“Firmes na Fé em Cristo”

O Livro de Mórmon: Guia para Estudo das Escrituras, 1999


• Alma 43–52 contém várias histórias de guerra. Esses relatos podem ensinar-nos a enfrentar conflitos em nossa vida e a defender a nós e nossa família na batalha contra Satanás.

• Reflita sobre os seguintes princípios que pautaram as atitudes e ações dos nefitas justos em períodos de guerra. De que forma o entendimento e a aplicação desses princípios hoje em dia pode trazer mais paz ao mundo? Como podemos aplicar esses princípios ao lidar com conflitos em nossa vida pessoal?

  1. a.

    Lutar somente por motivos justos, como em caso de legítima defesa. (Alma 43:8–10, 29–30, 45–47; 48:14).

  2. b.

    Não ter ódio pelos inimigos; não pensar apenas em nossos interesses, mas também nos deles. (Alma 43:53–54; 44:1–2, 6).

  3. c.

    Viver em retidão e confiar em Deus. (Alma 44:3–4; 48:15, 19–20).

  4. d.

    Seguir líderes justos e sábios. (Alma 43:16–19; 48:11–13, 17–19; ver também D&C 98:10.)

Sugestão para a Discussão em Família

Leia a história de quando o Capitão Morôni levantou o estandarte da liberdade. (Alma 46:12–20) Em seguida, com toda a família, crie seu próprio estandarte da liberdade. Peça aos membros da família que enumerem alguns princípios importantes que os ajudariam a lembrar-se de tomar sobre o si o nome de Cristo e os estimulariam a fazê-lo. Depois, escreva esses preceitos em um cartaz. Incentive a família a viver de acordo com os princípios do estandarte da liberdade da família.