“A Palavra para a Salvação Está em Cristo”

O Livro de Mórmon: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho, 1999


Objetivo

Ajudar os alunos a compreender que a palavra de Deus os conduzirá a Cristo e os incentivará a “[cultivar] a palavra” em seu coração. (Alma 32:40)

Preparação

  1. 1.

    Leia e pondere as escrituras a seguir e ore a respeito delas:

    1. a.

      Alma 32:1–27. Alma incentiva os zoramitas humildes a exercerem fé e darem lugar no coração para a palavra de Deus.

    2. b.

      Alma 32:28–43. Alma compara a palavra de Deus com uma semente plantada no coração das pessoas. Ele ensina ao povo que devem tratar da palavra com grande cuidado para que possam um dia alcançar a vida eterna.

    3. c.

      Alma 33. Alma cita o testemunho dos profetas de Jesus Cristo e exorta as pessoas a plantarem a palavra de Deus no coração.

    4. d.

      Alma 34. Amuleque presta testemunho da expiação de Jesus Cristo. Ordena ao povo que ore e exerça fé para o arrependimento.

  2. 2.

    Se utilizar a atividade motivadora, traga uma semente para a sala de aula.

Sugestões para a Apresentação da Lição

Atividade Motivadora

Se for adequado, use a seguinte atividade motivadora ou outra de sua própria escolha para dar início à aula.

Mostre a semente que você trouxe. Peça aos alunos que imaginem que alguém lhes tenha dado a semente e dito que ela crescerá e se tornará uma árvore que dará frutos deliciosos.

• O que vocês fariam para descobrir se a semente realmente produzirá frutos saborosos?

Explique-lhes que esta lição começará com o estudo de Alma 32. Esse capítulo contém um discurso em que Alma compara a palavra de Deus com uma semente. Ele exorta um grupo de zoramitas humildes a “[darem] lugar [em seu coração] para que uma semente seja plantada”. (Alma 32:28) Ele promete que se cultivarem a semente, ela crescerá até tornar-se a árvore da vida, cujo fruto é “sumamente precioso” e “mais doce que tudo que é doce”. (Alma 32:40–42)

Discussão e Aplicação das Escrituras

Em espírito de oração, escolha as passagens das escrituras, as perguntas e outros tópicos da lição que melhor venham a atender às necessidades dos alunos. Discuta como as escrituras selecionadas podem aplicar-se à vida prática e incentive os alunos a relatar experiências relacionadas com os princípios contidos nas escrituras.

1. Alma ensina os zoramitas humildes a exercerem fé e darem lugar em seu coração para a palavra de Deus.

Leia e discuta alguns versículos de Alma 32:1–27. Lembre aos alunos que Alma, Amuleque e seus irmãos haviam entrado nas sinagogas dos zoramitas.

Lá, ouviram os zoramitas declarar que não haveria “nenhum Cristo”. (Alma 31:16–17) Depois de ouvirem esse falso ensinamento, Alma, Amuleque e seus irmãos separaram-se para pregar a palavra de Deus e testificar de Cristo. (Alma 31:36–37; 32:1)

• Enquanto Alma estava pregando, uma grande multidão de zoramitas aproximou-se dele. Por que Alma sentiu grande alegria quando os zoramitas vieram a ele? (Ver Alma 32:6–8.) Que acontecimento preparara essas pessoas para ouvir a palavra de Deus? (Ver Alma 32:2–5.)

• Por que foi uma bênção para esses zoramitas serem compelidos à humildade? (Ver Alma 32:12–13.) Por que é melhor nos tornarmos humildes em vez de sermos compelidos à humildade? (Ver Alma 32:14–16.) Como a palavra de Deus pode fazer com que nos tornemos humildes?

• O que Alma ensinou aos zoramitas sobre o significado da fé? (Ver Alma 32:17–18, 21.) Segundo Alma, qual é a primeira coisa que precisamos fazer para desenvolver fé em Deus? (Ver Alma 32:22.) De que forma podemos receber a palavra de Deus? (Ver Alma 17:2; 32:23; D&C 1:38; 18:33–36.)

