“Se Vos Arrependerdes e Vos Voltardes para o Senhor”

O Livro de Mórmon: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho, 1999


Objetivo

Lembrar aos alunos a importância de nos arrependermos, buscarmos o Senhor e seguirmos os profetas.

Preparação

  1. 1.

    Leia e pondere as passagens a seguir e ore a respeito delas:

    1. a.

      Helamã 13. Um profeta lamanita chamado Samuel profetiza que os nefitas serão destruídos se não se arrependerem.

    2. b.

      Helamã 14. Samuel profetiza acerca dos sinais que precederão o nascimento e a morte do Salvador. No decorrer da pregação, chama o povo ao arrependimento.

    3. c.

      Helamã 15–16. Samuel fala aos nefitas da conversão dos lamanitas. Alguns nefitas acreditam em Samuel e são batizados. Outros endurecem o coração e tentam matar Samuel, mas ele é poupado pelo poder de Deus.

  2. 2.

    Se a gravura Samuel, o Lamanita, na Muralha estiver à disposição, preparese para usá-la durante a aula. (62370 059; Pacote de Gravuras do Evangelho 314)

Sugestões para a Apresentação da Lição

Atividade Motivadora

Se for adequado, use a atividade a seguir ou outra de sua própria escolha para dar início à aula.

Peça aos alunos que imaginem um vendedor que só tenha um produto para vender: a infelicidade.

• O que esse vendedor poderia fazer para vender seu produto? (Algumas possíveis respostas: ele pode tentar tornar a infelicidade atraente ou enganar as pessoas, fazendo-as achar que seu produto trará felicidade em vez de infelicidade.)

• Satanás nada tem a oferecer além da infelicidade. (2 Néfi 2:17–18, 27) De que forma Satanás pode tornar a infelicidade e o pecado desejáveis? De que forma ele tenta convencer as pessoas de que a felicidade e a retidão não são desejáveis?

Explique-lhes que nesta lição estudaremos as profecias de Samuel, o lamanita. Samuel pregou para um grupo de nefitas que sucumbira às tentações de Satanás. Eles haviam “[buscado] a felicidade na iniqüidade”, o que é contrário à natureza de Deus. (Helamã 13:38)

Discussão e Aplicação das Escrituras

Em espírito de oração, escolha as passagens das escrituras, as perguntas e outros tópicos da lição que melhor venham a atender às necessidades dos alunos. Discuta como as escrituras selecionadas podem aplicar-se à vida prática e incentive os alunos a relatar experiências relacionadas com os princípios contidos nas escrituras.

1. Samuel adverte os nefitas, anunciando que serão destruídos caso não se arrependam.

Discuta Helamã 13. Peça aos alunos que leiam alguns versículos em voz alta. Explique-lhes que um profeta lamanita chamado Samuel foi pregar em Zaraenla, mas os nefitas expulsaram-no da terra. O Senhor ordenou a Samuel que voltasse para Zaraenla e profetizasse ao povo. Quando os nefitas não permitiram que Samuel entrasse na cidade, ele subiu na muralha da cidade e de lá profetizou a eles. (Helamã 13:1–4) Se for utilizar a gravura de Samuel, mostre-a no decorrer da lição.

• Samuel advertiu o povo que, devido à dureza de seu coração, o Senhor tiraria Sua palavra e Seu Espírito do meio deles. (Helamã 13:8) Por que essas conseqüências advêm às pessoas que endurecem o coração? (Ver Mosias 2:36–37.) O que podemos fazer para abrandar o coração?

• Por meio do profeta Samuel, o Senhor disse: “Bem-aventurados os que se arrependerem e se voltarem para mim”. (Helamã 13:11) De que forma algumas pessoas tentam arrepender-se sem se voltar para o Senhor? Por que buscar o Senhor é parte essencial do arrependimento?

O Presidente Ezra Taft Benson ensinou:

“O arrependimento envolve mais do que uma mera mudança de comportamento. Muitos homens e mulheres do mundo demonstram grande força de vontade e autodisciplina para superar maus hábitos e fraquezas da carne. Contudo, ao mesmo tempo nem pensam no Mestre e muitas vezes até chegam a rejeitá-Lo abertamente. Tais mudanças de comportamento, mesmo que de natureza positiva, não constituem verdadeiro arrependimento. (…)

(…) O verdadeiro arrependimento baseia-se na fé no Senhor Jesus Cristo e dela provém. Não há nenhuma outra forma. O verdadeiro arrependimento implica uma mudança de coração e não apenas uma mudança de comportamento.” (Ver Alma 5:13.) (The Teachings of Ezra Taft Benson [1988], p. 71)

• Os nefitas haviam “[posto] o coração nas riquezas”. (Helamã 13:20–21) Além disso, não haviam dado ouvidos às palavras do Senhor, que lhes concedera suas riquezas. (Helamã 13:21) Em virtude disso, os nefitas e suas riquezas foram amaldiçoados. (Helamã 13:17–22) De que forma as pessoas dedicam mais tempo e atenção às coisas mundanas do que às espirituais? Como podemos avaliar se estamos dando suficiente atenção a nosso bem-estar espiritual?

