A Edificação do Reino de Deus em Nauvoo, Illinois

Doutrina e Convênios e História da Igreja: Manual do Professor de Doutrina do Evangelho, 2000


Objetivo

Falar de como os primeiros membros da Igreja trabalharam para edificar o reino de Deus em Nauvoo e incentivar os alunos a seguirem esse exemplo.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude as seguintes escrituras e outros materiais:

    1. a.

      Doutrina e Convênios 124:1–21, 87–90, 97–110; 126.

    2. b.

      Nosso Legado, páginas 51–52, 55–58, 61–62.

  2. 2.

    Estude o material do Guia de Estudo do Aluno (35686 059) referente a esta lição. Prepare-se para utilizá-lo durante a aula.

  3. 3.

    Peça a alguns alunos que se preparem para resumir as seguintes histórias que se encontram em Nosso Legado:

    1. a.

      As provações que John Hammer e a família enfrentaram quando se refugiram em Illinois, seção “O Êxodo para Illinois” (pp. 51–52).

    2. b.

      “Os Sacrifícios dos Missionários de Nauvoo” (pp. 55–58).

    3. c.

      “A Sociedade de Socorro” (pp. 61–62).

  4. 4.

    Caso queira que a presidente da Sociedade de Socorro ou uma de suas conselheiras fale dos objetivos da Sociedade de Socorro, fale com ela de antemão. Peça-lhe que se prepare para ler a declaração da Sociedade de Socorro que foi apresentada na reunião geral da Sociedade de Socorro de 1999. A declaração encontra-se na página 166 deste manual e como um material separado (36175 059, 36195 059 e 62185 059)

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Atividade Motivadora

Considere o que seja adequado e utilize esta atividade ou outra de sua preferência no início da aula.

Escreva estas frases no quadro-negro:

  • Foi revelada a doutrina do batismo pelos mortos.

  • Pela primeira vez, realizaram-se investiduras no templo.

  • Foi organizada a Sociedade de Socorro.

• Onde essas coisas aconteceram?

Diga que essas e muitas outras coisas importantes aconteceram em Nauvoo, no Estado de Illinois. Esta lição fala de como os primeiros membros da Igreja que foram para Nauvoo trabalharam para edificar o reino de Deus e do que podemos aprender com o exemplo que deram enquanto nos empenhamos em edificar o reino de Deus em nossos dias.

Discussão e Aplicação

Em espírito de oração, escolha as partes da lição mais adequadas às necessidades dos alunos. Incentive-os a contarem experiências relacionadas com os princípios das escrituras.

1. Os membros da Igreja procuram refúgio em Illinois.

Diga que enquanto Joseph Smith estava preso em Liberty, no Missouri, Brigham Young, que era o Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, passou a ser o principal responsável por organizar a fuga dos membros da Igreja, saindo do Missouri. No final de 1838, os santos começaram a atravessar o rio Mississipi e entrar em Illinois para escapar à perseguição. O mapa 3, na página 276 deste manual e 31 do Guia de Estudo do Aluno, mostra a rota que os santos seguiram quando foram expulsos do Missouri.

Peça ao aluno designado que conte as provações que John Hammer e sua família enfrentaram quando tentaram encontrar refúgio em Illinois. (Nosso Legado, pp. 51–52.)

No início, os membros da Igreja reuniram-se em Quincy, Illinois. Depois que Joseph Smith voltou da Cadeia de Liberty, eles mudaram-se para um local que ficava a aproximadamente 56 quilômetros rio Mississipi acima, que na época era o vilarejo de Commerce. Em pouco tempo os santos começaram a drenar o terreno pantanoso, fazer o plantio e construir casas. Durante o verão de 1839, o profeta mudou o nome do lugar para Nauvoo e disse: “O nome de nossa cidade (Nauvoo) é de origem hebraica. Significa local ou região bela, e também encerra a idéia de repouso”. [Ensinamentos do Profeta Joseph Smith. Joseph Fielding Smith (org.), s/d. p. 177.)

