Sou Grato pelas Árvores, Plantas e Flores

Primária 1: Sou um Filho de Deus, 1994


Propósito

Ajudar cada criança a sentir-se grata ao Pai Celestial e Jesus Cristo por existirem árvores, plantas e flores.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Gênesis 1:11–13.

  2. 2.

    Coloque uma fruta, legume ou pequeno ramo num saco de pano ou papel ou num envelope grande.

  3. 3.

    Prepare pequenas amostras de frutas, legumes ou pão. Converse com os pais antecipadamente para certificar-se de que nenhuma das crianças é alérgica a algum dos alimentos que você pretende preparar.

  4. 4.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia.

    2. b.

      Se possível, consiga retratos ou gravuras de árvores, plantas e flores da região; leve também alguns objetos pequenos feitos de madeira, como lápis, colher ou tigela.

    3. c.

      Recorte 1–4: flores.

    4. d.

      Gravura 1–22: Árvore em Flor e gravura 1–23: Ninho com Filhotes de Passarinho.

  5. 5.

    Faça os preparativos necessários para quaisquer Atividades Complementares que deseje utilizar.

Atividades de aprendizagem

Convide uma criança para fazer a oração de abertura.

Atividade Motivadora

Passe, de mão em mão, o envelope fechado, para que as crianças não vejam o que há dentro (a fruta, legume ou ramo). Peça-lhes que apalpem o envelope e adivinhem o que há dentro dele. Peça-lhes também que não digam nada até que todos tenham tido a oportunidade de apalpar o envelope. Após o envelope passar por todos, deixe as crianças dizerem o que elas acham que há dentro dele. Retire a fruta ou legume ou ramo do envelope e fale a respeito de sua aparência e utilidade.

As árvores, plantas e flores tornam a terra um belo lugar para se viver

Lembre às crianças que tudo na Terra foi criado de acordo com o plano do Pai Celestial. No terceiro dia da criação, Jesus criou árvores, plantas e flores (Ver Gênesis 1:11–13). Explique que o Pai Celestial e Jesus queriam embelezar a Terra com árvores, plantas e flores.

Exponha os recortes das flores e quaisquer gravuras de árvores e plantas que você tenha conseguido. Deixe que as crianças falem a respeito de experiências que tenham tido com árvores, plantas ou flores.

História

Conte uma história que ensine às crianças que as árvores, plantas e flores fazem da Terra um lugar belo onde se viver. Falem a respeito das plantas bonitas que existam onde vivem. Caso seja adequado à região, utilize a gravura 1–22, Árvore em Flor e as seguintes idéias:

Cristina tem uma árvore predileta sob a qual ela gosta de brincar. Uma manhã, sua mãe a acorda e diz que tem uma surpresa para Cristina. Sua árvore predileta está coberta de flores brancas que se parecem com pipoca. Ela pergunta como as pipocas foram parar na sua árvore favorita e sua mãe explica-lhe a importância da floração.

Música

Peça às crianças que se levantem e cantem “Pipocas no Pé de Jasmim” (Música para Crianças), fazendo gestos de acordo com a letra. Explique que na primavera, as flores do pé de jasmim parecem-se com pipoca.

Pipocas no Pé de Jasmim

Olhei para fora e o que vi no jardim?
Vi pipocas lá no pé de jasmim!
Que surpresa a primavera traz:
Uma árvore pipocas faz!
“É só apanhar e saborear”.
Pensava eu, ao me aproximar.
Porém me enganei, percebi, enfim,
Eram flores lá no pé de jasmim.

Explique que algumas flores dão em árvores, outras em arbustos e outros nascem direto do chão. Peça às crianças que falem sobre flores que elas já viram.

• Como usamos as flores para embelezar o mundo? (Nós as plantamos em jardins, fazemos buquês e as usamos nos cabelos e nas roupas.)

• Por que damos flores a alguém? (Para comemorar ocasiões especiais e para tornar a pessoa feliz.)

As plantas e as árvores são necessárias para vivermos

História

Explique que as plantas e as árvores são necessárias para vivermos. Mostre a gravura 1–22, Árvore em Flor, e conte uma história sobre as muitas utilidades de uma árvore. Use as seguintes idéias ou fale a respeito de outros modos como as pessoas em sua região utilizam as árvores:

Os pássaros usam as árvores como casas. Eles fazem um ninho e a mamãe-pássaro põe os ovos. (Mostre a gravura 1–23, Um Ninho com Filhotes de Passarinho.) Quando os passarinhos nascem, a árvore é a sua casa aconchegante. Ela os protege do sol quente, da chuva e dos animais que estão no chão e que lhes fariam algum mal. A árvore também dá frutos para as famílias que moram perto dela. As crianças brincam à sombra da árvore e penduram um balanço nela. Quando uma parte da árvore morre, a família corta esse pedaço e utilizam-no na lareira para aquecer a casa.

