“Dá-nos Forças (…) de Acordo com Nossa Fé em Cristo”

O Livro de Mórmon: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho, 1999


Objetivo

Ajudar os alunos a reconhecer a importância de honrar nossos papéis, chamados e responsabilidades do sacerdócio que nos foram preordenados. Ajudá-los a entender que seguir os conselhos dos profetas ajuda-nos a entrar no descanso do Senhor.

Preparação

  1. 1.

    Leia e pondere as escrituras a seguir e ore a respeito delas:

    1. a.

      Alma 13. Alma faz um discurso veemente sobre o sacerdócio e a doutrina da preordenação.

    2. b.

      Alma 14. Alma, Amuleque e outros fiéis são perseguidos devido a sua retidão. O Senhor liberta Alma e Amuleque da prisão por causa de sua fé em Cristo.

    3. c.

      Alma 15. Zeezrom é curado e batizado. Muitas pessoas de Sidom são batizadas.

    4. d.

      Alma 16. As palavras de Alma cumprem-se quando os lamanitas destroem Amonia. O Senhor prepara o coração do povo para receber a palavra pregada por Alma, Amuleque e outros profetas.

  2. 2.

    Leitura complementar: Seleções da Tradução de Joseph Smith da Bíblia em Inglês, Gênesis 14:25–40 (Guia para Estudo das Escrituras, pp. 223–224); Éter 12:12–13.

  3. 3.

    Se for utilizar a atividade motivadora, traga uma gravura que mostre um homem recebendo o sacerdócio, como Cristo Ordenando os Apóstolos (62557 059; Pacote de Gravuras do Evangelho 211) ou A Restauração do Sacerdócio de Melquisedeque (62371 059; Pacote de Gravuras do Evangelho 408).

Sugestões para a Apresentação da Lição

Atividade Motivadora

Se for adequado, use a atividade a seguir ou uma de sua própria escolha para dar início à aula.

Diga aos alunos que você vai escrever no quadro-negro uma das perguntas mais importantes que podemos fazer. Em seguida, escreva no quadro-negro Como?

Explique-lhes que essa pergunta é importante quando diz respeito a nossa conduta pessoal. Para ilustrar isso, peça aos alunos que imaginem o seguinte:

  1. a.

    Um rapaz sabe que precisa estar em certo local em determinado horário, mas não sabe como chegar lá.

  2. b.

    Uma mulher sabe que precisa ser batizada, mas não sabe o que deve fazer.

  3. c.

    Um homem sabe que Jesus é o Salvador, mas não sabe como achegar-se a Ele. (Ao dar esse exemplo, peça aos alunos que leiam 1 Néfi 15:14.)

Explique-lhes que quando ensinou o povo de Amonia, Alma falou sobre uma forma pela qual podemos saber como nos aproximar de Cristo. Peça a um aluno que leia Alma 13:1–2.

Mostre a gravura com a ordenação ao sacerdócio. (Ver “Preparação”, item 3.) Explique-lhes que parte desta lição explicará como a ordem do sacerdócio nos ajuda a “saber como esperar pelo (…) Filho para receber a redenção”. (Alma 13:12)

Discussão e Aplicação das Escrituras

Em espírito de oração, escolha as passagens das escrituras, as perguntas e outros tópicos da lição que melhor venham a atender às necessidades dos alunos. Discuta como as escrituras selecionadas podem aplicar-se à vida prática e incentive os alunos a relatar experiências relacionadas com os princípios contidos nas escrituras.

1. Alma faz um discurso veemente sobre o sacerdócio e a preordenação.

Discuta Alma 13. Peça aos alunos que leiam alguns versículos em voz alta. Explique-lhes que depois de ensinar Zeezrom e os demais habitantes de Amonia sobre o plano de redenção, Alma prestou testemunho do sacerdócio e da doutrina da preordenação. Ressalte que os sacerdotes que Alma mencionou neste discurso eram sumos sacerdotes no Sacerdócio de Melquisedeque. (Alma 13:10)

• Em que ocasião os homens são “chamados e preparados” pela primeira vez para serem ordenados ao sacerdócio? (Ver Alma 13:3.)

