Casamento Celestial— Uma Preparação para a Eternidade

Manual de Sacerdócio Aarônico 3, 1995


Objetivo

Cada rapaz entenderá melhor o significado eterno de se casar no templo com uma mulher digna e guardar os convênios que fizerem juntos.

Preparação

  1. 1.

    Estude em espírito de oração Doutrina e Convênios 132:15–20.

  2. 2.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Obras-padrão (cada rapaz deve ter seus exemplares).

    2. b.

      Gravura 10, “Templo de Manila, Filipinas”; gravura 12 “Sala Celestial do Templo”; gravura 13, “Sala de Investiduras do Templo”.

    3. c.

      Lápis para marcar as escrituras.

  3. 3.

    Se disponível, talvez queira mostrar o vídeo Juntos para Sempre, incluído nas Mensagens de Introdução ao Evangelho (53196 059).

Sugestão para o desenvolvimento da lição

Introdução

Debate com uso do quadro-negro

Escreva a frase Um Triângulo Sagrado no quadro-negro. Desenhe um triângulo logo abaixo.

Diga ao quórum que eles podem fazer perguntas para descobrir o que o triângulo representa. Você só poderá responder às perguntas com sim ou não. Se após as cinco primeiras perguntas eles não adivinharem que o triângulo tem alguma coisa a ver com casamento, dê-lhes uma ou duas pistas. Ajude-os a descobrir que o triângulo representa o relacionamento entre o marido, a mulher e Deus. Escreva estas palavras nos lugares corretos do triângulo:

triangle

• Como pode Deus tornar-se um parceiro no casamento?

• Por que você acha que o Pai Celestial deseja que cada um de nós se case no templo?

Esclareça que esta lição irá ajudá-los a responder a essa pergunta.

Um Casamento Adequado É Necessário para a Felicidade Completa

Ressalte que a maioria das pessoas passa mais de dois terços da vida mortal casadas. A qualidade desse tempo aqui e na eternidade dependerá muito de como e com quem nos casamos.

• Que tipo de vida familiar e doméstica você quer ter no futuro?

• Que tipos de cerimônias de casamento os membros da Igreja têm à sua disposição?

Quando os rapazes mencionarem o casamento civil, escreva num lado do quadro-negro Casamento Civil: Contrato para esta vida. Quando mencionarem o casamento no templo, escreva no outro lado do quadro-negro Casamento Celestial: Convênio para a Eternidade.

Apresentação pelo consultor e debate com uso do quadro-negro

Ao discutir as perguntas que se seguem, escreva as respostas abaixo do título apropriado. Ao final do debate, o quadro-negro deverá ficar da seguinte maneira:

Casamento Civil: Contrato para esta vida

Casamento Celestial: Convênio para a Eternidade

1. Casa, igreja, cartório, quase qualquer lugar

1. Sala sagrada de selamento do templo

2. Juiz de paz, ministro religioso, juiz, bispo

2. Alguém que tenha recebido do profeta do Senhor o poder selador

3. Até a morte

3. Para esta vida e a eternidade

4. Solteiro, servo dos outros

4. Deuses e deusas

5. Nenhum direito sobre a família

5. Uma unidade familiar eterna

Debate

• Onde esses diferentes tipos de casamento são realizados?

Mostre e explique brevemente as gravuras 10, 12 e 13.

• Quem realiza o casamento?

Enquanto um rapaz lê a seguinte citação, peça ao quórum que pense a respeito de quão importante é ser casado pela autoridade correta:

“Existe apenas um homem vivo na Terra, em dado tempo, que possui as chaves desse poder selador. Nenhum outro homem tem o direito de oficiar um casamento ou cerimônia de selamento pelo tempo e toda a eternidade, a menos que o haja recebido por designação direta daquele que retém as chaves desse poder.” (Joseph Fielding Smith, Doutrinas de Salvação, vol. II, p. 74.)

Escritura, debate e citação

• Até quando durará cada tipo de casamento?

Peça aos rapazes que leiam Doutrina e Convênios 132:15. Ajude-os a concluir que o casamento civil dura até a morte e que o casamento no templo dura para esta vida e para a eternidade.

Peça-lhes que considerem as alegrias de um casamento que dura para sempre, enquanto um deles lê a seguinte citação:

“As maiores alegrias da verdadeira vida de casado podem continuar. Os mais belos relacionamentos entre pais e filhos podem tornar-se permanentes. O santo convívio da família pode durar para sempre, se marido e mulher tiverem sido selados nos sagrados laços do matrimônio eterno. Sua alegria e seu progresso nunca terão fim.” [Spencer W. Kimball, “So Long as You Both Shall Live” (“Enquanto Ambos Viverem”), Improvement Era, dezembro de 1964, p. 1055.]

• Qual será a situação dos indivíduos na eternidade, se guardarem os convênios desses tipos de casamento?

Para encontrar a resposta para o casamento civil, peça aos rapazes que leiam Doutrina e Convênios 132:16–17. Depois, leia a seguinte citação:

“A implicação aqui é que aqueles que têm uma vida limpa, que são virtuosos, que são honrados, mas que não querem receber esse convênio do casamento eterno na casa de Deus, hão de ressurgir—e poderão até mesmo entrar no reino celestial, mas, se entrarem, será como servos—para administrar pelos ‘que são dignos de uma maior, suprema e eterna medida de glória.’ (…)

Quem há de desejar entrar no mundo eterno como servo, quando se nos oferece a promessa de podermos ser filhos de Deus? No entanto, a grande maioria entrará no mundo eterno como servos, e não como filhos, simplesmente por darem mais valor ao mundo e seus convênios do que a Deus e aos convênios Dele. (…) Oh, quanta amargura não haverá no dia do julgamento, quando todo homem será recompensado conforme as suas obras!” (Joseph Fielding Smith, Doutrinas de Salvação, vol. II, pp. 62, 64–65.)

