“Eternamente Devedores a Vosso Pai Celestial”

O Livro de Mórmon: Guia para Estudo das Escrituras, 1999


• Durante o reinado do rei Benjamim, qual era a diferença entre os nefitas, que estudavam as escrituras, e os lamanitas, que não o faziam? (Ver Mosias 1:5.) Como vemos essa diferença refletida na sociedade moderna?

• Leia Mosias 2:20–21, 34. O que significa ser um “servo inútil” e eternamente devedor ao Pai Celestial? Por que para Deus somos servos inúteis mesmo quando O louvamos e servimos com toda a alma? (Ver Mosias 2:22–25; ver também a ilustração desta página.) O que isso nos ensina sobre o amor que o Pai Celestial tem por nós?

• O que aprendemos sobre a expiação de Jesus Cristo em Mosias 2–3?

Sugestão para a Discussão em Família

Em um papel, desenhe uma balança, conforme a ilustração ao lado.

balance scale

Pergunte aos membros da família por que esta balança está em desequilíbrio. Em seguida, peça-lhes que leiam Mosias 2:20–25 em voz alta. Durante a leitura, peça-lhes que identifiquem as ofertas que podemos fazer ao Senhor e as bênçãos que Ele nos concede. Do lado da balança com as palavras Nossas Ofertas, escreva as ofertas que podemos fazer. Do outro lado, onde há a indicação Bênçãos de Deus, relacione as dádivas que recebemos do Senhor. Ajude os membros da família a perceberem que estaremos sempre em débito para com Ele. Expresse sua gratidão pelas bênçãos de Deus.