Obediência

Manual de Sacerdócio Aarônico 1, 1992


Objetivo

Cada rapaz deverá compreender que pode mostrar amor pelo Pai Celestial ao obedecer aos mandamentos.

Preparação

  1. 1.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Obras-padrão para cada rapaz

    2. b.

      Lápis para marcar as escrituras

    3. c.

      Hinário ou a letra do hino nº 9, “Graças Damos, ó Deus, por um Profeta”, colocada num cartaz ou no quadro-negro.

Sugestão para o desenvolvimento da lição

A Obediência É um Princípio Básico do Evangelho

História

Peça aos rapazes que ouçam a história do menino que demonstrou o princípio da obediência.

“…um menino…estava jogando basebol com seus amigos, quando ouviu sua mãe chamando: ‘Charlie, Charlie!’ Imediatamente ele jogou o bastão, apanhou seu casaco e dirigiu-se para casa.

‘Não vá ainda; termine o jogo’ gritaram os outros meninos.

‘Preciso ir. Disse à minha mãe que iria sempre que ela chamasse.’ Foi a resposta de Charlie.

‘Finja que não ouviu’ foi o conselho dos outros.

‘Mas eu ouvi e tenho que ir’, disse Charlie.

‘Ela não sabe disso.’

Um dos jogadores por fim disse: ‘Ora, deixem-no ir. Está agarrado às saias da mãe. É um bebê e corre assim que ela chama.’

Enquanto corria, Charlie respondeu: ‘Não me acho um bebê, por cumprir a palavra que dei a minha mãe. Isto é masculinidade e o menino que não mantém a palavra dada à mãe não a manterá para com ninguém mais.” (N. Eldon Tanner, “Obedecer à Voz Certa”, A Liahona, fevereiro de 1978, pp. 59-60.)

Quadro-negro e nebate

Escreva Obediência no quadro-negro.

• O que significa obediência?

Deixe que os rapazes respondam a essa pergunta. Ajude-os a entenderem que obedecer é fazer o que nos foi ordenado ou sujeitar-se à autoridade ou à lei. Obediência é uma das leis mais importantes e básicas de Deus.

Escrituras e debate

Peça aos rapazes que se revezem na leitura das seguintes passagens, enquanto os outros acompanham e marcam suas escrituras.

Debata a relação de cada escritura com a obediência. Talvez você queira resumir esses pontos no quadro-negro.

  1. 1.

    Abraão 3: 24-25 (Fomos enviados à terra para ver se obedeceríamos.)

  2. 2.

    João 14:15 (Se amamos o Salvador, cumpriremos seus mandamentos.)

  3. 3.

    1 Néfi 3:7 ( O Senhor prepara um caminho para que obedeçamos a seus mandamentos.)

  4. 4.

    Doutrina e Convênios 82:10 (O Senhor fará sua parte se obedecermos.)

  5. 5.

    Doutrina e Convênios 130:20-21 (Todas as bênçãos são baseadas na obediência a determinadas leis.)

  6. 6.

    Mateus 7:21 (Apenas aqueles que obedecem viverão com o Pai Celestial.)

Peça a um rapaz que cite a terceira regra de fé: “Cremos que por meio do sacrifício expiatório de Cristo, toda a humanidade pode ser salva pela obediência às leis e ordenanças do evangelho”.

Testifique que a obediência é um princípio básico do evangelho. Se tivermos fé em Jesus Cristo, guardaremos seus mandamentos e nos tornaremos semelhantes a ele. Somente pela obediência podemos voltar à presença do Pai Celestial.

Os Grandes Homens São Obedientes

Citação

Os homens de Deus sempre deram grande ênfase à obediência. Leia a seguinte citação para os rapazes:

“Quando o Presidente Tanner voltou depois de presidir as missões européias, perguntaram-lhe qual era, em sua opinião, o atributo mais importante para o sucesso de uma pessoa ou missionário. Após uma breve pausa, ponderando as implicações da pergunta, ele respondeu com uma só palavra: ‘Obediência.’” (Teddy E. Brewerton,

“Obediência – Obediência Plena”, A Liahona, agosto de 1981, p. 113.)

Atividade com uso do quadro-negro

À medida que escreve um nome no quadro-negro, peça que eles expliquem como acham que determinada pessoa demonstrou obediência.

Escreva Adão no quadro-negro.

Explique que Adão construiu um altar e ofereceu sacrifícios a Deus. Um anjo apareceu a ele e perguntou por que estava oferecendo sacrifícios. Ele respondeu: “Não sei, exceto que o Senhor me mandou.” (Ver Moisés 5:5-6.)

Escreva Léhi no quadro-negro.

Explique que Léhi obedeceu ao Senhor deixando seu lar e seus bens em Jerusalém. Como resultado, passou por muitas dificuldades. Foi recompensado por sua obediência ao ser poupado da destruição de Jerusalém e foi conduzido à bela terra da promissão.

Escreva Joseph Smith no quadro-negro.

Explique que Joseph Smith obedientemente orou pedindo sabedoria a Deus. Foi abençoado ao aprender a verdade a respeito de Deus e tornar-se profeta.

Escreva Jesus Cristo no quadro-negro.

Explique que quando Jesus tinha trinta anos deixou seu lar na Galiléia e encontrou João Batista no rio Jordão. Quando o encontrou, pediu a João que o batizasse porque sabia que João tinha autoridade para batizar. João sabia que o Salvador era um homem sem pecados que não precisava de arrependimento e disse a ele: “Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim?”

O Salvador sabia que o batismo era para a remissão dos pecados e que não cometera nenhum, mas também sabia que o batismo era uma ordenança requerida de toda a humanidade. Jesus disse: “Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça”. (Ver Mateus 3:13-15.)

