Setembro: O Evangelho Será Pregado em Todo o Mundo

Esboço para o Tempo de Compartilhar de 2016: Sei que as Escrituras São Verdadeiras, (2015), 18–19


Complemente as ideias apresentadas aqui com outras de sua própria autoria. Planeje maneiras de apresentar a doutrina para as crianças e ajude-as a compreendê-la e aplicá-la em sua vida. Pergunte a si mesma: “De que atividades as crianças participarão para aprender e como vou ajudá-las a sentir o Espírito?”

“E este evangelho será pregado a toda nação e tribo e língua e povo” (D&C 133:37).

Semana 1: As escrituras ensinam que o evangelho será pregado em todo o mundo.

Apresentar a doutrina: Peça a uma criança mais velha que leia Doutrina e Convênios 133:37 em voz alta. Diga às crianças que os missionários ensinam o evangelho em muitas regiões do mundo, em várias línguas diferentes. Peça-lhes que repitam juntas a escritura.

Incentivar a compreensão: Mostre às crianças um mapa-múndi ou desenhe um mapa simples no quadro. Peça-lhes que mostrem lugares onde pessoas que elas conhecem serviram como missionárias. Marque-os no mapa. Pergunte às crianças onde gostariam de servir e deixe-as marcar esses locais no mapa. Explique-lhes que os chamados para a missão vêm do Senhor por meio do profeta e que os missionários servem onde o Senhor os chama. Ajude as crianças a praticar dizer o nome da Igreja em alguns idiomas diferentes. Diga-lhes que há alguns lugares onde os missionários não são autorizados a ensinar. Explique-lhes que o Presidente Thomas S. Monson pede que oremos “pela abertura dessas áreas, para que possamos compartilhar com [todos] a alegria do evangelho” (A Liahona, novembro de 2008, p. 6).

Desenhar: O mapa da semana 1 pode ser desenhado, impresso ou trazido de casa. Caso pretenda desenhar no quadro, ensaie com antecedência. Não se desculpe por sua falta de dotes artísticos. Desculpar-se apenas atrairá atenção para esse aspecto do desenho. Caso não se sinta à vontade para desenhar, peça ajuda a alguém (ver ENMC, pp. 162–163).

Incentivar a aplicação: Peça às crianças que escrevam um bilhete para um missionário saído de sua ala ou para os missionários que estejam servindo em sua área. Entregue as cartas ao líder da missão da ala para que as envie aos missionários.

Somente algumas crianças irão à frente da sala. Para permitir a participação de todos, peça-lhes que sussurrem para o vizinho onde gostariam de servir.

Mapa disponível em sharingtime.LDS.org

Semana 2: A obra missionária abençoa a todos.

Incentivar a compreensão: Peça a um ex-missionário que venha à Primária e conte às crianças algumas das bênçãos que recebeu ao realizar a obra missionária. Peça a outras pessoas (recém-conversos, crianças ou famílias) que contem experiências missionárias que tiveram ou um exemplo de como a obra missionária abençoou sua vida. Peça às crianças que cantem “Levaremos ao Mundo a Verdade” (MC, pp. 92–93) para os convidados.

Demonstrar amor: Procure oportunidades para demonstrar amor a cada criança. Ao mostrar amor às crianças a quem ensina, elas se tornam mais receptivas ao Espírito e mais entusiasmadas pelo aprendizado (ver ENMC, p. 31).

Semana 3: Posso preparar-me agora para servir em uma missão.

Incentivar a compreensão: Mostre uma gravura de Amon e diga às crianças que ele foi um grande missionário que ensinou o evangelho aos lamanitas. Explique-lhes que ele se preparou para servir como missionário antes de sair em missão. Leia (ou peça que uma criança maior leia) Alma 17:2–3 em voz alta. Peça às outras crianças que ouçam e levantem a mão ao ouvirem maneiras pelas quais Amon se preparou para ser missionário. Peça a uma criança que escreva as respostas no quadro. Diga às crianças que elas podem fazer essas mesmas coisas ao se prepararem para a missão. Cantem “Eu Quero Ser um Missionário” (MC, p. 91). Ao cantarem, peça às crianças que façam gestos simples que representem ações dos missionários, como bater em portas, ler as escrituras ou andar de bicicleta.

Incentivar a aplicação: Diga às crianças que há coisas que elas podem fazer agora para se prepararem para a missão, como estudar as escrituras, adquirir um testemunho, guardar os mandamentos, pagar o dízimo e economizar dinheiro. Dê a cada criança uma papeleta de dízimo e mostre como preenchê-la. Ajude-as a preparar um lugar especial onde possam guardar o dinheiro do dízimo e o dinheiro que estão economizando para a missão. Pode ser uma caixa, uma pequena jarra ou lata ou um envelope com espaços separados para o dízimo e as economias.

Pedir que uma criança escreva no quadro a ajudará a sentir-se valorizada. Ajudará também a manter vivo o interesse das outras crianças.

Semana 4: Posso ser um missionário agora.

Incentivar a compreensão: Escreva a seguinte frase no quadro: “Posso ser um missionário agora ao ______”. Peça às crianças que pensem em coisas que podem fazer para ser missionárias agora. Peça-lhes que contem suas ideias ao colega sentado ao lado. Peça a várias crianças que escrevam suas respostas no quadro.

Incentivar a compreensão: Peça a uma criança maior que conte a história da Primeira Visão e a outra criança que externe seus sentimentos sobre o Livro de Mórmon. (Avise as crianças com antecedência para que tenham tempo suficiente para se prepararem.) Incentive todas as crianças a contarem a história da Primeira Visão ou a externarem seus sentimentos sobre o Livro de Mórmon aos familiares.

Adapte as aulas à idade das crianças (ver ENMC, pp. 110–117). Na segunda atividade da semana 4, por exemplo, você pode entregar a todas as crianças maiores uma edição missionária do Livro de Mórmon e incentivá-las a oferecer a alguém. Para ajudar as crianças menores a estudar a história da Primeira Visão, você pode usar as atividades, os auxílios visuais e os fantoches de dedo das páginas 88–91 de Olhai para Vossas Criancinhas.

Incentivar a aplicação: Peça às crianças que pensem em um ato que mostre como podemos ser missionários e viver o evangelho agora. Escolha uma criança para dirigir-se à frente da sala e relatar seu ato ao restante da Primária. Repita a atividade com outras crianças se o tempo permitir.