Sou Grato pelos Peixes

Primária 1: Sou um Filho de Deus, 1994


Propósito

Ajudar cada criança a sentir-se grata ao Pai Celestial e Jesus Cristo pelos peixes e animais aquáticos.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Gênesis 1:20–23; Jonas 1–3; Mateus 14:15–21 e Lucas 5:1–11.

  2. 2.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia.

    2. b.

      Peixe de papel (veja o modelo no final da lição).

    3. c.

      “Vara de pescar”—uma vara ou pedaço de madeira com um barbante preso a ela e um clipe de papel, pedaço de fita adesiva ou ímã preso à extremidade do barbante.

    4. d.

      Recipiente para os peixes de papel.

    5. e.

      Se possível, consiga gravuras de peixes ou outros animais que vivam na água.

    6. f.

      Recorte 1–5.

    7. g.

      Gravura 1–1: O Mundo (62196 059)*; gravura 1–24: Jesus e os Pescadores [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 210]; gravura 1–25: Peixe; gravura 1–26: Sapo; gravura 1–17: Tartaruga.

  3. 3.

    Faça os preparativos necessários para quaisquer Atividades Complementares que deseje utilizar.

Atividades de aprendizagem

Convide uma criança para fazer a oração de abertura.

Atividade Motivadora

Peça às crianças que finjam estar sobre uma ponte, olhando para um rio ou lago.

• O que estão vendo ao olhar para a água?

Peça às crianças que se levantem e finjam estar nadando na água como um peixe.

O Pai Celestial pediu a Jesus Cristo que criasse os peixes e os outros animais aquáticos

Mostre a gravura 1–1, O Mundo, e recorde algumas das coisas que o Pai Celestial pediu a Jesus que criasse e que foram mencionadas nas lições anteriores. Diga às crianças que Jesus também criou os peixes (ver Gênesis 1:20–23). Os peixes fazem parte do plano do Pai Celestial para a Terra. Mostre a gravura 1–25, Peixe, e fale sobre onde os peixes vivem.

• Vocês já viram um peixe?

Deixe as crianças falarem sobre peixes que tenham visto.

Mostre o recorte 1–5 e quaisquer outras gravuras de peixe que tenha conseguido. Fale a respeito de tipos diferentes de peixes, como, por exemplo, sardinha, robalo, namorado, tubarão ou quaisquer outros peixes com os quais as crianças da classe estejam familiarizadas.

• Que outros animais vivem na água além dos peixes?

Mostre a gravura 1–26, Sapo, e a 1–27, Tartaruga. Fale a respeito de sapos e tartarugas e sobre onde eles vivem. Fale também sobre baleias, caranguejos e focas, bem como outros animais aquáticos. Explique que alguns moram nos mares, outros em lagos e alguns em rios.

Atividade

Ajude cada criança a pensar em um animal aquático e fingir andar, pular ou nadar como ele.

História

Mostre a Bíblia e explique que lemos a respeito de peixes nas escrituras. Conte a história de Jonas, conforme se encontra em Jonas 1–3. Explique que Jesus preparou um grande peixe para engolir Jonas a fim de que ele não se afogasse. Jesus tinha um trabalho para Jonas executar. Talvez seja interessante ler um versículo ou dois, como, por exemplo, Jonas 1:17 ou Jonas 2:1, ao contar a história. (Caso você leia o versículo em voz alta, explique que Jesus é, às vezes, chamado de “O Senhor”.)

• Quem mandou o grande peixe engolir Jonas? (Ver Jonas 1:17.)

• O que Jonas fez quando o peixe o engoliu? (Ver Jonas 2:1.)

• O que Jonas fez ao sair do peixe? (Ver Jonas 3:1–3.)

• As pessoas acreditaram em Jonas e se arrependeram? (Ver Jonas 3:5, 10.)

Diga às crianças que alguns peixes são muito grandes, como o peixe que engoliu Jonas, e alguns são muito pequenos e conseguem viver até mesmo em um aquário.

Atividade

Ajude as crianças na seguinte atividade.

O Peixinho Dourado

Meu peixinho dourado não tem dois pezinhos (toque a ponta dos pés)
Nada em silêncio, buscando comida com seu narizinho (aponte para o nariz)
Não pode sair do aquário, nem eu posso lá entrar
E quando eu digo: Venha brincar comigo (faça o gesto indicando chamar alguém com as mãos)
Ele parece dizer: “Venha comigo nadar” (faça movimentos de natação)

História

Mostre novamente a Bíblia e conte a história de Simão Pedro encontrada em Lucas 5:1–11. Mostre a gravura 1–24, Jesus e os Pescadores, no momento adequado.

• Por que Jesus entrou no barco de Simão Pedro? (Ver Lucas 5:3.)

• O que Jesus disse a Simão Pedro que fizesse? (Ver Lucas 5:4.)

• O que Simão Pedro apanhou em sua rede? (Ver Lucas 5:6.)

O Pai Celestial mandou que Jesus Cristo criasse os peixes e os outros animais aquáticos para nosso uso

Explique que o Pai Celestial mandou que Jesus criasse os peixes e os outros animais aquáticos para que os usássemos como alimento e para outros propósitos.

