“Sei em Quem Confiei”

O Livro de Mórmon: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho, 1999


Objetivo

Ajudar os alunos a fortalecer seu testemunho do Profeta Joseph Smith e incentivá-los a encontrar felicidade por meio da confiança no Senhor e da obediência a Seus mandamentos.

Preparação

  1. 1.

    Leia e pondere as escrituras a seguir e ore a respeito delas:

    1. a.

      2 Néfi 3. Leí ensina a seu filho José sobre o antigo profeta José, que profetizou acerca de Joseph Smith. Leí ensina a José que seus descendentes serão abençoados por meio do Profeta Joseph Smith e do Livro de Mórmon.

    2. b.

      2 Néfi 4. Leí morre depois de dar seus conselhos finais a seus filhos e netos. Néfi lamenta seu estado pecador, mas se regozija na bondade de Deus.

    3. c.

      2 Néfi 5. Aumenta a ira de Lamã e Lemuel contra Néfi. Os seguidores de Néfi obedecem à ordem do Senhor de separarem-se dos seguidores de Lamã. Os nefitas “[vivem] felizes” e os lamanitas recebem uma maldição devido a sua iniqüidade.

  2. 2.

    Leitura complementar: Seleções da Tradução de Joseph Smith da Bíblia em Inglês, Gênesis 50:24–38 (Guia para Estudo das Escrituras, pp. 225–227); “José, Filho de Jacó”. (Guia para Estudo das Escrituras, pp. 119–120)

  3. 3.

    Peça a um aluno que se prepare para ler 2 Néfi 4:15–35 em voz alta. Digalhes que essa passagem às vezes é chamada de “Salmo de Néfi” e expressa alguns dos sentimentos mais profundos de Néfi.

Sugestões para a Apresentação da Lição

Atividade Motivadora

Se for adequado, use a seguinte atividade ou outra de sua própria escolha para dar início à aula.

Diga aos alunos que 2 Néfi 3 faz menção de quatro homens com o mesmo nome. Peça aos alunos que procurem esses quatro homens em 2 Néfi 3:1–5, e quando eles tiverem tido tempo suficiente para fazê-lo, peça-lhes que relatem suas descobertas. As respostas corretas estão abaixo:

  1. a.

    José, o filho mais novo de Leí e Saria (2 Néfi 3:1–3)

  2. b.

    José do Egito (2 Néfi 3:4–5)

  3. c.

    Joseph Smith Jr. (2 Néfi 3:6–15)

  4. d.

    Joseph Smith Sênior (2 Néfi 3:15)

Depois dessa breve atividade, vá diretamente para a discussão de 2 Néfi 3.

Discussão e Aplicação das Escrituras

Em espírito de oração, escolha as passagens das escrituras, as perguntas e outros tópicos da lição que melhor venham a atender às necessidades dos alunos. Discuta como as escrituras escolhidas se aplicam à vida diária. Incentive os alunos a relatar experiências relacionadas aos princípios encontrados nas escrituras.

1. Leí ensina que seus descendentes serão abençoados por meio do Profeta Joseph Smith e do Livro de Mórmon.

Discuta 2 Néfi 3. Peça aos alunos que leiam em voz alta os versículos escolhidos.

• Leí ensinou a seu filho José a respeito de uma profecia feita por José, filho de Jacó e Raquel, que foi “levado cativo para o Egito”. (2 Néfi 3:4; ver também Gênesis 30:22–24; 37:1–3, 23–28.) Quais foram os convênios feitos por José do Egito com o Senhor que foram importantes para a família de Leí? (Ver 2 Néfi 3:4–5; Jacó 2:25; ver também Gênesis 45:7.)

• Quem foi o “vidente escolhido” de quem José do Egito teve uma visão? (Ver 2 Néfi 3:6–15. O Profeta Joseph Smith.) Como Joseph Smith revelou a palavra do Senhor? (Ver 2 Néfi 3:11 e a citação abaixo.) Como vocês já foram abençoados devido à palavra de Deus que foi revelada por meio de Joseph Smith?

• O Élder LeGrand Richards declarou: “O Profeta Joseph Smith trouxe-nos o Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios, Pérola de Grande Valor e vários outros escritos. Como podemos verificar pelos registros de que dispomos, ele concedeu-nos mais revelações que qualquer outro profeta que já tenha vivido na face da Terra”. (Ensign, maio de 1981, p. 33)

• O Senhor falou a José do Egito sobre a Bíblia, que conteria palavras escritas pelos descendentes de Judá e do Livro de Mórmon, que encerraria registros dos descendentes de José. (2 Néfi 3:12) Como a Bíblia e o Livro de Mórmon “[foram] unidos”? Que bênçãos o Senhor disse que resultariam dessa união da Bíblia e do Livro de Mórmon? (Ver 2 Néfi 3:12.)

