Respostas dos Líderes da Igreja

Como Mudar

Élder Jeffrey R. Holland

Do Quórum dos Doze Apóstolos

Extraído de um discurso proferido em um devocional na Universidade Brigham Young, em 18 de março de 1980.

Ouvir Baixar Imprimir Compartilhar

Quando uma pessoa pecou e reconheceu a gravidade de seus erros, seu desafio mais importante vai ser acreditar que pode mudar, que pode ser uma pessoa diferente. Duvidar é claramente um dispositivo satânico que visa a desanimar e derrotar uma pessoa. Arrependimento não é uma palavra negativa. Depois da , é a palavra mais encorajadora do vocabulário cristão. Você pode mudar! Você pode ser qualquer coisa que quiser ser em retidão.

Se há uma queixa que não consigo tolerar é a pobre e lastimável exclamação: “Bem, eu sou assim”. Se uma pessoa quiser falar sobre atitudes desanimadoras, essa é uma que me desanima. Por favor, poupe-me de seus discursos do tipo: “Eu sou assim”. Tenho escutado isso de muitas pessoas que queriam pecar e o chamam de psicologia. E eu uso a palavra pecado para cobrir uma série de hábitos que trazem desânimo, dúvida e desespero.

Uma pessoa pode mudar tudo o que desejar e pode fazê-lo muito rápido. Outra falsidade satânica é acreditar que é preciso anos e anos e uma eternidade para se arrepender. Leva tanto tempo para uma pessoa se arrepender quanto para dizer: “Vou mudar” — para valer. Evidentemente haverá problemas para solucionar e reparações a fazer. Uma pessoa pode vir a passar — de fato, é melhor passar — o resto da vida demonstrando seu arrependimento pela permanência dele. Mas a mudança, o crescimento, a renovação e o arrependimento podem vir a essa pessoa tão instantaneamente como aconteceu com Alma e os filhos de Mosias.

Entendam bem. O arrependimento não é fácil, ou indolor, ou conveniente. Pode ser uma taça de amargura infernal. Mas apenas Satanás quer que uma pessoa pense que o reconhecimento necessário e exigido do pecado é mais detestável do que a permanência nele. Somente ele diria: “Você não pode mudar. Você não vai mudar. É muito demorado e difícil mudar. Desista. Sucumba. Não se arrependa. É assim que você é”. Isso, meus amigos, é uma mentira que nasce do desespero. Não caiam nessa.