• Samuel disse que os nefitas sempre se lembravam de suas riquezas, mas não se lembravam de agradecer ao Senhor por elas. (Helamã 13:22) Por que é difícil para algumas pessoas ser gratas quando são abençoadas com abundância? De que forma a gratidão neutraliza o orgulho? Como podemos demonstrar gratidão ao Senhor?

• Os nefitas perseguiram e mataram os profetas de seus dias, mas diziam: “Se tivéssemos vivido nos tempos de nossos pais, não teríamos matado os profetas”. (Helamã 13:24–25; compare com Mateus 23:29–39.) Por que as pessoas às vezes glorificam profetas do passado e rejeitam os profetas vivos? (Ver Helamã 13:26.) De que forma algumas pessoas se deixam levar por “guias insensatos e cegos”? (Ver Helamã 13:27–29.)

• De acordo com Samuel, os nefitas haviam “buscado felicidade na iniqüidade”. (Helamã 13:38) Por que é impossível encontrar verdadeira felicidade no pecado? (Ver Helamã 13:38; ver também Alma 41:10–11.) Como podemos encontrar a verdadeira felicidade? (Além de pedir as respostas dos alunos, leia a declaração da próxima página.) Como podemos ajudar as outras pessoas a encontrar a verdadeira felicidade?

O Profeta Joseph Smith disse: “A felicidade é o objetivo e o propósito de nossa existência; e também será o fim, caso sigamos o caminho que nos leva até ela; e esse rumo é a virtude, retidão, fidelidade, santidade e obediência a todos os mandamentos de Deus”. (Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, sel. Joseph Fielding Smith [1976], p. 249)

2. Samuel profetiza acerca dos sinais que precederão o nascimento e a morte do Salvador. No decorrer da pregação, chama o povo ao arrependimento.

Leia e discuta alguns versículos de Helamã 14.

• Samuel profetizou o nascimento e a morte do Salvador. (Helamã 14:2, 15) Que sinais Samuel disse que haveria por ocasião do nascimento e da morte do Salvador? (Ver Helamã 14:3–7, 20–28. Essas profecias são mencionadas na seção de sugestões didáticas do fim da lição. O cumprimento das profecias será estudado na lição 36.)

• Samuel disse que se o povo se arrependesse, receberia a remissão de seus pecados por meio dos méritos de Cristo. (Helamã 14:13) Méritos são qualidades ou ações que dão a alguém o direito de reivindicar recompensas. Por que é somente por meio dos méritos do Salvador que podemos ser perdoados de nossos pecados? (Ver 2 Néfi 2:7–9; Alma 22:14.)

O Presidente Ezra Taft Benson ensinou: “Nem mesmo o homem mais justo e digno pode salvar a si mesmo por seus próprios méritos”. (The Teachings of Ezra Taft Benson, p. 71)

• De acordo com Samuel, por que Jesus precisou morrer? (Ver Helamã 14:15–18.) De que forma o conhecimento do sacrifício do Salvador já afetou sua vida?

• Samuel disse: “Se [as pessoas] forem condenadas, terão atraído sobre si a sua própria condenação”. (Helamã 14:29) Por que as coisas são assim? (Ver Helamã 14:30–31.) Por que é essencial que tenhamos permissão para “agir por [nós] mesmos”?

3. Algumas pessoas acreditam em Samuel e são batizados. Outros endurecem o coração e tentam matar Samuel.

Leia e discuta alguns versículos de Helamã 15–16.

• Por que o Senhor castigou os nefitas? (Ver Helamã 15:3; ver também Hebreus 12:6.) Como as correções do Senhor demonstram Seu amor por nós? O que podemos aprender com as punições do Senhor?

Peça a um aluno que leia Helamã 15:7–8 em voz alta. À medida que ele ler, desenhe o seguinte diagrama no quadro-negro:

faith

• De que forma o conhecimento da verdade e a crença nas escrituras levam à fé e ao arrependimento? De que forma a fé e o arrependimento levam a uma mudança de coração?

• Os lamanitas que passaram por uma mudança de coração permaneceram “firmes e inquebrantáveis na fé”. (Helamã 15:8) Quando passamos por uma mudança de coração, o que precisamos fazer para garantir que a transformação seja duradoura? (Ver 2 Néfi 31:19–20.)