Em dezembro de 1840, o Estado de Illinois concedeu a Nauvoo a licença para organizar uma milícia, um tribunal municipal e uma universidade. Com o crescimento rápido da Igreja e com a chegada dos conversos que iam reunir-se ali, Nauvoo em pouco tempo passou a ser a segunda maior cidade de Illinois.

No dia 19 de janeiro de 1841, o Profeta Joseph Smith recebeu uma revelação em que o Senhor dava mandamentos aos membros da Igreja quanto a suas responsabilidades em Nauvoo. Essa revelação encontra-se em D&C 124. Diga que estudando D&C 124 e o exemplo dos primeiros membros da Igreja que moraram em Nauvoo, compreendemos mais claramente o papel vital que temos na edificação do reino de Deus.

2. Os Missionários que saíram de Nauvoo converteram milhares de pessoas.

Diga que muitos dos membros da Igreja que moravam em Nauvoo, inclusive os apóstolos, foram chamados a servir como missionários. Peça ao aluno designado que fale da missão dos santos de Nauvoo. (Nosso Legado, pp. 55–58)

Poucos meses depois de chegar na Inglaterra, o Élder Wilford Woodruff já batizara e confirmara muitas pessoas. Nessa época ele teve esta experiência:

“Participei de uma grande reunião em que havia membros da Igreja e estranhos e, enquanto cantávamos o primeiro hino, o Espírito do Senhor desceu sobre mim e a voz de Deus disse-me: “Esta é a última reunião que você realizará com essas pessoas durante muitos dias”. Fiquei espantado com isso, pois tinha muitos compromissos nesse distrito. Quando levantei para falar, disse-lhes que aquela seria a última reunião que eu faria com eles durante muitos dias. Eles ficaram tão perplexos quanto eu. No final da reunião, quatro pessoas se apresentaram para serem batizadas, e nós entramos na água para batizá-las.

De manhã, dirigi-me ao Senhor em segredo e perguntei-Lhe o que Ele desejava de mim. A resposta que recebi foi que eu deveria ir para o sul pois havia uma obra grandiosa que o Senhor queria que eu realizasse ali, porque existiam muitas almas esperando por Sua palavra.”

Ele passou os dois dias subseqüentes viajando para o sul, até que chegou à fazenda de John Benbow, em Herefordshire. O sr. Benbow e a mulher, Jane, receberam-no alegremente e disseram que havia um grupo de mais de 600 homens e mulheres que haviam formado uma congregação própria, chamada União de Irmãos. O Élder Woodruff disse:

“O grupo da União de Irmãos estava em busca de luz e verdade, mas não havia mais nada que pudesse fazer, e seus integrantes estavam rogando ao Senhor continuamente que abrisse o caminho para eles e lhes enviasse a luz e o conhecimento para que soubessem qual era o caminho verdadeiro para a salvação. Quando ouvi isso, compreendi perfeitamente por que o Senhor me ordenara, quando eu estava na cidade de Hanley, que saísse do lugar onde estava trabalhando e fosse para o sul; pois em Herefordshire havia uma colheita enorme a ser feita para acrescentar muitos santos ao Reino de Deus.”

O trabalho do Élder Woodruff nessa parte da Inglaterra fez com que ele “trouxesse à Igreja, graças às bênçãos de Deus, mais de oitocentas almas no período de oito meses, inclusive os seiscentos membros da União de Irmãos, com exceção de um.” [Wilford Woodruff: History of His Life and Labors, Matthias F. Cowley (org.), 1909, pp. 116–119.]

• O que a experiência do Élder Woodruff ensina?

