Sou Grato por Meus Olhos

Primária 1: Sou um Filho de Deus, 1994


Propósito

Ajudar cada criança a ser grata por seus olhos e pelo que eles conseguem fazer.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude João 9:1–7 e 3 Néfi 11:1–17.

  2. 2.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia e Livro de Mórmon.

    2. b.

      Um carretel com um buraco grande e um cordão de sapato ou pedaço de barbante. (Caso sua classe seja grande, poderá levar mais de um de cada objeto.)

    3. c.

      Um lenço de cabeça ou pedaço de pano para servir de venda.

    4. d.

      Gravura 1–43: Jesus Cura o Cego [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 213]; gravura 1–44: Jesus Ensina no Hemisfério Ocidental [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 316].

  3. 3.

    Faça os preparativos necessários para as Atividades Complementares que deseje utilizar.

Observação para o professor: Preste atenção aos sentimentos de alguma criança da classe que possa ter alguma deficiência física. Destaque as coisas que seu corpo pode realizar, ao invés de concentrar-se em suas deficiências.

Atividades de aprendizagem

Convide uma criança para fazer a oração de abertura.

Atividade Motivadora

Mostre às crianças como é fácil passar o cordão do sapato ou o barbante pelo buraco do carretel com os olhos abertos. A seguir, feche os olhos e tente passar o cordão de sapato pelo carretel. Deixe que cada criança tente.

Os olhos são uma bênção para nós

Explique que temos olhos para que possamos ler e aprender, trabalhar e brincar, e ver as belezas da Terra.

Debata com as crianças como a vida delas seria diferente caso elas não conseguissem enxergar.

• Como vocês comeriam?

• Como saberiam que roupa deveriam vestir?

• Como conseguiriam andar pela casa?

Música

Ajude as crianças a cantar ou repetir a letra de “Tenho Dois Olhos” (Children’s Songbook,p. 268—Ver Atividades com Músicas e Versos, p. 4).

Dois olhos pra piscar, piscar

Dois olhos para ver
Testa, ombros, pernas e pés
E muito mais tenho eu.
Trá – lá – lá – lá – lá – lá
Dois olhos para ver
Dois olhos pra piscar, piscar
E muito mais tenho eu.
[De Merrily We Sing (Felizes cantamos), copyright C 1948, 1975, Pioneer Press, Inc. (divisão da Jackman Music). Usado com permissão.]

Atividade

Peça às crianças que olhem pela janela (ou para uma bela gravura) e façam de conta que é a primeira vez que elas conseguem enxergar. Peça-lhes que falem sobre o que estão vendo, sobre as cores e as formas. Ajude as crianças a perceberem que ser capaz de ver é uma grande bênção.

• Quais são algumas das coisas que vocês mais gostam de ver?

Explique que algumas pessoas não vêem bem. Elas têm que usar óculos ou lentes de contato para ajudá-las a enxergar. Algumas pessoas são cegas e não enxergam coisa alguma.

Atividade

Comente como os cegos aprendem a se locomover sozinhos com um cão de guia ou uma bengala. Coloque a venda em uma criança e faça de conta que você é um cão de guia. Estenda seu braço para a criança segurar como se fosse a coleira do cachorro. Deixe que a criança ande pela sala. Deixe que todas as crianças tenham a oportunidade de fazer de conta que são o cego ou o cão de guia.

História

Mostre a gravura 1–43, Jesus Cura o Cego, e conte a história da cura do cego por Jesus, conforme se encontra em João 9:1–7.

• O que Jesus fez com o lodo? (Ver João 9:6)

• O que aconteceu quando o cego se lavou no tanque? (Ver João 9:7)

• Como acham que o cego se sentiu quando conseguiu ver?

Sou grato ao Pai Celestial por meus olhos

Atividade

Peça às crianças que se levantem e repitam o seguinte versinho com você, apontando para cada parte do corpo que for mencionada:

Sou Grato

Sou grato pelos meus olhos
Nariz, boca e ouvidos;
Por minhas mãos e meus braços
Serem bem desenvolvidos.
(Adaptado de um versinho de Lucy Picco.)