• O que Alma incentivou seus ouvintes a fazer para saberem que suas palavras eram verdadeiras? (Ver Alma 32:26–27.) O que significa “[despertar] e [exercitar] [nossas] faculdades”? Como podemos “[pôr] à prova” a palavra de Deus? (Ver João 7:17.) Que experiências vocês já tiveram ao porem à prova a palavra?

2. Alma ensina o povo a cultivar a palavra de Deus no coração.

Leia e discuta Alma 32:28–43.

• Comparando a palavra de Deus com uma semente, Alma aconselhou os zoramitas a “[darem] lugar em [seu] coração para que uma semente [fosse] plantada”. (Alma 32:28) O que precisamos fazer para “[darmos] lugar” em nosso coração para a palavra de Deus?

• De acordo com Alma, o que as pessoas começam a sentir quando a palavra de Deus é plantada em seu coração? (Ver Alma 32:28–31, 33–35. Escreva as respostas dos alunos no quadro-negro.) Na sua opinião, o que significa sentir a semente “inchar em [nosso] peito”? De que forma as escrituras dilatam nossa alma, iluminam nossa compreensão e expandem nossa mente? (Ver Alma 37:8–9.) De que maneira a palavra de Deus já se mostrou deliciosa para vocês?

• O que precisamos continuar a fazer quando a palavra de Deus começar a crescer em nosso coração? (Ver Alma 32:37.) Como podemos “[tratar da palavra] com muito cuidado”? (Ver Alma 32:41.) Na sua opinião, como a palavra pode “[criar] raiz” em nosso coração e crescer? (Alma 32:37)

• O que acontecerá se negligenciarmos a palavra e não a cultivarmos depois que ela começar a crescer em nosso coração? (Ver Alma 32:38–40.) O que podemos fazer que pode tornar nosso terreno, ou nosso coração, estéril?

• Perto do fim de seu discurso, Alma comparou a palavra com uma árvore que cresceu a partir de uma semente. (Alma 32:37) O que representa essa árvore? (Ver Alma 32:40–42.)

Faça uma breve menção da visão da árvore da vida que Leí e Néfi tiveram. Lembre aos alunos que a árvore da vida é um símbolo de Jesus Cristo. (Ver a página 12 deste manual.) Ressalte que a palavra de Deus, na visão representada pela barra de ferro e no discurso de Alma pela semente, conduz ao Salvador, que é representado pela árvore da vida.

Referindo-se a Alma 32, o Élder Jeffrey R. Holland ensinou: “Neste brilhante discurso, Alma começa fazendo um comentário geral sobre a fé na palavra de Deus, vista como uma semente, e termina com um inspirado sermão sobre a fé em Cristo na qualidade de Verbo Divino”. (Christ and the New Covenant [1997], p. 169)

• Qual é o fruto da árvore da vida? (A vida eterna. Ver Alma 32:41; 33:23; ver também 1 Néfi 15:36; D&C 14:7.)

3. Alma cita o testemunho dos profetas de Jesus e exorta o povo a plantar a palavra de Deus no coração.

Leia e discuta alguns versículos de Alma 33. Explique-lhes que depois de ouvir o discurso de Alma, o povo desejou saber “de que maneira começariam a exercer a fé”. (Alma 33:1) Alma respondeu citando ensinamentos dos profetas Zenos, Zenoque e Moisés relativos a Jesus Cristo.

• Que ensinamento de Zenos Alma transmitiu aos zoramitas? (Peça aos alunos que se revezem na leitura de Alma 33:3–11.) O que pretendia Alma ao citar as palavras de Zenos sobre a oração? (Ver Alma 33:11–14. Ele queria ensinar os zoramitas a exercer fé no Filho de Deus. Observe que é “por causa de [Seu] Filho” que o Pai Celestial ouve nossas orações e afasta de nós Seus julgamentos.)

• Alma disse aos zoramitas que o profeta Zenoque também testificara de Cristo. (Alma 33:15) O que Zenoque ensinou? (Ver Alma 33:16.) Por que era importante ensinar isso aos zoramitas? (Ver Alma 31:12, 16–17.)