Todos Podemos Ser Obedientes

Debate

Explique que os exemplos anteriores eram de profetas e do Salvador. Saliente, entretanto, que não temos que ser profetas para sermos obedientes. Podemos e devemos ser todos obedientes. Tal como os profetas o fizeram, demonstramos nosso amor ao Salvador por meio da obediência.

• Se o profeta nos diz que façamos alguma coisa, como devemos responder?

Enquanto os rapazes debatem esse ponto, mostre que devemos sempre seguir o conselho do profeta. Quando os líderes de nossa Igreja nos dão um conselho, é como se o próprio Salvador o estivesse fazendo.

Citação e debate

“Obedecer significa seguir e aceitar orientação. Nosso profeta nos deu hoje orientação para que ‘alargássemos nossos passos’, nos expandíssemos, nos esforçássemos e procurássemos metas que exigem um grande esforço para serem alcançadas. Se formos obedientes a essa orientação, acabaremos por atingir metas que nunca pensamos fosse possível. Fiquei impressionado com as observações do Élder A. Theodore Tuttle, do Primeiro Quorum dos Setenta, quando perguntou a um jovem se estava se preparando para sair em missão. O jovem respondeu: “Não quero sair em missão”. A resposta do Élder Tuttle foi: ‘O que importa isso? O Senhor quer que você saia’. Esse é um exemplo perfeito de como a lei da obediência deve ser exercida”. (Keith Brian Rutledge, Conference Report, Conferência de Área de Melbourne, Austrália, 1976, p. 18.)

• O que você acha que o Élder Tuttle quis dizer, quando falou: “O que importa isso?” (Devemos fazer o que o Senhor quer que façamos, não importa o que queiramos fazer.)

História

Peça aos rapazes que ouçam os seguintes exemplos a respeito de como os membros da Igreja foram abençoados por serem obedientes.

“Na Missão Brasil São Paulo Sul, havia um élder, de nome Malheiros, que chegou ao campo missionário sem saber ler nem escrever muito bem. Tinha até um certo medo de orar em público. Mas esse moço… tornou-se um dos melhores missionários que se possa imaginar. Ao final da missão, o presidente perguntou-lhe como conseguira tornarse um missionário tão dinâmico e de tanto sucesso. (Ele havia batizado mais de duzentas pessoas, tendo feito batismos durante cinqüenta e duas semanas consecutivas.) Com muita humildade, o élder Malheiros respondeu: ‘Bem, presidente, nunca duvidei do senhor. O senhor disse que eu poderia batizar todas as semanas, assim eu sabia que era possível. Nunca duvidei. Nem sempre foi fácil, mas eu procurei obedecer.’” (Teddy E. Brewerton, “Obediência – Obediência Plena, A Liahona, agosto de 1981, p.114.)

• De que maneira o élder Malheiros foi abençoado? (Ele venceu o medo e batizou muitas pessoas.)

• Se o élder Malheiros não tivesse obedecido ao presidente da missão, de que maneira sua missão poderia ter sido diferente?

História

“Por que Floriano de Oliveira, membro do sumo conselho de uma estaca no Brasil, teve tanto sucesso como missionário? Porque obedeceu à recomendação do Senhor de abrir a boca e falar do evangelho. Um dia, dirigindo no trânsito congestionado de São Paulo, ele desviou os olhos por um instante da rua e acabou batendo no carro da frente. Saltou do carro, correu para o carro em que batera, abriu a porta e disse: ‘Sinto muito ter batido em seu carro. A culpa foi toda minha. Pagarei o prejuízo. Não tive intenção de bater, por isso, peço que me desculpe. Contudo se não houvesse a batida, o senhor não teria ouvido a mensagem que tenho para o senhor, a mensagem que espera a vida inteira.’ A seguir, explicou a restauração do evangelho ao homem, que era médico, e duas semanas depois ele foi batizado.” (Teddy E. Brewerton, “Obediência – Obediência Plena”, A Liahona, agosto de 1981, p. 115.)

• Por que o irmão Oliveira tinha tanto sucesso como missionário? (Ele foi obediente ao pedido do Senhor de compartilhar o evangelho.)

Alegria por meio da de Obediência

Apresentação pelo consultor

Explique que devemos ficar felizes e ter um sentimento agradável ao sermos obedientes. Se tivermos a atitude correta em relação a sermos obedientes, isso nos trará alegria e felicidade.

Peça aos rapazes que pensem a respeito do que sentem quando são obedientes e cumprem as designações que lhes são feitas, como por exemplo distribuir o sacramento, coletar ofertas de jejum, obedecer à Palavra de Sabedoria, obedecer a qualquer dos mandamentos do Pai Celestial. Depois, peça que descrevam esses sentimentos a você. Conduza o debate de modo a que comentem os sentimentos positivos e satisfatórios decorrentes da obediência.

Hinos Peça aos jovens que cantem a primeira estrofe do hino “Graças Damos, ó Deus, por um Profeta” ou peça a um deles que leia a letra (Hinos nº 9). Peça-lhes que prestem atenção especial ao último verso do hino.

“Graças damos, ó Deus, por um profeta Que nos guia no tempo atual Por mandar-nos a luz do evangelho Nossas almas livrando do mal. E graças por todas as bênçãos Que promanam de ti sobre nós Queremos contentes servir-te E fiéis atender tua voz.”

Conclusão

Escritura e testemunho

Peça aos rapazes que leiam e marquem Mosiah 2:41.

Preste testemunho dos benefícios que temos ao obedecer aos mandamentos do Pai Celestial.

Explique que a obediência mostra nossa confiança no Pai Celestial e nosso amor a ele. Se o amarmos e confiarmos verdadeiramente nele, seremos obedientes a ele por toda a vida.