Para encontrar a resposta para o casamento no templo, peça a um rapaz que leia Doutrina e Convênios 132:19–20.

Debate e citações

• Qual será a condição da família depois que seus membros morrerem?

Para encontrar a resposta para o casamento civil, peça a um rapaz que leia a seguinte citação:

“(Marido e mulher) não estão ligados por nenhuma lei do evangelho. Não têm qualquer direito sobre eles (a família): quando estão mortos, seu contrato, suas obrigações e vínculos terminam; não têm nenhum direito um sobre o outro, e direito algum sobre os filhos. Estes ficam sem pais, a menos que eles próprios, por sua fidelidade, sejam adotados na família de outro homem.” (Joseph Fielding Smith, Doutrinas de Salvação, vol. II, p. 61.)

Para encontrar a resposta para o casamento no templo, peça a um rapaz que leia a seguinte citação:

“Sou grandemente confortado pelo pensamento de que, se eu for fiel e merecedor de exaltação, meu pai será meu pai e a ele estarei sujeito como filho por toda a eternidade; que vou reconhecer minha mãe, e ela será minha mãe em toda eternidade; e meus irmãos e irmãs serão meus irmãos por toda eternidade; e que meus filhos e esposa serão eternamente meus.” (Joseph Fielding Smith, Doutrinas de Salvação, vol. II, p. 67.)

Revise o triângulo e demais informações no quadro-negro, e peça aos rapazes que expliquem qual casamento tem o potencial de trazer felicidade completa e por quê.

O Casamento no Templo Pode Tornar-se Celestial

Debate e história

• Um casamento no templo é sempre um casamento celestial?

Narre a seguinte história:

“Em meio a uma desagradável discussão a respeito das finanças da família, Maurício parou no meio de uma frase e encarou sua mulher com uma expressão estranha. ‘Não é suficiente’, disse ele surpreso.

‘O que não é suficiente?’ perguntou a esposa com rispidez.

‘Casamento no templo. É como ter um canal de concreto sem água.’

‘A respeito de que você está falando?’ perguntou Cíntia, já completamente exasperada. ‘Estávamos falando de dinheiro, lembra-se?’

‘Percebi de repente. Casamento no templo não é casamento eterno. É como ter um canal perfeitamente construído, mas que não conduz água.’

A raiva de Cíntia estava desaparecendo, também. ‘O que você quer dizer?’

‘O casamento no templo é o canal para o casamento eterno, mas você pode ter o canal sem que ele esteja cheio de água. Olhe’, disse ele ansioso, ‘suponha que neste exato momento o teto de nossa casa desabe e nos mate.’ Ele sorriu sem convicção. ‘Somos casados no templo. Acha que é um casamento eterno?’

A esposa balançou a cabeça lentamente. ‘Provavelmente não, e que idéia horrível.’

Maurício concordou seriamente. ‘De alguma forma pensamos que casar no templo era suficiente. Mas temos que trabalhar para construir um casamento celestial. Temos o canal. Vamos enchê-lo com aquilo que deve conter.” [Como Conseguir um Casamento Celestial (Sistema Educacional da Igreja, manual do aluno, 1976), p. 119.]

Escritura e debate

• Como pode um casamento no templo tornar-se um casamento celestial?

Para ajudar a responder a essa pergunta, leia Doutrina e Convênios 132:19 novamente, até o primeiro ponto-e-vírgula. Peça ao quórum que atente para a função do Santo Espírito da Promessa em relação ao casamento no templo.

• O que é o Santo Espírito da Promessa? (O Espírito Santo.)

Citação

• O que significa ter um casamento selado pelo Santo Espírito da Promessa?

Permita que os rapazes respondam. Depois, compartilhe com eles a seguinte citação:

“Selar é ratificar, justificar ou aprovar. Assim, um ato selado pelo Santo Espírito da Promessa é aquele ratificado pelo Espírito Santo, é aquele aprovado pelo Senhor, e a pessoa que tomou sobre si a obrigação é justificada pelo Espírito naquilo que fez. O selo de ratificação e aprovação só é colocado sobre um ato caso os participantes forem dignos.” [Bruce R. McConkie, Mormon Doctrine (Doutrina Mórmon), 2ª ed. (Salt Lake City: Bookcraft, 1966), pp. 361–62.]

Apresentação pelo consultor e debate

Esclareça que quando um homem e uma mulher dignos e retos tomam sobre si os convênios do casamento eterno e permanecem puros, Deus torna-se parte de seu casamento e o Santo Espírito da Promessa ratifica a união. É preciso um esforço constante para transformar um casamento no templo em um casamento celestial.

• Por que você deseja um casamento celestial e não apenas um casamento no templo?

Apresentação pelo consultor

Esclareça que a preparação para o casamento celestial não pode ser feita em poucas horas, semanas, ou mesmo meses. Ela leva anos e precisa ser iniciada agora. O casamento celestial requer duas pessoas que se comprometeram a levar uma vida celestial. Esclareça que servir como missionário de tempo integral é uma das melhores maneiras de se preparar para o casamento celestial. Mostre o triângulo no quadro- negro e ressalte que é preciso estabelecer a ligação entre as partes do triângulo para se ter um casamento celestial.

Conclusão

Desafio

Desafie os rapazes a continuarem a preparar-se para participar dignamente do sagrado triângulo do casamento celestial e a saírem apenas com jovens que sejam dignas das bênçãos do templo.