• Alma falou de uma serpente de metal que Moisés fez e levantou no deserto. (Alma 33:19; ver também Números 21:9.) De que forma a serpente era um modelo, ou símbolo, de Jesus Cristo? (Ver Alma 33:19; ver também João 3:14–16; Helamã 8:13–15.) O que o relato de Alma sobre a serpente de metal nos ensina sobre exercer fé em Jesus Cristo? (Ver Alma 33:20–23; ver também Alma 37:46.)

4. Amuleque testifica da expiação de Jesus Cristo. Ordena ao povo que ore e exerça fé para o arrependimento.

Leia e discuta alguns versículos de Alma 34. Diga que depois que Alma falou, Amuleque levantou-se e começou a pregar ao povo.

• Alma e Amuleque perceberam que o povo ainda questionava se devia crer em Cristo. (Alma 34:2–5) Como Amuleque respondeu a essa pergunta? (Ver Alma 34:6–8.) Como podemos receber um testemunho firme de Cristo? Como as escrituras, profetas e outras testemunhas de Cristo fortaleceram seu testemunho Dele?

• Por que “toda a humanidade (…) [pereceria]” sem a expiação de Jesus Cristo? (Ver Alma 34:8–9; ver também Alma 22:14.) Por que Jesus é o único que poderia expiar pelos pecados do mundo e salvar-nos dos efeitos da queda? (Ver Alma 34:10–12.) O que Alma quis dizer quando ensinou que a expiação é um “sacrifício (…) infinito e eterno”? (Ver Alma 31:14–16.)

O Élder Bruce R. McConkie ensinou: “O homem não pode ressuscitar por si mesmo; o homem não pode salvar a si mesmo; o poder de um homem não pode salvar outro nem expiar pelos pecados de outro. A obra de redenção deve ser infinita e eterna; deve ser realizada por um ser infinito; o próprio Deus deve expiar pelos pecados do mundo”. (A New Witness for the Articles of Faith [1985], pp. 111–112)

• Na sua opinião, como o conselho de Alma 34:17–29 ajudou os zoramitas que achavam que podiam adorar a Deus apenas nas sinagogas e somente uma vez por semana? O que podemos aprender com esse conselho?

• O que Amuleque ordenou ao povo que fizesse depois que receberam tantos testemunhos do Salvador? (Ver Alma 34:30–31; ver também os versículos 15–17, nos quais as palavras “fé para o arrependimento” aparecem quatro vezes.) Por que a fé em Cristo é parte essencial do arrependimento?

• Amuleque adverte-nos para que não deixemos para o fim o dia de nosso arrependimento. (Alma 34:31–36) Por que as pessoas às vezes adiam o arrependimento? Como o conselho de Alma 34:32 pode influenciar o modo em que vivemos cada dia?

Conclusão

Ressalte que o propósito de plantarmos uma árvore frutífera é podermos comer seus frutos. Quando “dermos lugar em [nosso] coração para que uma semente seja plantada”, poderemos “esperar o fruto”. (Alma 32:28, 41) Leia a descrição de Alma desse fruto em Alma 32:41–42. Lembre aos alunos que o fruto é a vida eterna e que é somente por meio da expiação de Jesus Cristo que podemos alcançá-la. (Alma 34:14–16)

Conforme a orientação do Espírito, preste testemunho das verdades ensinadas na aula.

Outras Sugestões Didáticas

Sugere-se o seguinte material para complementar a lição. Você pode utilizálo como parte da aula.

1. “Desejo que vos lembreis destas coisas” (Alma 34:37)

Para concluir a lição, peça a um aluno que leia em voz alta as palavras finais de Amuleque aos zoramitas, que estão em Alma 34:37–41.

2. Fortalecer os membros novos da Igreja

• Os “mais influentes dos zoramitas” expulsaram as pessoas que acreditaram nas palavras de Alma e seus irmãos. (Alma 35:1–6) Como o povo de Amon recebeu essas pessoas? (Ver Alma 35:7–9.) O que esse exemplo ensina sobre nosso dever de fortalecer os recém-conversos?