Capítulo 14

A Organização do Sacerdócio

Princípios do Evangelho


O Sacerdócio Está na Terra Hoje

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é governada pelo sacerdócio. O sacerdócio, que está sempre associado à obra de Deus, “continua na igreja de Deus em todas as gerações e (…) não tem princípio de dias nem fim de anos” (D&C 84:17). Ele está na Terra hoje. Homens jovens e adultos são batizados na Igreja e, quando são considerados dignos, são ordenados ao sacerdócio. Eles recebem autoridade para agir pelo Senhor e fazer Sua obra na Terra.

As Duas Divisões do Sacerdócio

  • Como o Sacerdócio de Melquisedeque e o Sacerdócio Aarônico receberam seu nome?

O sacerdócio está dividido em duas partes: o Sacerdócio de Melquisedeque e o Sacerdócio Aarônico (ver D&C 107:1). “A razão de o primeiro chamar-se Sacerdócio de Melquisedeque é que Melquisedeque foi um grande sumo sacerdote.

Antes de sua época chamava-se Santo Sacerdócio segundo a Ordem do Filho de Deus.

Mas por respeito ou reverência ao nome do Ser Supremo, a fim de se evitar a repetição frequente de seu nome, eles, a igreja na antiguidade, deram a esse sacerdócio o nome de Melquisedeque ou seja, Sacerdócio de Melquisedeque” (D&C 107:2–4; grifo no original).

O sacerdócio menor é um apêndice do Sacerdócio de Melquisedeque. Chama-se Sacerdócio Aarônico porque foi conferido a Aarão e a seus filhos por todas as gerações. Os que possuem o Sacerdócio de Aarão têm autoridade para administrar as ordenanças externas do sacramento e batismo (ver D&C 20:46; 107:13–14, 20).

Os que possuem o Sacerdócio de Melquisedeque têm poder e autoridade para conduzir a Igreja e para dirigir a pregação do evangelho em todas as partes do mundo. Eles administram todos os trabalhos espirituais da Igreja (ver D&C 84:19–22; 107:8). Eles dirigem os trabalhos feitos nos templos; presidem alas, ramos, estacas e missões. O profeta escolhido do Senhor, o Presidente da Igreja, é o sumo sacerdote que preside o Sacerdócio de Melquisedeque (ver D&C 107:65–67).

As Chaves do Sacerdócio

  • Qual é a diferença entre o sacerdócio e as chaves do sacerdócio? Que líderes do sacerdócio recebem chaves?

Há uma diferença entre ser ordenado a um ofício do sacerdócio e receber chaves do sacerdócio. O Presidente Joseph F. Smith ensinou:

“O sacerdócio em termos gerais é a autoridade dada ao homem para agir em nome de Deus. Essa autoridade foi delegada a todo homem ordenado a qualquer grau do sacerdócio.

Mas é necessário que todo ato realizado sob essa autoridade seja feito no devido tempo e lugar, da maneira adequada e segundo a devida ordem. O poder de dirigir este trabalho constitui as chaves do sacerdócio. Somente uma pessoa por vez possui a plenitude dessas chaves: o profeta e presidente da Igreja. Ele pode delegar qualquer parte desse poder a outra pessoa, sendo que essa pessoa passa a possuir as chaves daquele aspecto particular do trabalho. Desse modo, o presidente de um templo, o presidente de uma estaca, o bispo de uma ala, o presidente de uma missão, o presidente de um quórum, cada um deles possui as chaves dos trabalhos realizados naquela organização ou local em particular. Seu sacerdócio não é aumentado por esse chamado especial; (…) o presidente de um quórum de élderes, por exemplo, não tem mais sacerdócio do que qualquer dos membros desse quórum, mas tem o poder de dirigir os trabalhos oficiais realizados no (…) quórum ou em outras palavras, as chaves daquela divisão do trabalho” (ver Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Joseph F. Smith , 1998, p. 141; grifo no original).

  • De que modo as chaves do sacerdócio salvaguardam a Igreja?

Os Ofícios e Deveres do Sacerdócio Aarônico

  • De que modo servem os portadores do Sacerdócio Aarônico?

Quando o Sacerdócio Aarônico é conferido a um homem ou rapaz, este é ordenado a um ofício desse sacerdócio. Os ofícios do Sacerdócio Aarônico são: diácono, mestre, sacerdote e bispo. Cada ofício possui deveres e responsabilidades. Cada quórum é presidido por um presidente de quórum que ensina aos membros os seus deveres e lhes pede que cumpram designações.