• Como os nefitas reagiram às profecias e advertências de Samuel? (Ver Helamã 16:1–7.) Por que vocês acham que muitas pessoas não creram em Samuel, mesmo ao verem-no ser miraculosamente protegido?

• Embora vissem que as palavras dos profetas estavam-se cumprindo, a maioria dos nefitas começou a endurecer o coração e a confiar em sua própria força e sabedoria. (Helamã 16:13–15) Como esses nefitas descrentes tentaram racionalizar a presença dos sinais que haviam visto? (Ver Helamã 16:16–23.) Quais são os perigos de tentarmos compreender o evangelho somente com nosso intelecto?

Conclusão

Conforme a orientação do Espírito, preste testemunho das verdades ensinadas na aula.

Se desejar, poderá utilizar a sugestão didática do fim da lição para recapitular as profecias de Samuel e mostrar como o estudo delas pode ajudar a preparar-nos para a Segunda Vinda do Salvador.

Outras Sugestões Didáticas

Sugere-se o seguinte material para complementar a lição. Você pode utilizálo como parte da aula.

Preparar-se para a Segunda Vinda

Leia a seguinte declaração do Presidente Ezra Taft Benson:

“O registro da história nefita imediatamente anterior à visita do Salvador revela muitos paralelos com nossos dias, em que esperamos a segunda vinda do Salvador.” (Conference Report, abril de 1987, p. 3; ou Ensign, maio de 1987, p. 4)

Nesta declaração, o “registro da história nefita” que o Presidente Benson mencionou é o livro de 3 Néfi, o relato do período anterior à visita do Senhor ressurreto aos nefitas. O quadro da página seguinte relaciona a declaração do Presidente Benson ao livro de Helamã, que é o relato dos nefitas antes de verem os sinais do nascimento do Salvador.

Use o gráfico para mostrar que Helamã 13–16 contém relatos de profecias e acontecimentos semelhantes aos que antecederão a Segunda Vinda de Jesus Cristo. Há um resumo do gráfico também no Guia de Estudo do Aluno do Curso do Livro de Mórmon.

Profecias e Acontecimentos Registrados em Helamã 13–16

Profecia ou Acontecimento

Sinais e Acontecimentos que Precederão a Segunda Vinda

Helamã 16:1, 3, 6, 10

Forte minoria justa

1 Néfi 14:12; Jacó 5:70

Helamã 16:13–14

Manifestações espirituais e milagres

Joel 2:28–30; D&C 45:39–42

Helamã 13:22; 16:12, 22–23

Grande iniqüidade

II Timóteo 3:1–5; D&C 45:27

Helamã 13:2, 6, 8, 10–11; 14:9, 11; 15:1–3, 17; 16:2

Rejeição aos profetas do Senhor e seu chamado ao arrependimento

D&C 1:14–16

Helamã 15:4–11

Conversão de muitos lamanitas

D&C 49:24

Helamã 14:3–4

Profecia de uma noite sem escuridão

Zacarias 14:7; ver também Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, sel. Joseph Smith [1976], pp. 278–279

Helamã 14:5–6, 20

Profecias de sinais e maravilhas nos céus

Joel 2:30–31; D&C 45:40

Helamã 16:13–18

Negação dos sinais, maravilhas e da vinda de Cristo

II Pedro 3:3–4; D&C 45:26

Helamã 14:21, 23, 26

Profecias de grandes tempestades e outros desastres naturais

Apocalipse 16:18, 21; D&C 88:88–90

Helamã 14:24; 15:1

Profecia da destruição dos iníquos

Isaías 26:21; Malaquias 4:1; D&C 1:9; 133:41

• Que semelhanças existem entre as pessoas de hoje e os nefitas que viveram pouco antes do nascimento de Cristo?

Leia a seguinte declaração do Presidente Ezra Taft Benson:

“No Livro de Mórmon, vemos um padrão de preparação para a Segunda Vinda. Boa parte do livro concentra-se nas poucas décadas imediatamente anteriores à vinda de Cristo à América. Por meio do estudo cuidadoso desse período, podemos entender por que algumas pessoas foram destruídas nos terríveis juízos que precederam Sua vinda e o que fez com que outras fossem para o templo na terra de Abundância e tocassem as feridas de Suas mãos e Seus pés. (…) Como pode alguém duvidar que este livro foi escrito para nós e que nele encontramos grande força, consolo e proteção? (Conference Report, outubro de 1986, pp. 5–6; ou Ensign, novembro de 1986, pp. 6–7)

Peça aos alunos que relatem os pensamentos e impressões que tiveram ao estudar Helamã 13–16. Pergunte a eles como essas coisas podem ajudá-los a preparar-se para a Segunda Vinda do Salvador.