Mensagem das Professoras Visitantes

Os Atributos Divinos de Jesus Cristo: Virtude

Ouvir Baixar Imprimir Compartilhar

Em espírito de oração, estude este artigo e decida o que compartilhar. De que modo a compreensão dos atributos divinos do Salvador aumentará sua fé Nele e abençoará as pessoas sob sua responsabilidade como professora visitante? Acesse reliefsociety.LDS.org para mais informações.

Esta mensagem faz parte de uma série de Mensagens das Professoras Visitantes que abordam atributos divinos do Salvador.

Fé, Família, Auxílio

“Que a virtude adorne teus pensamentos incessantemente; então tua confiança se fortalecerá na presença de Deus; e a doutrina do sacerdócio destilar-se-á sobre tua alma como o orvalho do céu” (D&C 121:45).

O que é virtude? O Presidente James E. Faust (1920–2007) disse: “A virtude, em seu sentido pleno, abrange todas as características da retidão que nos ajudam a formar nosso caráter”.1 O Presidente Gordon B. Hinckley (1910–2008) acrescentou: “O amor de Deus é a raiz de toda virtude, de toda bondade, de toda força de caráter”.2

A respeito do relacionamento entre as mulheres e a virtude, o Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “As mulheres trazem consigo para o mundo uma virtude específica, uma dádiva divina que as torna peritas em instilar qualidades como a fé, a coragem, a empatia e o refinamento nos relacionamentos e nas culturas. (…)

Irmãs, de todas as suas associações, é seu relacionamento com Deus, seu Pai Celestial, que é a fonte de seu poder moral, que devem sempre colocar em primeiro lugar em sua vida. Lembrem-se de que o poder de Jesus veio por meio de Sua devoção resoluta à vontade do Pai. (…) Esforcem-se por ser esse tipo de discípulas do Pai e do Filho, e sua influência jamais esmaecerá”.3

Detalhe de A Tua Fé Te Salvou, de Walter Rane

Das Escrituras

Hoje, as mulheres virtuosas, cheias de fé, estendem a mão para o Salvador. Em Lucas 8, lemos a respeito de uma mulher que sofria de um fluxo de sangue por 12 anos e que não podia ser curada. Ela buscou a cura no momento em que, “chegando por detrás [de Cristo], tocou na orla do seu vestido, e logo estancou o fluxo do seu sangue. (…) E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude”.4 Aquela mulher fiel prostrou-se diante Dele, declarando-Lhe “a causa por que lhe havia tocado, e como logo sarara. E ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou; vai em paz” (ver Lucas 8:43–48; ver também 6:17–19).

Por meio de Sua virtude,5 Cristo pode curar, capacitar, fortalecer, consolar e animar quando decidimos estender a mão para Ele com coragem e fé.

Exibir Referências

    Notas

  1.   1.

    James E. Faust, “As Virtudes das Íntegras Filhas de Deus”, A Liahona, maio de 2003, p. 108.

  2.   2.

    Gordon B. Hinckley, “Excerpts from Recent Addresses of President Gordon B. Hinckley” [Trechos de Discursos Recentes do Presidente Gordon B. Hinckley], Ensign, abril de 1996, p. 73.

  3.   3.

    D. Todd Christofferson, “A Força Moral das Mulheres”, A Liahona, novembro de 2013, p. 29.

  4.   4.

    A virtude tem poder (ver Marcos 5:30).

  5.   5.

    No Guia para Estudo das Escrituras, o “sacerdócio” é definido como “autoridade e poder concedidos por Deus ao homem para agir em todas as coisas relacionadas com a salvação” (D&C 50:26–27).