Saliente que o trabalho e os sacrifícios dos missionários que serviram na Inglaterra fortaleceram a Igreja. O Élder Harold B. Lee resumiu o que aconteceu nessa época maravilhosa:

“Em um ano, de 1840 a 1841 (um ano e quatorze dias, para ser exato) nove dos doze foram chamados para trabalhar na Missão Britânica. Talvez vocês se lembrem que [na história de Nauvoo], esses anos foram marcados pelas perseguições mais acerbadas que a Igreja enfrentou nesta dispensação. Nesse período de um ano e quatorze dias, esses nove apóstolos e seus companheiros organizaram a igreja em todas as cidades importantes do reino da Grã-Bretanha. Batizaram entre 7.000 e 8.000 conversos imprimiram 5.000 exemplares do Livro de Mórmon, 3.000 hinários e 50.000 folhetos (…) e fizeram com que 1.000 almas emigrassem para os Estados Unidos.” [Conference Report (Relatório da Conferência Geral), abril de 1960, p. 108.]

3. O exemplo dos santos de Nauvoo demonstra como é importante perseverar até o fim em retidão.

Diga que em D&C 124 há muitas instruções e promessas dirigidas a pessoas que viveram no período de Nauvoo. Leia alguns dos seguintes versículos com os alunos e descubra as instruções e as promessas:

  1. a.

    D&C 124:12–14 (a Robert B. Thompson).

  2. b.

    D&C 124:16–17 (a John C. Bennett). c. D&C 124:18–19 (a Lyman Wight).

  3. d.

    D&C 124:87–90, 97–103 (a William Law).

  4. e.

    D&C 124:104–110 (a Sidney Rigdon).

Na época de Nauvoo, a maioria dos membros da Igreja permaneceu fiel e foi muitíssimo abençoada. Contudo John C. Bennett, Lyman Wight, William Law, Sidney Rigdon estavam entre aqueles que apostataram e perderam as bênçãos.

• Falem das coisas que mais os têm ajudado a perseverarem em retidão até o fim.

• Leia D&C 124:15 com os alunos. Que qualidades de Hyrum Smith o Senhor elogiou? (Ver também a próxima citação.) Como podemos passar a ter integridade de coração? Como podemos passar a amar o que é certo?

O Profeta Joseph Smith disse o seguinte de Hyrum, seu irmão: “Eu poderia orar sinceramente pedindo que todos os meus irmãos fossem como o meu querido irmão Hyrum, que é manso como um cordeiro e integro como Jó e, em suma, tem a humildade de Cristo. Eu o amo com o tipo de amor que é mais forte que a morte pois nunca houve um momento em que eu precisasse repreendê-lo, nem ele a mim”. (History of the Church, 2:338)

4. A Sociedade de Socorro foi organizada em Nauvoo.

Diga que enquanto os membros da Igreja moravam em Nauvoo, foram abençoados com uma nova organização da Igreja. Por intermédio da autoridade do Sacerdócio, o Profeta Joseph Smith organizou a Sociedade de Socorro. Peça ao aluno designado que resuma a seção “A Sociedade de Socorro”, Nosso Legado, pp. 61–62.

Para salientar o propósito da Sociedade de Socorro, leia a seguinte declaração, que foi levada a público na reunião geral da Sociedade de Socorro de 1999. Caso tenha pedido à presidente da Sociedade de Socorro ou a uma de suas conselheiras que o faça, peça-lhe que a leia agora.

“Somos amadas filhas espirituais de Deus, e nossa vida tem significado, propósito e direção. Como irmandade mundial, somos unidas em nossa devoção a Jesus Cristo, nosso Salvador e Exemplo. Somos mulheres de fé, virtude, visão e caridade e:

  • Aumentamos nosso testemunho de Jesus Cristo por meio da oração e do estudo das escrituras.

  • Buscamos força espiritual seguindo os sussurros do Espírito Santo.

  • Dedicamo-nos ao trabalho de fortalecer o casamento, a família e o lar.

  • Consideramos nobre a maternidade e somos felizes por sermos mulheres.

  • Deleitamo-nos no serviço ao próximo e nas boas obras.

  • Amamos a vida e o aprendizado.

  • Defendemos a verdade e a retidão.

  • Apoiamos o sacerdócio como a autoridade de Deus na Terra.

