O Pai Celestial Cuida de Mim

Primária 2: Conserva a Tua Rota A, 1995


Propósito

Fortalecer a fé de cada criança de que o Pai Celestial nos ajudará e abençoará nos momentos de necessidade.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Mateus 2:1–15, 19–20.

  2. 2.

    Faça um círculo de papel para cada criança que seja grande o suficiente para ela desenhar seu rosto dentro dele. Faça um furo na parte superior do círculo e escreva O Pai Celestial Cuida de Mim acompanhando a parte externa do círculo.

  3. 3.

    Prepare-se para relatar uma experiência pessoal na qual você tenha sentido que o Pai Celestial a estava protegendo e cuidando de você, como uma ocasião em que foi protegido de um acidente, quando teve que resolver um problema ou precisava de conforto. Com a aprovação da presidente da Primária, também pode convidar um membro da ala ou ramo para visitar a classe e relatar uma experiência semelhante.

  4. 4.

    Prepare-se para cantar ou repetir a letra de “Ó Pai Querido, Dou Graças”, p. 9 (Músicas para Crianças). A letra está incluída no final deste manual.

  5. 5.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia;

    2. b.

      Um presentinho para cada criança, como uma flor, uma pedrinha ou um bilhetinho;

    3. c.

      Lápis preto ou de cor;

    4. d.

      Um pedaço longo de lã para cada uma das crianças;

    5. e.

      Gravura 2–7, Os Magos [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 203]; gravura 2–8, Fuga para o Egito [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 204]; gravura 2–9, David O. McKay Quando Menino.

  6. 6.

    Faça os preparativos necessários para quaisquer Atividades Complementares que deseje utilizar.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a oração de abertura.

Verifique alguma designação que tenha sido dada na semana anterior.

O Pai Celestial Faz Muitas Coisas por Nós

Atividade motivadora

Peça às crianças que fechem os olhos. Coloque um presentinho no colo de cada uma e peça-lhes que abram os olhos. Dê-lhes um momento para falarem da agradável surpresa.

• Quem vocês acham que colocou o presentinho em seu colo?

• Por que vocês acham que eu lhes dei um presente?

• Quem mais faz coisas boas por vocês? (Pais, família, amigos, o Pai Celestial.)

• O que o Pai Celestial fez por vocês? (As respostas podem incluir: planejar para virmos à Terra, dar-nos famílias e mandar Jesus Cristo à Terra para ser nosso Salvador.)

Música

Cante ou repita a letra de “Ó Pai Querido, Dou Graças” com as crianças.

Explique que uma coisa que o Pai Celestial deseja é proteger-nos e confortar-nos quando temos problemas. Se tivermos fé no Pai Celestial, ele nos dará coragem e nos ajudará a tomar boas decisões a respeito de como lidar com nossos problemas.

O Pai Celestial Protegeu o Menino Jesus

História das escrituras

Mostre a gravura 2–7, Os Magos. Conte a história dos Reis Magos procurando o menino Jesus, conforme se encontra em Mateus 1:1–12.

Explique que o rei Herodes disse aos magos que também queria adorar o menino Jesus. Mas o rei Herodes realmente queria fazer mal a Jesus. Leia Mateus 2:12 em voz alta e explique que o Pai Celestial protegeu Jesus instruindo os magos a não voltarem ao rei Herodes.

História das escrituras

Mostre a gravura 2–8, A Fuga para o Egito. Conte a história encontrada em Mateus 2:13–15. Leia o versículo 13 em voz alta.

• Por que o anjo apareceu a José? (Ver Mateus 2:13.)

• Por que o anjo mandou José ir para o Egito? (Para que o rei Herodes não conseguisse encontrar Jesus.)

• Por que o rei Herodes queria matar o menino Jesus? (Ele tinha medo que Jesus ao crescer tomasse seu lugar como rei.)

Explique que o Pai Celestial cuidou de Jesus e protegeu-o, avisando José que levasse Jesus e Maria para o Egito. O Pai Celestial sempre protegia Jesus.

Leia Mateus 2:19–20 em voz alta.

• Por que o anjo apareceu novamente a Jesus? (Ver Mateus 2:20.)

• Por que já era seguro que José, Maria e o menino Jesus voltassem para Israel? (O rei Herodes havia morrido. Ver Mateus 2:19–20.)

O Pai Celestial Cuida de Nós

Debate

Lembre às crianças que cada um de nós é um filho do Pai Celestial. Ele cuida de nós da mesma forma que cuida de Jesus.