• O Senhor prometeu que um “ramo justo” dos descendentes de José seria “arrancado”, mas seria “lembrado nos convênios do Senhor”. (2 Néfi 3:5) Qual é o papel de Joseph Smith e do Livro de Mórmon no cumprimento desses convênios? (Ver 2 Néfi 3:12–13; 18–21; 30:3–6.) Como essa promessa está cumprindo-se hoje? Como o Livro de Mórmon ajuda vocês a recordarem e guardarem seus convênios com o Senhor?

• O que há de comum entre José do Egito, José filho de Leí e Joseph Smith, além do nome? (Ver 2 Néfi 3:4–7, 11–12, 18–21. As respostas podem incluir a linhagem, os convênios e o Livro de Mórmon.)

2. Néfi lamenta seu estado pecador, mas se regozija na bondade de Deus.

Leia e discuta alguns versículos de 2 Néfi 4. Diga que logo antes de sua morte, Leí aconselhou e abençoou seus filhos e netos. (2 Néfi 4:3–12)

Logo após a morte de Leí, “Lamã e Lemuel e os filhos de Ismael enfureceram-se [com Néfi], por causa das admoestações do Senhor”. (2 Néfi 4:13) Ao escrever sobre essas contínuas dificuldades, Néfi registrou seus sentimentos em uma passagem que às vezes é chamada de “Salmo de Néfi”. Como introdução ao estudo do Salmo de Néfi, explique que salmo é um poema ou hino, muito parecido com nossos hinos modernos. Peça aos alunos que citem alguns de seus hinos preferidos e digam brevemente por que esses hinos são significativos para eles.

Se você tiver designado previamente um aluno para ler o Salmo de Néfi, convide-o a fazê-lo agora. Peça aos demais alunos que acompanhem a leitura em silêncio.

• Néfi escreveu: “Minha alma se deleita nas coisas do Senhor; e meu coração medita continuamente nas coisas que vi e ouvi”. (2 Néfi 4:16) Em que coisas específicas Néfi se deleitava? (Ver 2 Néfi 4:15–16.) O que significa meditar? O que podemos fazer para conseguir tempo para meditar sobre as coisas do Senhor? Como meditar sobre as coisas do Senhor pode ajudarnos?

• Que palavras vocês usariam para descrever Néfi? (As respostas podem incluir justo, obediente e humilde.) O que levaria Néfi a afirmar ser um “homem miserável” cuja “alma se [angustiava] por causa de [suas] iniqüidades”? (Ver 2 Néfi 4:17, 27; ver também 1 Néfi 10:6.) Por que é importante reconhecer diante de Deus nosso estado decaído?

O Presidente Ezra Taft Benson declarou: “Assim como o homem não deseja alimento até sentir fome, tampouco anseia pela salvação de Cristo até saber por que necessita Dele. Ninguém sabe da forma correta e adequada por que precisa de Cristo até compreender e aceitar a doutrina da queda e seus efeitos sobre toda a humanidade”. (Ensign, maio de 1987, p. 85)

• Como Néfi encontrou esperança apesar de sentir-se “cercado” pela tentação e pelo pecado? (Ver 2 Néfi 4:18–19.) Como o Senhor havia auxiliado Néfi no passado? (Peça aos alunos que leiam 2 Néfi 4:20–25 para encontrar as respostas para essa pergunta. Escreva as respostas deles no quadro-negro. Algumas das respostas possíveis estão abaixo.)

O Senhor havia:

  1. a.

    Sido o apoio de Néfi. (2 Néfi 4:20)

  2. b.

    Guiado Néfi através de suas aflições no deserto. (2 Néfi 4:20)

  3. c.

    Enchido Néfi com Seu amor. (2 Néfi 4:21)

  4. d.

    Confundido seus inimigos. (2 Néfi 4:22)

  5. e.

    Ouvido seu clamor. (2 Néfi 4:23)

  6. f.

    Concedido a ele conhecimento por meio de visões. (2 Néfi 4:23)

• Quando vocês já receberam bênçãos semelhantes do Senhor? Como recordar as bênçãos recebidas no passado pode ajudá-los em momentos difíceis?

• Néfi perguntou a si mesmo por que sucumbia ao pecado e à tristeza apesar das coisas que vira e do conhecimento que possuía. (2 Néfi 4:26–27) Por que às vezes nos debatemos com a tristeza e a tentação a despeito de nosso conhecimento do evangelho? O que o Salmo de Néfi tem a ensinarnos que pode nos ajudar a superar a tristeza e a tentação? (Ver 2 Néfi 4:28–30.)