O Profeta Joseph Smith disse: “Todo homem que recebe o chamado para exercer seu ministério a favor dos habitantes do mundo foi ordenado precisamente para esse propósito no grande conselho dos céus, antes que o mundo existisse”. (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, sel. Joseph Fielding Smith [1976], p. 357)

• Como os homens demonstraram na existência pré-mortal que eram dignos de serem preordenados para receber o Sacerdócio de Melquisedeque? (Ver Alma 13:3–5.) O que os homens precisam fazer nesta vida para permanecerem dignos de sua preordenação? (Ver Alma 13:8–10.)

• Como os ensinamentos de Alma sobre a preordenação devem afetar nosso modo de apoiar os líderes chamados para presidir- nos? Como esses ensinamentos devem influenciar nossa resposta quando os líderes do sacerdócio nos dão chamados ou outras designações?

O Presidente Spencer W. Kimball ensinou: “Antes de virmos para a Terra, as mulheres fiéis receberam certas designações, enquanto os homens fiéis foram preordenados para certas responsabilidades do sacerdócio. Embora hoje não nos lembremos dos detalhes, isso não altera a gloriosa realidade do que nos comprometemos a fazer. Tanto quanto aqueles a quem apoiamos como profetas e apóstolos, vocês são responsáveis pelo que já há tanto tempo se espera de vocês!” (“The Role of Righteous Women”, Ensign, novembro de 1979, p. 102)

• Alma disse que os homens recebem o Sacerdócio de Melquisedeque “a fim de ensinarem [os] mandamentos [de Deus] aos filhos dos homens para que estes também pudessem entrar no seu descanso”. (Alma 13:6, ver também o versículo 1.) Que oportunidades os portadores do Sacerdócio de Melquisedeque têm para ensinar? O que significa entrar no descanso do Senhor? (Ver a citação abaixo.) Por que vocês acham que precisamos ensinar e aprender o evangelho para entrar no descanso do Senhor?

O Élder Bruce R. McConkie ensinou: “Entrar no descanso do Senhor, no que diz respeito aos mortais, é adquirir um conhecimento perfeito da divindade da grande obra dos últimos dias. [O Presidente Joseph F. Smith disse:] ‘Significa entrar no conhecimento e amor de Deus, ter fé em Seus propósitos e em Seu plano em tal grau que chegamos a saber que estamos certos e não precisamos buscar mais nada; não “somos levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente’. É o ‘descanso do tumulto religioso do mundo; dos clamores que apregoam aqui e ali: eis aqui o Cristo, ei-lo ali’. (Gospel Doctrine, 5ª edição, pp. 58, 125–126.) O descanso do Senhor, na eternidade, é herdar a vida eterna, ganhar a plenitude da glória do Senhor. (D&C 84:24)” (Mormon Doctrine, 2ª ed. [1966], p. 633)

• Como podemos tornar-nos puros para podermos entrar no descanso do Senhor? (Ver Alma 13:11–12.) Como devemos viver de modo a sermos santificados pelo sangue do Cordeiro e pelo Espírito Santo? (Ver Alma 13:12–13; 16, 27–29; 3 Néfi 27:19–20.)

Peça a um aluno que leia Alma 13:2, 16 em voz alta. Em seguida, estude os versículos relacionados abaixo. Ajude os alunos a ver algumas formas pelas quais a ordem do sacerdócio pode ajudar-nos a saber como esperar pelo Salvador para receber a redenção. Dê especial atenção às palavras e frases que estão em itálico.

  1. a.

    Alma 13:3–4. (Os homens preordenados a receber o Sacerdócio de Melquisedeque foram “chamados e preparados (…) por causa de sua grande e suas boas obras”.)

  2. b.

    Alma 13:6. (Eles foram “ordenados [preordenados] (…) a fim de ensinarem [os] mandamentos [de Deus] aos filhos dos homens para que estes também pudessem entrar no seu descanso”.)

  3. b.