História

Utilizando a Bíblia mais uma vez, conte a história encontrada em Mateus 14:15–21. Talvez seja interessante ler um ou dois versículos, como, por exemplo, Mateus 14:16–17, ao contar a história.

• O que fez Jesus quando as pessoas estavam com fome? (Ver Mateus 14:15–16.)

• O que Jesus deu para as pessoas comerem? (Ver Mateus 14:19.)

Atividade

Mostre a vara de pescar que você preparou e convide uma das crianças para pescar. Coloque alguns recortes de peixes no recipiente e quando uma criança estiver com a vara sobre ele, coloque um peixe no clipe (ou fita adesiva ou ímã) pendendo do barbante e deixe que a criança o “pesque”. Cada criança deve ter oportunidade de pescar.

Deixe que as crianças falem de alguma vez em que já foram pescar ou que tenham comido peixe.

Testemunho

Expresse sua gratidão pelos peixes e animais aquáticos.

Atividades complementares

Escolha algumas das atividades seguintes para utilizar durante a lição:

  1. 1.

    Deixe as crianças colorirem o peixe de papel que pescaram na atividade da pescaria (caso deseje, repita a atividade). Escreva no verso de cada peixe de papel: “Sou grato pelos peixes”.

  2. 2.

    Peça às crianças que se sentem em semicírculo. Ponha os peixes pintados pelas crianças no chão, diante delas. Ensine-lhes o seguinte versinho:

    Peixinho que brilha ao sol,
    Vou-te pegar sem anzol.

    Aponte para uma criança e peça-lhe que escolha seu próprio peixe usando a vara ou apontando para o peixe. A criança diz: “Apanhei um peixinho __________” e diz a cordo peixe. A criança fica com o peixe e leva-o para casa. Prossiga até que todas as crianças tenham tido a oportunidade de pescar.

  3. 3.

    Cante com as crianças “Graças ao Pai Celestial” ((Música para Crianças)

  4. 4.

    Ajude as crianças com a seguinte atividade.

    A Tartaruguinha

    Eu tenho uma tartaruga
    Que vive numa caixinha. (Coloque as mãos em concha)
    Gosta de nadar no rio, (finja que está nadando)
    E de subir nas pedrinhas. (Mova os dedos como se subisse numa pedra)
    Tentou pegar um peixinho, (bata palmas)
    Depois veio atrás de mim (bata palmas)
    Que sou sua grande amiga. (Bata palmas)
    Conseguiu pegar o peixe. (Bata palmas)
    A formiga abocanhou. (Bata palmas)
    Mas eu consegui fugir, (bata palmas)
    E a mim, ela não pegou!
    [Vachel Lindsay, retirado de Collected Poems of Vachel Lindsay (Coletânea Poética de Vachel Lindsay). Copyright C 1920 de Macmillan Publishing Co., Inc, renovado em 1948 por Elizabeth C. Lindsay. Usado com permissão.]
  5. 5.

    Utilize cinco peixes de papel para a seguinte atividade.

    Cinco Peixinhos

    Peça a cinco crianças que fiquem em pé diante da classe, cada uma segurando um peixe.

    Cinco peixinhos nadando ao sol.
    Um ficou preso na ponta do anzol.
    Peixes, peixinhos, felizes nadando.
    Peixes, peixinhos, que vivem brincando. (Uma criança “nada” para seu lugar.)

    Continue com quatro, três e dois peixes. Ao final de cada estrofe, uma criança “nada” de volta para seu lugar. Quando restar apenas uma criança, use o seguinte versinho:

    Um só peixinho nadando ao sol,
    Foi-se esconder e escapou do anzol.
    Peixes, peixinhos, felizes nadando,
    Peixes, peixinhos, que vivem brincando.

Atividades adicionais para crianças menores

  1. 1.

    Mostre a gravura 1–25, Peixe; gravura 1–26, Sapo; gravura 1–27, Tartaruga. Com suas próprias palavras, conte a história da criação dos peixes e dos animais aquáticos. (Ver Gênesis 1:20–23.) Expresse sua gratidão pelos peixes e outros animais aquáticos.

  2. 2.

    Diga às crianças que muitos animais vivem na água ou próximos a ela. Peça-lhes que adivinhem em que animal você está pensando e dê-lhes as seguintes pistas:

    1. a.

      Minha pele é verde, lisa e escorregadia. Eu pulo. Moro perto de lagos, riachos e nos pântanos. Adivinhem quem eu sou.

      (Depois que as crianças adivinharem, mostre a gravura 1–26, Sapo, ou desenhe um sapo no quadro.)

    2. b.

      Sou muita lenta. Carrego minha casa nas costas. Quando me assusto, escondo a cabeça, os braços e as pernas dentro do meu casco. Adivinhem que eu sou.

      (Depois que as crianças adivinharem, mostre a gravura 1–27, Tartaruga, ou desenhe uma tartaruga no quadro.)

      Depois que as crianças tiverem adivinhado ambos os animais, peça-lhes que pulem como sapos; a seguir, peça-lhes que se arrastem vagarosamente, como se fossem tartarugas.

  3. 3.

    Cante “O que você faz durante o verão?” (Música para Crianças).