Alguns homens entram para a Igreja ou se tornam ativos após haverem passado da idade usual de recebimento dos ofícios do sacerdócio. Normalmente eles são ordenados a um ofício do Sacerdócio Aarônico e podem logo ser ordenados a outros ofícios, caso se mantenham dignos.

Diácono

Um rapaz que foi batizado e confirmado membro da Igreja e é digno poderá ser ordenado ao ofício de diácono quando tiver 12 anos de idade. Os diáconos ficam geralmente encarregados de distribuir o sacramento aos membros da Igreja, ajudar na conservação dos edifícios e das áreas da Igreja, ser mensageiros dos líderes do sacerdócio e cumprir encargos especiais tais como receber ofertas de jejum.

Mestre

Um rapaz digno pode ser ordenado mestre quando tiver 14 anos de idade ou mais. Os mestres possuem todos os deveres, direitos e poderes do ofício de diácono e mais alguns. Os mestres do Sacerdócio Aarônico devem ajudar os membros da Igreja a viver os mandamentos (ver D&C 20:53–59). Para ajudar a cumprir essa responsabilidade, geralmente eles são encarregados de servir como mestres familiares. Eles visitam a casa dos membros da Igreja, encorajando-os a viver os princípios do evangelho e recebem o mandamento de ensinar as verdades do evangelho contidas nas escrituras (ver D&C 42:12). Os mestres também preparam o pão e a água para os serviços sacramentais.

Sacerdote

Um rapaz digno pode ser ordenado sacerdote quando tiver 16 anos de idade ou mais. Os sacerdotes possuem todos os deveres dos ofícios de diácono e mestre e mais alguns (ver D&C 20:46–51). Um sacerdote pode batizar, administrar o sacramento e ordenar outros sacerdotes, mestres e diáconos. Pode também assumir a liderança das reuniões, quando não houver um portador do Sacerdócio de Melquisedeque presente. Deve, ainda, ensinar o evangelho àqueles que estão ao seu redor.

Bispo

O bispo é ordenado e designado para presidir o Sacerdócio Aarônico de uma ala. Ele é o presidente do quórum de sacerdotes (ver D&C 107:87–88). Quando age no seu ofício do Sacerdócio Aarônico, o bispo lida principalmente com assuntos de ordem material, tais como administração de finanças e registros e os cuidados com os pobres e necessitados (ver D&C 107:68).

O bispo também é ordenado sumo sacerdote, de modo a presidir todos os membros da ala (ver D&C 107:71–73; 68:15). O bispo é um juiz em Israel (ver D&C 107:74) e entrevista os membros para que recebam recomendações para o templo, ordenações ao sacerdócio e sejam atendidos em outras necessidades. É seu direito ter o dom do discernimento.

  • Como vocês foram abençoados por meio do serviço prestado por portadores do Sacerdócio Aarônico?

Os Ofícios e Deveres do Sacerdócio de Melquisedeque

  • De que modo servem os portadores do Sacerdócio de Melquisedeque?

Os ofícios do Sacerdócio de Melquisedeque são élder, sumo sacerdote, patriarca, Setenta e Apóstolo.

Élder

Os élderes são chamados para ensinar, expor, exortar, batizar e zelar pela Igreja (ver D&C 20:42). Todos os portadores do Sacerdócio de Melquisedeque são élderes e possuem a autoridade de conceder o dom do Espírito Santo pela imposição das mãos (ver D&C 20:43). Os élderes devem dirigir as reuniões da Igreja conforme inspirados pelo Espírito Santo (ver D&C 20:45; 46:2). Os élderes podem administrar aos doentes (ver D&C 42:44), abençoar criancinhas (ver D&C 20:70) e presidir as reuniões da Igreja quando não houver um sumo sacerdote presente (D&C 107:11).

Sumo Sacerdote

O sumo sacerdote recebe autoridade para oficiar na Igreja e administrar as coisas espirituais (ver D&C 107:10, 12). Pode também oficiar em todos os ofícios menores (ver D&C 68:19). Os presidentes de estaca, presidentes de missão, sumos conselheiros, bispos e outros líderes da Igreja são ordenados sumos sacerdotes.

Patriarca

Os patriarcas são ordenados pelas Autoridades Gerais ou pelos presidentes de estaca, quando são autorizados pelo Conselho dos Doze, para dar bênçãos patriarcais especiais aos membros da Igreja. Essas bênçãos nos fazem entender um pouco a respeito de nosso chamado na Terra. Elas são a palavra do Senhor dada pessoalmente a nós. Os patriarcas também são ordenados sumos sacerdotes (ver D&C 107:39–56).

Setenta

Os Setenta são testemunhas especiais de Jesus Cristo para o mundo e ajudam na edificação e direção da Igreja, sob a direção da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos (ver D&C 107:25, 34, 38, 93–97).