    Alma 13:8. (Nesta vida, eles são “ordenados com uma santa ordenança”.)

  4. d.

    Alma 13:10. (Eles mostram-se dignos de sua preordenação por meio de sua grande , suas boas obras e por meio do arrependimento.)

• Como a fé e o arrependimento nos ajudam a esperar em Jesus Cristo pela redenção? Como as boas obras e a obediência aos mandamentos nos ajudam a esperar Nele?

• Alma referiu-se a Melquisedeque como um exemplo de grande sumo sacerdote. (Alma 13:14–15) O que podemos aprender com o exemplo de Melquisedeque? (Ver Alma 13:17–18; ver também Seleções da Tradução de Joseph Smith da Bíblia em Inglês, Gênesis 14:25–40.)

• O que podemos aprender em Alma 13:27 sobre o amor de Alma pelo povo de Amonia?

• Peça aos alunos que leiam a súplica de Alma ao povo que está registrada em Alma 13:27–29. Por que é importante não procrastinar o arrependimento? (Ver Alma 34:32–36.) Que bênçãos receberemos se “[vigiarmos] e [orarmos] continuamente”. (Ver Alma 13:28.) Como podemos ter “esperança de que [receberemos] a vida eterna”? (Ver Alma 13:29; Morôni 7:41.)

2. Alma, Amuleque e outros fiéis são perseguidos devido a sua retidão.

Leia e discuta alguns versículos de Alma 14.

• Muitas pessoas de Amonia creram nos ensinamentos de Alma e Amuleque e começaram a arrepender-se e examinar as escrituras. (Alma 14:1) A maior parte do povo, contudo, irou-se e perseguiu Alma e Amuleque. (Alma 14:2–5) Por que algumas pessoas se indispuseram quando foram chamadas ao arrependimento? (Ver 1 Néfi 16:1–3.)

• O que Zeezrom fez quando viu o que “fizera entre o povo”? (Ver Alma 14:6–7.) Como o povo reagiu quando Zeezrom confessou sua culpa e defendeu Alma e Amuleque? (Ver Alma 14:7.)

• O que as pessoas iníquas de Amonia fizeram com as que acreditaram na palavra de Deus? (Ver Alma 14:7–9.) Por que o Senhor permitiu que isso acontecesse? (Ver Alma 14:10–11; 60:13.) Por que o Senhor desejava que a vida de Alma e de Amuleque fosse poupada? (Ver Alma 14:12–13.)

• Depois de serem maltratados na prisão por vários dias, como Alma e Amuleque foram finalmente soltos? (Ver Alma 14:26–29; Éter 12:12–13. Eles receberam força e poder “segundo sua fé em Cristo”.) Quais são algumas coisas das quais precisamos ser libertados? Por que nossa fé deve estar centrada em Cristo para que sejamos libertados? (Ver Mosias 3:17; Morôni 7:33.)

3. Zeezrom é curado e batizado.

Leia e discuta alguns versículos de Alma 15. Explique-lhes que depois de serem soltos da prisão pelo Senhor, Alma e Amuleque foram para a terra de Sidom. Lá, eles encontraram os homens que haviam sido expulsos de Amonia e apedrejados por causa de sua crença na palavra de Deus. (Alma 15:1; ver também Alma 14:7.) Zeezrom era um deles. (Alma 15:3)

• Zeezrom estava sofrendo tanto espiritual como fisicamente por causa de sua iniqüidade, mas “seu coração começou a recobrar o ânimo” quando ouviu que Alma e Amuleque estavam em Sidom. (Alma 15:3–4) O que ele pediu a Alma e Amuleque? (Ver Alma 15:5.) O que isso revela sobre a confiança que ele tinha neles? Em quem ele precisava depositar sua confiança a fim de ser curado? (Ver Alma 15:6–10.)

• O que podemos aprender com as atitudes que Zeezrom teve depois de ser curado? (Ver Alma 15:11–12.)