Quando obedecermos aos mandamentos do Pai Celestial e pedirmos Sua ajuda, Ele nos ajudará. (Você pode mencionar que o Pai Celestial sempre nos ajuda, mas algumas vezes Ele não o faz exatamente da maneira que esperamos que Ele o faça.)

• Como pode pedir a ajuda do Pai Celestial? (Orando.)

• Como o Pai Celestial poderia ajudá-lo Quando você está doente? quando se está sentindo solitário? quando está com medo?

História

Mostre a gravura 2–9, David O. McKay Quando Menino. Mostre quem é David O. McKay (ele está sentado no colo do pai) e diga às crianças que esse menino tornou-se o nono Presidente da Igreja ao crescer. Conte a seguinte história sobre uma experiência que ele teve quando ainda era pequeno: “Uma noite em que seu pai não estava em casa, David ouviu ruídos do lado de fora da casa e tinha certeza de que se tratava de ladrões. Ele sabia que sua mãe ficaria com medo se ouvisse o barulho também e esperava que ela não ouvisse coisa alguma. Deitado em sua cama, sem conseguir dormir, decidiu fazer o que seus pais lhe haviam ensinado: orar. Ele sempre fazia as orações de joelhos ao lado da cama, de modo que ele achou que deveria sair da cama e ajoelhar-se para orar. Sair da cama foi uma prova dificílima: foi preciso toda sua coragem e força de vontade porque ele estava com muito medo. Mas ele conseguiu!

Ao ajoelhar-se ao lado da cama, ele orou fervorosamente e com grande fé. Ao terminar, ouviu, tão claramente quanto uma pessoa fala com outra, uma voz dizerlhe: ‘Não tenha medo. Nada de mal lhe acontecerá.’ David voltou para a cama e logo adormeceu.” (Marie F. Felt, “David: A Boy of Promise”, Instructor, setembro de 1969, p. 330.)

História

Conte a seguinte história sobre Hugh B. Brown, que veio a tornar-se Apóstolo da Igreja:

“Quando tinha pesadelos em minha infância, acordava e gritava: ‘Mamãe, você está ai?’ Uma vez que o quarto de minha mãe era ao lado do meu, ela escutava e respondia-me imediatamente: ‘Sim, meu filho, estou aqui.’

Anos mais tarde, quando fui para a missão na Inglaterra, minha mãe mencionou que ela não estaria lá para responder quando eu chamasse, mas que o Pai Celestial sempre estaria.

Muitas vezes em minha missão e em toda a vida tenho chamado: ‘Pai, você está aí?’ […] Sempre recebo uma resposta.” (Joleen Meredith, “Friend to Friend”, Friend, agosto de 1975, p. 7.).

Explique que o Pai Celestial pode não nos falar em voz alta, mas Ele está sempre cuidando de nós. Algumas vezes Ele nos ajuda fazendo-nos sentir paz ou colocando idéias em nossa mente.

Apresentação pelo professor ou convidado

Fale sobre uma experiência pessoal em que você tenha sentido o Pai Celestial cuidar de você e protegê-la. Caso tenha convidado alguém da ala ou ramo, peçalhe que conte sua experiência.

Atividade artística Dê lápis preto ou de cor e o círculo de papel a cada uma das crianças. Peça às crianças que desenhem seu próprio rosto no círculo. Passe a linha pelo furo na parte superior do círculo e dê um nó para que as crianças possam pendurar o círculo no pescoço. Leia em voz alta o que está escrito no círculo, ou peça às crianças que o façam.

Resumo

Testemunho

Preste o testemunho que do mesmo modo que o Pai Celestial amava e cuidava de Jesus Cristo quando Ele estava na Terra, o Pai Celestial também nos ama e cuida de nós.

Aponte para uma criança e diga: “O Pai Celestial sempre cuidará de (nome da criança). Repita o procedimento com cada criança.

Encoraje as crianças a confiarem no Pai Celestial e a pedirem Sua proteção e cuidado ao orarem esta noite.

Convide uma criança para fazer a última oração. Peça-lhe que expresse gratidão ao Pai Celestial por Seu amor e Sua ajuda.

Atividades Complementares

Escolha dentre as atividades seguintes as que melhor se adaptem às crianças de sua classe. Você pode utilizá-las na própria lição ou como revisão ou resumo. Para informações adicionais, ver “Distribuição do Tempo da Aula” em “Auxílios para o Professor”.

  1. 1.

    Prepare papéis com situações em que as crianças possam pedir a ajuda do Pai Celestial. Coloque os pedaços de papel em um recipiente e peça às crianças que, uma por vez, escolham um dos papéis e digam o que fariam na situação descrita. Você pode utilizar as seguintes situações ou criar outras:

    1. a.

      Sua família vai viajar. