Setembro: Obedeço a Jesus Cristo Porque O Amo

Esboço para o Tempo de Compartilhar de 2015: Sei Que Meu Salvador Vive, 2009


Complemente as ideias apresentadas aqui com outras de sua própria autoria. Planeje maneiras de apresentar a doutrina para as crianças e ajude-as a compreendê-la e aplicá-la em sua vida. Pergunte a si mesma: “De que atividades as crianças participarão para aprender e como vou ajudá-las a sentir o Espírito?”

“Se me amais, guardai os meus mandamentos” (João 14:15).

Semanas 1 e 2: Demonstro amor a Jesus Cristo quando guardo os mandamentos.

Apresentar a doutrina: Para ajudar as crianças a memorizarem João 14:15, faça o desenho de um coração e um desenho que represente os Dez Mandamentos. Divida as crianças em dois grupos. Segure o desenho do coração em frente a um dos grupos e peça aos participantes que fiquem de pé e digam: “Se me amais”. Segure o desenho dos Dez Mandamentos diante do outro grupo e peça aos integrantes que se levantem e recitem: “Guardai os meus mandamentos”. Repita essa atividade várias vezes. As crianças mais velhas podem aprender a primeira parte de João 14:21 (“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama”) da mesma forma.

Memorizar Escrituras

O uso de auxílios visuais durante a leitura das escrituras ajuda as crianças a memorizarem as passagens.

Desenhos disponíveis em LDS.org

Dica: Memorizar escrituras pode ajudar as crianças a aprenderem doutrinas do evangelho. As palavras das escrituras podem ser fonte de consolo e orientação (ver ENMC, p. 171). Na semana 1, três coisas ajudarão as crianças a memorizarem a escritura: a repetição, frases curtas e auxílios visuais.

Incentivar a compreensão: Prepare tiras de papel com um mandamento escrito em cada uma (como ler as escrituras, vestir-se com recato e obedecer à Palavra de Sabedoria). Coloque os papéis num recipiente e peça a uma criança que escolha um e faça uma mímica que ilustre uma maneira de guardar esse mandamento. Peça às demais crianças que adivinhem o que ela está fazendo. Cantem “Guarda os Mandamentos”, MC, pp. 68–69). Ao cantarem o refrão, peça à criança que mostre às outras a mímica relativa a observância do mandamento. Peça a várias crianças que digam como a obediência a esse mandamento as abençoará.

Incentivar a aplicação: Mostre “Meus Padrões do Evangelho” e examine os padrões com as crianças. Explique-lhes que a observância desses padrões mostra nosso amor a Jesus Cristo. Escreva cada uma das referências das escrituras a seguir em folhas de papel separadas: Êxodo 20:7; Êxodo 20:8–10; Êxodo 20:12; João 13:34–35; Mosias 18:10 e Doutrina e Convênios 42:40–41. Divida as crianças em grupos e dê a cada um deles uma das escrituras para que leiam juntas: Peça-lhes que encontrem um padrão do evangelho que corresponda à escritura e discutam como podem viver esse padrão. Peça-lhes que deem sua opinião ao restante das crianças da Primária.

Semana 3: Meu amor por Jesus Cristo aumenta quando oro.

Incentivar a compreensão: Divida as crianças em pequenos grupos. Peça a cada grupo que leia e discuta as escrituras a seguir, procurando o que o Salvador ensina sobre a oração: 3 Néfi 18:19–20; Doutrina e Convênios 19:28, 38; 88:63–64. Saliente que o Salvador nos ensina a orar ao Pai Celestial em Seu nome e que isso nos ajuda a aproximarmos Dele.

Incentivar a compreensão: Faça para cada criança uma cópia da ilustração da página 19 do manual do Berçário, Olhai para Vossas Criancinhas. Deixe as crianças colorirem a ilustração e levarem-na para casa para mostrar aos familiares.

Atividades de Colorir

Nem todas as crianças gostam de colorir. Algumas talvez façam somente um ou dois rabiscos na página. O objetivo das atividades de colorir é fornecer às crianças uma representação visual da lição para poderem tê-la em mãos e levar para casa.

Incentivar a compreensão e a aplicação: Cantem uma música sobre a oração de Músicas para Crianças, como por exemplo, “Oração de uma Criança” (MC, pp. 6–7) ou “A Cabecinha Abaixarei” (MC, p. 18). Conte às crianças como seu amor pelo Senhor aumenta quando você ora. Faça no quadro uma tabela com quatro colunas. No alto da primeira coluna, escreva Nosso Pai Celestial. No alto da segunda, escreva Agradecer a Ele pelas bênçãos. No alto da terceira coluna, escreva Pedir-Lhe bênçãos. No alto da última coluna, escreva Em nome de Jesus Cristo. Amém. Peça às crianças que, em grupos, enumerem várias bênçãos pelas quais são gratas. Em seguida, peça a cada grupo que cite uma bênção pela qual as crianças de seu grupo são gratas e anote essa bênção na segunda coluna. Depois, peça às crianças que discutam em grupo as bênçãos que podem pedir ao Pai Celestial e escreva as respostas na coluna 3. Relembre os passos da oração.

Dica: Planeje o tempo de compartilhar de modo a envolver tanto as crianças maiores como as menores. Na semana 3, por exemplo, a primeira atividade se adaptaria melhor a crianças mais velhas e a segunda atividade funcionaria melhor com crianças pequenas.

Semana 4: Meu amor por Jesus Cristo aumenta quando estudo as escrituras.

Incentivar a compreensão: Conte a história de quando Cristo curou e abençoou as pessoas em 3 Néfi 17:7, 9–12, 20–24 ou peça a crianças maiores que a leiam nas escrituras. Peça às crianças que façam um desenho que represente alguma coisa da história. Testifique o quanto seu amor por Jesus Cristo aumentou devido à leitura das escrituras.

Incentivar a aplicação: Cantem “Buscarei Cedo ao Senhor” (MC, p. 67). Diga às crianças que elas podem aprender mais sobre Jesus Cristo lendo ou ouvindo as escrituras. Depois, conte a história que se encontra em Marcos 10:13–16 sobre a ocasião em que Jesus abençoou as crianças. Mostre uma gravura de Jesus abençoando as criancinhas. Peça às crianças que imaginem como se sentiriam se estivessem lá. Peça a algumas crianças que expressem sua opinião. Explique-lhes que elas podem sentir-se próximas do Salvador ao lerem sobre Ele nas escrituras.

Dica: Quando as crianças dizem como aplicar uma doutrina, isso confirma a mensagem em seu coração e convida o Espírito a estar presente. Depois de ensinar uma doutrina, dê às crianças a oportunidade de mostrar como podem aplicá-la em sua vida.