• Diferentemente das pessoas que permaneceram em Amonia, o povo de Sidom acreditou na mensagem ensinada por Alma e Amuleque e foi batizado. (Alma 15:12–15) Alma viu que o povo “havia refreado o orgulho de seu coração”. (Alma 15:17. Ou seja, seu orgulho diminuíra.) O que as pessoas fizeram quando ficaram mais humildes? (Ver Alma 15:17.) Por que é necessário que nos humilhemos diante de Deus a fim de O adorarmos verdadeiramente?

• O que Amuleque abandonou quando decidiu viver o evangelho e servir como missionário? (Ver Alma 15:16.) O que ele recebeu? (Ver Alma 8:30; 34:1, 8; Éter 12:12–13.) Que sacrifícios vocês já fizeram ao escolherem viver e ensinar o evangelho? De que forma vocês já foram abençoados por isso?

• O que Alma fez por Amuleque quando a Igreja já estava estabelecida em Sidom? (Ver Alma 15:18.) O que esse ato revela a respeito de Alma? De que forma podemos servir ao próximo e fortalecê-lo no Senhor?

4. As palavras de Alma cumprem-se quando os lamanitas destroem Amonia.

Leia e discuta alguns versículos de Alma 16.

• Cerca de um ano depois que Alma e Amuleque pregaram em Amonia, os lamanitas invadiram as terras nefitas. (Alma 16:1–2) O que aconteceu com os nefitas em Amonia? (Ver Alma 16:2–3, 9–11.) Como isso foi um cumprimento das profecias de Alma? (Ver Alma 9:4–5, 12, 18.)

• Por que Zorã e seus seguidores conseguiram dispersar os lamanitas e resgatar seus irmãos que haviam sido levados cativos? (Ver Alma 16:4–8.) O que podemos aprender ao compararmos a destruição de Amonia com o sucesso dos exércitos de Zorã? (Compare Alma 9:1–8 e 15:15 com Alma 16:4–6; ver também 2 Néfi 4:34. Saliente que devemos confiar em Deus e em Seus profetas e não no conhecimento, poder e riquezas do mundo.)

• Depois da destruição de Amonia, o Senhor preparou o coração do povo para receber a palavra pregada por Alma, Amuleque e outros que haviam sido escolhidos para o trabalho. (Alma 16:13–21) Como o Senhor prepara o coração do povo para receber Sua palavra? (Ver Alma 16:16.) Como podemos certificar-nos de estar pregando a palavra de Deus “em sua pureza”? (Ver Alma 16:21; ver também Mosias 18:18–20; D&C 52:9.)

Conclusão

Peça aos alunos que expressem as idéias e impressões que tiveram ao estudar Alma 13–16.

Leia Mateus 11:28–30 e Alma 13:27–29. Ressalte que em um mundo cheio de dúvidas e confusão, é reconfortante saber que por meio do sacerdócio podemos “saber como esperar pelo [seu] Filho para receber a redenção”. (Alma 13:2) Ao buscarmos o Senhor, confiarmos Nele e seguirmos o conselho de Seus profetas, poderemos entrar em Seu descanso.

Conforme a orientação do Espírito, preste testemunho das verdades ensinadas na aula.

Sugestão Didática Adicional

Sugere-se o seguinte material para complementar a lição. Você pode utilizálo como parte da aula.

“Segundo a presciência de Deus” (Alma 13:3)

Leia a seguinte declaração do Presidente Ezra Taft Benson para aumentar o entendimento dos alunos da preordenação:

“Deus reservou-os para que viessem à Terra nos últimos dias antes da segunda vinda do Senhor. (…) Deus preservou para os [dias finais] alguns de Seus filhos mais fortes, que ajudarão a erguer o reino de modo triunfante. É aí que entram vocês, pois são a geração que deve ser preparada para encontrar seu Deus. (…)

Em todas as épocas, os profetas vislumbraram, pelos corredores do tempo, nossos dias. Os bilhões de pessoas já falecidas e as que estão por nascer estão com os olhos sobre nós. Não se iludam, vocês são uma geração marcada. Nunca se esperou tanto dos fiéis em um período de tempo tão curto como se espera de nós.” (The Teachings of Ezra Taft Benson [1988], pp. 104–105)