ou para descobrir que a felicidade já estava a nosso alcance — o tempo todo! A vida não foi feita apenas para ser apreciada retrospectivamente. “Este é o dia que fez o Senhor (…) ”, escreveu o salmista. “Regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.” [Salmos 118:24.]

Outros recursos sobre esse assunto: Sempre Fiéis, 2004, “Expiação de Jesus Cristo”, pp. 77–83; “Gratidão”, “Felicidade” e “Arrependimento”, Tópicos do Evangelho em LDS.org; Richard G. Scott, “Finding Joy in Life”, Ensign, maio de 1996, pp. 24–26.

Cantinho do Estudo

Traçar Paralelos: Casamento e Família

Alguns tópicos de grande importância foram mencionados por mais de um orador da conferência geral. Segue-se o que quatro oradores disseram sobre o casamento e a família. Tente encontrar outros paralelos ao estudar os discursos da conferência.

  • “A união de um homem e uma mulher, para serem legal e legitimamente casados, não é apenas uma preparação para que as futuras gerações herdem a Terra, mas também proporciona a maior alegria e satisfação que podem ser encontradas nesta vida mortal.”1 — Élder L. Tom Perry, do Quórum dos Doze Apóstolos

  • “As crianças precisam da força emocional e pessoal que advém do fato de serem criadas por pai e mãe que são unidos em seu casamento e em suas metas.”2 — Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos

  • “O alicerce da bondade e da boa educação começa no lar. Não é de surpreender que nosso discurso público tenha declinado em igual medida com a fragmentação da família.”3 — Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos

  • “Temos muito que fazer para fortalecer o casamento em uma sociedade que cada vez mais banaliza sua importância e seu propósito.”4 — Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos

    Notas

  1.   1.

    L. Tom Perry, “Tornar-se Bons Pais”, A Liahona, novembro de 2012, p. 26.

  2.   2.

    Dallin H. Oaks, “Proteger as Crianças”, A Liahona, novembro de 2012, p. 43.

  3.   3.

    Quentin L. Cook, “Podeis Agora Sentir Isso?”, A Liahona, novembro de 2012, p. 6.

  4.   4.

    D. Todd Christofferson, “Irmãos, Temos Trabalho a Fazer”, A Liahona, novembro de 2012, p. 47.

Promessa Profética

“O Salvador pode enxugar nossas lágrimas de remorso e remover o fardo de nossos pecados. Sua Expiação permite que deixemos o passado para trás e que prossigamos com mãos limpas, com um coração puro e com a determinação de agirmos melhor e especialmente de nos tornarmos melhores.”

Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, “Remorsos e Decisões”, A Liahona, novembro de 2012, p. 21.