• Por que as árvores são importantes para nós? (Elas nos dão comida, madeira, sombra e um lugar para brincar.)

Mostre alguns objetos de sua casa ou da sala de aula que sejam feitos de madeira e fale sobre as muitas utilidades que a madeira tem.

• Que outras coisas vocês conhecem que também são feitas de madeira?

Explique que também usamos as plantas de diversas maneiras. Uma de suas maiores utilidades é servir de alimento.

• Que tipos de plantas comemos?

Se algumas das gravuras de plantas que você conseguiu forem de um vegetal comestível, mostre-as agora.

Atividade

Fale com as crianças a respeito dos grãos, frutas e legumes de sua região. Explique que os grãos são, geralmente, usados para pães e mingaus. Peça a cada criança que diga qual sua comida favorita que venha de uma planta. Dê às crianças um pedaço do pão, fruta ou legume que você trouxe. Diga-lhes de que planta ou árvore o alimento provém.

Explique que o Pai Celestial e Jesus criaram muitas plantas e árvores diferentes para que tivéssemos coisas boas para comer.

• Como podemos agradecer ao Pai Celestial por nosso alimento? (Lembrando-nos de pedir que Ele abençoe o alimento antes de comermos.)

Testemunho

Preste-lhes o testemunho do amor que o Pai Celestial e Jesus têm por cada um de nós. Diga às crianças que devem lembrar-se desse amor todos os dias quando virem as belas árvores, plantas e flores.

Atividades complementares

Escolha algumas das atividades seguintes para utilizar durante a lição:

  1. 1.

    Leve para a aula algumas sementes (de flores, feijão, etc.) e um copinho de papel cheio de terra para que as crianças levem para casa. Mostre-lhes como plantar as sementes e diga-lhes que precisarão providenciar água e luz do sol para que as sementes cresçam.

  2. 2.

    Peça às crianças que repitam a letra da música “As Sementes que Plantei” (Músicas para Crianças). Peça-lhes que finjam ser as pequenas sementes despertando e se espreguiçando enquanto você canta ou repete a letra novamente.

  3. 3.

    Recorte pétalas, folhas e caules em papel colorido e peça à cada criança que as colem em uma folha de papel formando uma flor. Escreva no papel: “Sou grato pelas belas flores”.

  4. 4.

    Leve para a aula uma fruta ou legume que tenha sementes. Diga-lhes que há uma surpresa dentro da fruta (ou do legume). Abra a fruta ou o legume para que as crianças vejam as sementes. Explique-lhes que quando se plantam as sementes e estas recebem água e luz do sol, elas crescem e produzem mais frutas ou legumes iguais a elas.

  5. 5.

    Leve as crianças para uma “caminhada pela natureza” para que vejam os diferentes tipos de plantas. Caso não seja possível devido a mau tempo, peça-lhes que olhem pela janela e, cada um por vez, digam que plantas estão vendo. Caso seja adequado, explique as mudanças que ocorrem com as plantas nas diferentes estações do ano.

Atividades adicionais para crianças menores

  1. 1.

    Mostre a gravura 1–22, Árvore em Flor. Diga às crianças que o Pai Celestial mandou Jesus Cristo criar plantas e árvores (ver Gênesis 1:11–13). Explique-lhes que as árvores nos dão madeira e frutas. As plantas nos dão frutas e legumes.

  2. 2.

    Providencie uma planta ou parte de uma planta (como, por exemplo, uma flor ou algumas folhas) para as crianças verem, tocarem e cheirarem. Dê a cada criança a oportunidade de tocar ou segurar a planta. Fale sobre sua cor, aroma ou beleza. Expresse sua gratidão pelas plantas, flores e árvores.

  3. 3.

    Recite o versinho seguinte, fazendo os gestos adequados. A seguir, peça às crianças que façam os gestos enquanto você recita o versinho mais uma vez.

    Eu cavo

Eu cavo, cavo, cavo (faça gestos como se estivesse cavando)
Para as sementes plantar (incline-se e faça de conta que planta sementes)
Eu limpo e logo começo (faça gestos como se limpasse com um ancinho)
Ervas daninhas a arrancar (incline-se e faça de conta que arranca ervas daninhas)
O sol brilha e nos aquece (faça um círculo com os braços)
A chuva cai bem fininha (abaixe os braços, mexendo os dedos)
E quando olho a sementinha
Ela já nasceu e cresce (empurre os dedos da mão esquerda por entre os dedos da mão direita).