Apóstolo

O Apóstolo é uma testemunha especial do nome de Jesus Cristo para todo o mundo (ver D&C 107:23). Os Apóstolos administram os negócios da Igreja em âmbito mundial. Os que são ordenados ao ofício de Apóstolo (que pertence ao Sacerdócio de Melquisedeque) são geralmente designados como membros do Quórum dos Doze Apóstolos. A cada um são dadas as chaves do reino de Deus na Terra, mas apenas o Apóstolo mais antigo, que é o Presidente da Igreja, exerce todas as chaves. Os outros agem sob sua direção.

  • De que modo vocês foram abençoados pelo serviço prestado pelos portadores do Sacerdócio de Melquisedeque?

Os Quóruns do Sacerdócio Aarônico

O Senhor instruiu que os portadores do sacerdócio fossem organizados em quóruns. Um quórum é um grupo de irmãos que possuem o mesmo ofício do sacerdócio.

Existem três quóruns do Sacerdócio Aarônico:

  1. O quórum dos diáconos, que consiste em até 12 diáconos (ver D&C 107:85). A presidência do quórum dos diáconos é escolhida mediante um chamado feito pelo bispo dentre os membros do quórum.

  2. O quórum dos mestres, que consiste em até 24 membros (ver D&C 107:86). A presidência do quórum dos mestres é escolhida mediante um chamado feito pelo bispo dentre os membros do quórum.

  3. O quórum dos sacerdotes, que consiste em até 48 sacerdotes (ver D&C 107:87–88). É presidido pelo bispo da ala ao qual o quórum pertence. O bispo é um sumo sacerdote, de modo que ele também pertence ao quórum dos sumos sacerdotes.

Sempre que o número de membros especificado para um quórum for ultrapassado, este pode ser dividido.

Os Quóruns do Sacerdócio de Melquisedeque

No âmbito geral da Igreja, os membros da Primeira Presidência formam um quórum, bem como os Doze Apóstolos. Os Setenta também são organizados em quóruns.

Localmente, nas alas e nos ramos, nas estacas e nos distritos, os portadores do Sacerdócio de Melquisedeque são organizados nos seguintes quóruns:

O Quórum de Élderes

Cada quórum de élderes é “instituído para que eles sejam ministros locais; no entanto poderão viajar, não obstante serem ordenados ministros locais” (D&C 124:137). A maior parte de seu trabalho é realizada perto de onde moram. O quórum deve ser composto por no máximo 96 élderes e presidido por uma presidência do quórum. Quando esse número for ultrapassado, o quórum pode ser dividido.

O Quórum dos Sumos Sacerdotes

Cada quórum inclui todos os sumos sacerdotes que vivem dentro dos limites de uma estaca, inclusive patriarcas e bispos. O presidente da estaca e seus conselheiros são a presidência desse quórum. Os sumos sacerdotes de cada ala são organizados em um grupo, com um líder de grupo.

A Importância dos Quóruns do Sacerdócio

  • Como os quóruns do sacerdócio ajudam a fortalecer as pessoas e as famílias?

Quando ordenado ao sacerdócio, um homem ou rapaz torna-se automaticamente membro de um quórum do sacerdócio. Daí para frente, por toda a vida, espera-se que ele permaneça como membro de um quórum do sacerdócio, de acordo com o seu ofício (ver Boyd K. Packer, “What Every Elder Should Know—and Every Sister as Well: A Primer on Principles of Priesthood Government”, Ensign, fevereiro de 1993, p. 9).

Se o quórum do sacerdócio funcionar de maneira correta, os membros do quórum serão encorajados, abençoados, integrados e ensinados a respeito do evangelho por seus líderes. Embora um homem possa ser desobrigado de chamados na Igreja (como professor, presidente de quórum, bispo, sumo conselheiro ou presidente de estaca) não há alteração em sua condição de membro do quórum. Ser membro de um quórum do sacerdócio deve ser considerado um privilégio sagrado.

As Auxiliares do Sacerdócio

  • Como as auxiliares do sacerdócio ajudam a fortalecer as pessoas e as famílias?

Todas as organizações da Igreja funcionam sob a direção dos líderes do sacerdócio e ajudam a levar adiante o trabalho do Senhor. Por exemplo: a presidência das organizações da Sociedade de Socorro, das Moças, dos Rapazes, da Primária e da Escola Dominical da ala servem sob a direção do bispado. Essas organizações são chamadas de auxiliares do sacerdócio.

  • Que papel vocês têm como indivíduos no sentido de ajudar os quóruns e as auxiliares do sacerdócio a serem bem-sucedidos?

Escrituras Adicionais