História

Passe a gravura 1–44, Jesus Ensina no Hemisfério Ocidental, de mão em mão e peça a cada criança que diga uma coisa que esteja vendo na gravura. Conte a história da visita de Jesus ao hemisfério ocidental, conforme se encontra em 3 Néfi 11:1–17.

• Quem as pessoas viram?

• Como as pessoas se sentiram ao ver Jesus? (Ver 3 Néfi 11:16–17)

• Qual era a cor da túnica de Jesus? (Ver 3 Néfi 11:8)

Explique que podemos não ser capazes de ver Jesus em pessoa como o povo de Néfi, mas sempre que vemos as belezas da Terra podemos lembrar-nos de Seu amor por nós.

Testemunho

Expresse gratidão por seus olhos. Diga como as belas criações que vê a cada dia fazem com que se lembre do amor de Jesus e do Pai Celestial por você. Lembre às crianças de agradecerem ao Pai Celestial pelos olhos.

Atividades complementares

Escolha algumas das atividades seguintes para utilizar durante a lição:

  1. 1.

    Convide as crianças a olharem bem de perto os olhos, as pálpebras, as sobrancelhas e os cílios umas das outras. Explique que as pálpebras, sobrancelhas e cílios ajudam a proteger os olhos da sujeira, da poeira e do suor.

  2. 2.

    Antes da aula, utilizando-se de um objeto pontiagudo, como, por exemplo, um alfinete, faça furos em um pedaço de papel traçando o contorno de um círculo e de um quadrado. Durante a aula, vende os olhos das crianças (uma de cada vez) e peça-lhes que passem a mão pelo papel e digam que formas conseguem perceber. Explique que isso é semelhante ao alfabeto braile, que é o modo através do qual os cegos conseguem ler.

  3. 3.

    Utilizando sacos de papel, faça olhos que abram e fechem para cada uma das crianças (Ver a ilustração no final da lição). Escreva em cada saco de papel: “Sou grato(a) por meus olhos”. Peça às crianças que pintem os olhos e desenhem cabelo na figura de papel. Usando os olhos feitos de saco de papel, faça mímica com as crianças das situações em que abrimos e fechamos os olhos, como, por exemplo, quando acordamos ou quando dormimos, quando oramos e quando estamos assustados.

    paper bag faces
  4. 4.

    Se possível, leve as crianças a um pequeno passeio para observarem a natureza. Peça-lhes que cruzem os braços e fiquem bem quietos enquanto andam, para que se concentrem em utilizar os olhos. Ao voltarem para a sala de aula, peça-lhes que digam o que viram.

Atividades adicionais para crianças menores

  1. 1.

    Cante ou repita a letra de “Pipocas no Pé de Jasmim” (Música para Crianças). Explique que as flores do pé de jasmim se parecem com pipocas.

    • Se vocês olhassem pela janela, como mencionado na música, veriam pipocas no pé de jasmim? O que vêem ao olharem pela janela?

    Deixe que as crianças olhem pela janela ou leve-as para o lado de fora por alguns minutos. Volte à sala de aula e lembre o que viram.

    • O que usaram para enxergar essas coisas? (Os olhos)

    Explique que devemos ser gratos ao Pai Celestial por nossos olhos.

  2. 2.

    Peça às crianças que fiquem de pé e repitam as palavras de, “Toque os Olhos”, fazendo os gestos indicados pelas palavras.

    Toque os Olhos

    Toque os olhos
    E o nariz
    As orelhas
    E os pés.
    Erga as mãos
    Estique bem
    Apontando
    Para o céu.
    Na cabeça
    Ponha as mãos
    Sente bem
    Quietinho então.
  3. 3.

    Mostre um objeto pequeno às crianças. Explique que vai colocá-lo em algum lugar na sala e que elas terão que usar os olhos para encontrá-lo. Peça às crianças que fechem os olhos e coloque o objeto num lugar em que seja visível, mas não muito óbvio. Peça às crianças que abram os olhos e procurem o objeto sem sair do lugar nem fazer barulho. Peça-lhes que cruzem os braços ao encontrarem o objeto. Lembre às crianças que devem ficar em silêncio e deixar que os outros também achem o objeto com os olhos. Repita a atividade tantas vezes quantas desejar.