• Na primeira parte de seu salmo, as palavras de Néfi dirigiam-se a si mesmo. (2 Néfi 4:15–30) O salmo terminou com uma oração. (2 Néfi 4:30–35.) O que Néfi pediu ao Senhor nessa oração? (Ver 2 Néfi 4:31–33. Peça aos alunos que discutam os trechos da oração de Néfi que tenham significado especial para eles. As perguntas relacionadas abaixo podem ser usadas como estímulo à discussão.)

  1. a.

    Como o Senhor vai livrar-nos “das mãos de [nossos] inimigos”? (Ver 2 Néfi 4:31, 33.)

  2. b.

    O que significa “tremer à vista do pecado”? (Ver 2 Néfi 4:31; Mosias 5:2; Alma 13:12.)

  3. c.

    Na sua opinião, o que significa “[andar] na senda do vale baixo” e “[ser] firme no caminho plano”? (2 Néfi 4:32)

  4. d.

    Na sua opinião, o que significa para o Senhor “[rodear-nos] com o manto da [Sua] justiça”? (2 Néfi 4:33)

• Em sua oração, o que Néfi prometeu fazer? (Ver 2 Néfi 4:30, 34–35. Prometeu confiar em Deus e louvá-Lo para sempre.) O que Néfi quis dizer ao afirmar: “Não porei minha confiança no braço de carne”? (Ver 2 Néfi 4:34; 28:31.) Quais são algumas das maneiras pelas quais as pessoas depositam sua “confiança no braço de carne”? Quais são os perigos disso? O que podemos fazer para aumentar nossa confiança no Senhor?

3. Aumenta a ira de Lamã e Lemuel contra Néfi. O Senhor ordena aos seguidores de Néfi que se separem dos seguidores de Lamã.

Leia e discuta alguns versículos de 2 Néfi 5.

• Por que Lamã e Lemuel se enfureceram com Néfi? (Ver 2 Néfi 4:13; 5:3.) O que Lamã e Lemuel tentaram fazer motivados por sua crescente ira? (Ver 2 Néfi 5:2, 4. Compare a fúria deles com o esforço de Néfi para controlar sua ira, conforme o que está registrado em 2 Néfi 4:27–29.) Quais são alguns perigos de nos deixarmos encolerizar? O que podemos fazer para sermos pacificadores no lar, na comunidade e na Igreja?

O Presidente Howard W. Hunter ensinou: “Precisamos de um mundo mais pacífico, como reflexo de famílias, bairros e comunidades mais pacíficos. Para garantir e cultivar essa paz, ‘precisamos amar ao próximo, até mesmo nossos inimigos assim como nossos amigos’. (…) Precisamos estender o braço da amizade. Precisamos ser mais bondosos, mais gentis, mais dispostos a perdoar e mais lentos para irar-nos. Precisamos amar-nos uns aos outros com o puro amor de Cristo. Que seja esse nosso curso e desejo”. (Ensign, maio de 1992, p. 63)

• Por causa da ira de seus irmãos, Néfi orou pedindo ajuda. (2 Néfi 5:1) Como o Senhor respondeu a suas orações? (Ver 2 Néfi 5:5.)

• Quando Néfi e seu povo partiram, “[viveram] felizes”. (2 Néfi 5:27) O que eles fizeram que contribuiu para essa felicidade? (Ver 2 Néfi 5:10–17.) As respostas podem incluir que eles guardaram os mandamentos, preservaram os registros que estavam nas placas de latão, construíram um templo e trabalharam juntos.) Como o exemplo dos nefitas pode ajudarnos em nosso empenho de “[vivermos] felizes”?

Conclusão

Conforme a orientação do Espírito, testifique das verdades ensinadas na aula.

Sugestão Didática Adicional

Sugere-se o seguinte material para complementar a lição. Você pode utilizar essa idéia como parte da aula.

Desperta, minha alma! (…) Regozija-te, ó meu coração” (2 Néfi 4:28)

Explique-lhes que podemos seguir o exemplo de Néfi quando estivermos desanimados. Os capítulos 4 e 5 de 2 Néfi fornecem vários exemplos do que podemos fazer para superar o desânimo. Discuta os seguintes exemplos com os alunos:

  1. a.

    Ler as escrituras. (2 Néfi 4:15)

  2. b.

    Deleitar-nos e meditar nas coisas do Senhor. (2 Néfi 4:16)

  3. c.

    Confiar no Senhor e buscar seu apoio. (2 Néfi 4:20–21, 34)

  4. d.

    Orar com fervor. (2 Néfi 4:24)

  5. e.

    Ser industriosos; trabalhar. (2 Néfi 5:15, 17)

  6. f.

    Servir no templo. (2 Néfi 5:16)