Preparar-se Agora para o Casamento no Templo

Manual de Sacerdócio Aarônico 2, 1993


Objetivo

Fazer com que cada rapaz compreenda que é necessário um planejamento cuidadoso durante a juventude para sermos dignos e estarmos preparados para as bênçãos do casamento eterno.

Preparação

  1. 1.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Um exemplar de Doutrina e Convênios para cada rapaz.

    2. b.

      Lápis para marcar as escrituras.

  2. 2.

    Obter uma cópia das perguntas feitas durante a entrevista de recomendação para o templo, com o bispo ou presidente de ramo.

  3. 3.

    Estudar o conselho sobre namoro encontrado na página 7 de Para o Vigor da Juventude.

Sugestão para o desenvolvimento da lição

O Casamento no Templo É uma Bênção

História

Peça aos rapazes que pensem a respeito de qual foi a maior bênção da sua vida até agora. enquanto você conta a história seguinte, relatada pelo Élder Bruce R. McConkie:

“Minha mulher e eu estivemos conversando sobre as bênçãos que temos recebido. Identificamos uma série de coisas que obtivemos devido à Igreja, nossa família e à restauração da verdade eterna nestes últimos dias. Por fim, ela formulou a pergunta: ‘Qual a maior bênção que já recebeu na vida?’

Sem hesitar, respondi: ‘Aconteceu a treze de outubro de 1937, às 11h 20 da manhã, (…).

Interrompa a história e pergunte:

• Em sua opinião, qual foi a maior bênção recebida pelo Élder McConkie?

Deixe que os jovens respondam depois termine a história:

“(…) ao ter o privilégio de, diante do altar do Senhor no Templo de Lago Salgado, recebê-la como companheira eterna.’

Minha mulher respondeu: ‘Bem, você passou no teste.’

Creio que a coisa mais importante para um santo dos últimos dias é casar-se com a pessoa certa, no lugar certo, pela autoridade certa; e depois (…) a outra coisa mais importante é viver de tal modo, que os termos daquele convênio sejam eficazes agora e para sempre.” (Bruce R. McConkie, A Liahona, maio de 1978, pp. 31–32.)

Debate com uso de escritura e quadro-negro

• Por que razão o Pai Celestial deseja que seus filhos e filhas se casem no templo?

Escreva as respostas dos rapazes no quadro-negro.

Para ajudar a responder a esta pergunta, peça aos rapazes que leiam e marquem Doutrina e Convênios 131:1–4. Explique que o casamento no templo é necessário para que possamos entrar no mais alto grau de glória. Conseqüentemente, é uma bênção preciosa do Pai Celestial.

Citação

O Presidente Spencer W. Kimball disse:

“O Senhor uniu Adão e Eva (…) e realizou a sagrada cerimônia do casamento para torná-los marido e mulher (…).

É normal casar-se e é normal criar filhos (…).

Todas as pessoas deveriam desejar casar-se e todos devem planejar seu casamento.

O casamento é, talvez, a mais importante de todas as decisões e tem os efeitos de maior alcance, pois deve proporcionar não somente a felicidade imediata, mas a alegria eterna” (discurso proferido no Instituto de Religião de Salt Lake , 22 de outubro de 1976).

Devemos Ser Dignos de Receber as Bênçãos do Casamento Eterno

Apresentação pelo consultor

Explique que para podermos participar da “felicidade imediata” e “alegria eterna” do casamento no templo, devemos ser dignos de entrar na casa do Senhor e receber tais bênçãos.

Sempre que os membros da Igreja desejam ir ao templo, precisam primeiramente passar por uma entrevista de dignidade pessoal com o bispo (presidente do ramo) e com um membro da presidência da estaca (missão). Os membros que desejam continuar freqüentando o templo depois disto têm entrevistas anuais com estes líderes do sacerdócio. Se estes irmãos acharem que o membro é digno, a recomendação lhe é dada.

• Quais são as perguntas feitas na entrevista?

Deixe que os rapazes respondam e diga-lhes que lhes fará todas as perguntas básicas da entrevista para recomendação. Todos deverão responder a elas honestamente, para si mesmos. Deixe bem claro que elas não devem ser respondidas em voz alta. Terminadas as perguntas, os jovens deverão estar a par das coisas que precisam continuar a fazer ou daquilo que precisam melhorar.

Leia as perguntas da recomendação para o templo.

Lembre aos jovens que estes são os padrões que o Senhor estabeleceu para que possamos entrar em Sua casa. O cumprimento de tais requisitos nos trará muita alegria e felicidade.

Citação

• Quando é que devemos começar a nos preparar para casar no templo?