Regozijamo-nos com as bênçãos do templo, compreendemos nosso destino divino e esforçamo-nos para alcançar a exaltação.” (Mary Ellen Smoot. “Alegrate, ó Filha de Sião”, A Liahona, janeiro de 2000, p. 112.)

• Como a Sociedade de Socorro edifica a fé e fortalece o testemunho? Como ela fortalece o casamento e a família? Como ela ajuda os necessitados?

• Falem das bênçãos que receberam graças à Sociedade de Socorro.

Conclusão

Saliente que os primeiros membros da Igreja que moraram em Nauvoo dedicaram a vida à edificação do reino de Deus por intermédio da obra missionária e de muitas outras formas de serviço. Seguindo o exemplo que deram, seremos mais fiéis em ajudar a edificar o reino de Deus atualmente.

Preste testemunho das verdades abordadas em aula, seguindo a orientação do Espírito.

Sugestões Didáticas Complementares

Você pode utilizar uma ou mais das seguintes idéias para complementar o plano de aula sugerido.

1. Os primeiros membros da Igreja foram liberados da obrigação de construir um templo no Missouri

• Os membros da Igreja não haviam construído nenhum templo no Missouri, apesar de o Senhor ter ordenado que construíssem um em Independence e outro em Far West. (D&C 57:1–3; 97:10–12; 115:7–12) Que princípio o Senhor ensinou aos santos em D&C 124:49–53? Como esse princípio se aplica a nós atualmente?

2. O empenho dos Apóstolos em atender às palavras do Senhor

Diga que D&C 118 contém as instruções do Senhor aos Doze Apóstolos, dizendo-lhes que deveriam cruzar as “grandes águas” e pregar o evangelho. Eles deveriam partir do terreno do templo de Far West, no Missouri, no dia 26 de abril de 1839. Contudo, em março de 1839, a maioria dos membros da Igreja já havia fugido do Missouri para Illinois. As turbas ameaçavam todos os líderes que voltassem a Far West.

A despeito das ameaças, Brigham Young, outros quatro apóstolos e vários outros homens voltaram ao terreno do templo em Far West pouco depois da meia-noite do dia 26 de abril de 1839. Ali, ordenaram mais dois apóstolos: Wilford Woodruff e George A. Smith. Cantaram, oraram e rolaram uma pedra grande até o canto do terreno do templo. Pouco depois, partiram como missionários para a Inglaterra.

3. Uma proclamação ao mundo

• Leia D&C 124:1–7 com os alunos. O que o Senhor ordenou que o Profeta Joseph Smith escrevesse?

Diga que o Profeta Joseph Smith e outras pessoas trabalharam preparando essa proclamação até o martírio do profeta em 1844. O Quórum dos Doze terminou o texto e publicou-o em 6 de abril de 1845.

A proclamação dirigia-se aos reis do mundo, ao presidente dos Estados Unidos e aos governantes e povos de todas as nações. Os líderes da Igreja proclamaram que Deus voltara a falar desde os céus e que o reino de Deus e o santo sacerdócio haviam sido restaurados em preparação para a Segunda Vinda do Salvador. Declararam também o seguinte:

“(…) Dirigimo-nos a vós com autoridade do alto e ordenamos que vos arrependais e que vos humilheis como criancinhas diante da majestade do Altíssimo; e que vos achegueis a Jesus com o coração quebrantado e o espírito contrito e que sejais batizados em seu nome para a remissão dos pecados (…) e recebereis o dom do Espírito Santo, pela imposição das mãos dos apóstolos e élderes desta grandiosa e última dispensação de misericórdia para com o homem.

Este Espírito vos prestará testemunho da veracidade daquilo que dizemos, iluminará vossa mente e estará em vós como o espírito de profecia e de revelação. Fará com que as coisas que passaram cheguem ao vosso entendimento e à vossa lembrança e vos mostrará as coisas que hão de vir.

Ele também vos concederá muitos grandes e gloriosos dons como o dom de curar os doentes e de ser curados pela imposição de mãos em nome de Jesus: e de expulsar demônios e até ter visões e conversar com os anjos e espíritos do mundo invisível.