Para ajudar a responder a esta pergunta, leia a seguinte citação do Élder Harold B. Lee:

“Os jovens devem começar desde agora a pôr sua vida em ordem, para que no tempo certo, possam ser achados dignos de entrar na Casa do Senhor e serem elevados e santificados por essa cerimônia sagrada “ (“Enter a Holy Temple”, Improvement Era, junho de 1967, p. 144 )

Saliente que agora é o tempo de preparar-se para ser digno de entrar no templo. Sabemos o que o Senhor requer de nós, e precisamos fazê-lo.

A Preparação para o Casamento Celestial Requer Esforço Pessoal

Debate

Explique que Satanás se esforça para fazer-nos pecar, a fim de que não possamos preencher os requisitos do Senhor para podermos entrar no templo. É por isto que a preparação para o casamento celestial requer esforço pessoal.

• Quais são algumas coisas que podem fazer agora, a fim de se prepararem para o casamento celestial?

As respostas poderão incluir o seguinte: amar a Deus e ao próximo conforme ordenado pelo Senhor, ser honesto, casto, orar regularmente, respeitar e apoiar o sacerdócio, pagar dízimo completo, praticar a lei do jejum, obedecer à Palavra de Sabedoria, dar bom exemplo, manter limpa a linguagem, honrar pai e mãe.

Garanta aos jovens que o Senhor ajudará todos os que forem fiéis ao compromisso de casar no templo, se forem obedientes aos mandamentos.

Dependendo da idade e maturidade dos rapazes, você poderá debater o conselho a respeito de namoro, encontrado na página 7 de Para o Vigor da Juventude.

Debate

com uso de citação e quadro-negro Desenhe no quadro-negro o diagrama a seguir, e explique que o Presidente Kimball ofereceu um conselho para ajudar-nos a nos preparar pessoalmente para o casamento no templo. Desenhe o diagrama conforme ilustração e peça aos rapazes que coloquem os dizeres nos círculos.

eternal marriage

“Quando visito as estacas de Sião, uso o quadro-negro para enfatizar algumas coisas que, para mim, parecem ser muito importantes (…). Desenho uma série de círculos, e no de cima escrevo ‘Vida Eterna ou Exaltação’ (…).

Faço uma linha—o caminho estreito e apertado que conduz à vida eterna e poucos são os que o encontram—e escrevo ‘Casamento Eterno’ no segundo círculo. Esta é a porta para a exaltação (…).

Então, geralmente, desenho um terceiro círculo e pergunto (…) qual de todos os programas da Igreja presta contribuição mais imediata e importante para o casamento eterno como objetivo intermediário para a vida eterna—nosso objetivo final—e melhor preencherá este terceiro círculo. Eles sugerem quase que tudo o que se possa imaginar (…). Finalmente, fica estabelecido que o programa que causa aquilo que todos concordam ser o mais importante impacto sobre o casamento eterno, é, naturalmente, a missão (…).

De oitenta a noventa por cento de todos os jovens que cumprem missão honrosa, casam-se no templo (…).

Fazemos outro círculo nesse estreito e apertado caminho que conduz à vida eterna. Surge, então, a pergunta: ‘O que colocariam no próximo círculo?’

Bem, só há uma coisa para colocarmos aqui (…) e é o programa de seminário e instituto” (“Circles of Exaltation”, discurso devocional apresentado na Universidade de Brigham Young, no dia 28 de junho de 1968).

• Como cumprir uma missão pode ajudá-los a se prepararem para o casamento?

• O que esperam aprender na missão que poderá ajudá-los no casamento?

• Como o seminário e o instituto podem ajudá-los a se prepararem para o casamento?

• De que maneira foram ajudados por assistirem às aulas do seminário?

Explique que cada rapaz pode percorrer o estreito e apertado caminho e que pais amorosos e líderes da Igreja podem ajudá-lo no percurso.

Conclusão

Citação

Em conclusão, leia o seguinte pensamento do Presidente Spencer W. Kimball:

“O tema do mormonismo é este: (…) casamento, família, lar, filhos, netos e tudo o que é belo e glorioso (…). É muito natural que as moças procurem os rapazes, e estes procurem as moças, pedindo-as em casamento na época devida—e sejam casados e selados para a eternidade. Tudo isso é natural. Foi dessa maneira que o Senhor planejou” (Discurso proferido em um jantar do seminário das Meninas-Moças, em 28 de abril de 1977, Meninas Moças, Curso B, p. 48).

Testemunho

Lembre aos rapazes que eles devem ser gratos pela bênção preciosa do casamento no templo. O Senhor estabeleceu padrões de dignidade para entrarmos em sua casa, e agora é o tempo para que comecem a se preparar diligentemente para o casamento celestial e a alegria e felicidade dele advindas.

Desafio

Peça aos rapazes que pensem em algo que possam fazer durante a próxima semana, com o propósito de se prepararem para o casamento no templo e desafie-os a fazerem dessa preparação parte de sua vida diária.