Pela luz desse Espírito, recebido através da administração de ordenanças, pelo poder e autoridade do Santo Apostolado e Sacerdócio, sereis capazes de compreender e tornar-vos-eis filhos da luz; e estareis preparados para escapar a todas as coisas que sobrevirão à Terra e assim permanecereis diante do Filho do Homem.

Testificamos que esta é a doutrina do Evangelho de Jesus Cristo na sua plenitude e o único plano revelado na terra pelo qual o homem pode ser salvo.” [James R. Clark (org,) Messages of the First Presidency of The Church of Jesus Christ of Latter- day Saints, 6 vols. 1965–1975. 1:252–54.)

Em 1975, o Presidente do Quórum dos Doze, Ezra Taft Benson, citou parte desse texto em uma conferência geral e declarou que a Igreja proclamava novamente essas verdades ao mundo. Ele disse:

“Como servos humildes do Senhor, exortamos os chefes das nações a humilharem-se diante de Deus, a buscar a Sua inspiração e orientação. Exortamos igualmente os governantes e o povo a arrependerem-se de suas iniqüidades. Voltem-se para o Senhor, busquem o Seu perdão e unam-se com humildade ao Seu reino. Não há outro meio. Se fizerem isso, os seus pecados serão apagados, alcançarão a paz, que será duradoura, e passarão a fazer parte do reino de Deus, preparando-se para a Segunda Vinda de Cristo. Caso se recusem a se arrependerem ou a aceitarem o testemunho de Seus mensageiros inspirados e unirem-se ao reino de Deus, os castigos e calamidades terríveis prometidos ao iníquos se abaterão sobre vocês.” [Conference Report (Relatório da Conferência Geral), outubro de 1975, p. 48 ou Ensign, novembro de 1975, p. 34.]

4. Vídeo “O Coração e uma Mente Solícita”

Caso a fita de vídeo Ensinamentos de Doutrina e Convênios e História da Igreja (5x933 059) esteja disponível, considere a idéia de exibir “O Coração e uma Mente Solícita”, que é um segmento de oito minutos. Esse vídeo mostra a solicitude do Élder Heber C. Kimball em servir ao Senhor pregando o evangelho. Mostra também a dedicação de sua mulher e filhos, que o apoiaram tanto quando ele saiu de Kirtland quanto quando saiu de Nauvoo para servir ao Senhor na Inglaterra.

Sugere-se que você exiba esse vídeo durante a segunda parte da lição. Utilize as seguintes perguntas para discutir a apresentação com os alunos.

• Leia D&C 64:33–34 com os alunos. Como o Élder Kimball demonstrou que se havia dedicado inteiramente à obra do Senhor? Como ele demonstrou que tinha a “mente solícita”? Qual é a diferença entre ser meramente obediente e ser obediente e solícito?

• O Élder Kimball e a família demonstraram que estavam dispostos a fazer sacrifícios para ajudar a promover a causa de Sião. Citem alguns sacrifícios que precisamos fazer atualmente para realizar a obra do Senhor. Em que os nossos sacrifícios são diferentes dos que eles fizeram? Em que os nossos sacrifícios são semelhantes aos deles?

5. A loja de tijolos vermelhos do Profeta Joseph Smith

Diga que a loja feita de tijolos vermelhos que o Profeta Joseph Smith possuía foi um dos prédios mais importantes da Igreja na época de Nauvoo. (Ver a gravura abaixo.) Além de ser um armazém geral, ela foi o centro de atividades religiosas, sociais e cívicas. Os membros da Igreja organizaram uma escola pública que funcionava ali utilizaram-na também para reuniões cívicas, da Igreja e de jovens. A Sociedade de Socorro foi organizada nessa loja, no dia 17 de março de 1842. Antes de terminarem o templo, o andar superior era utilizado como sala de ordenanças. As primeiras investiduras desta dispensação foram realizadas ali.

Red Brick Store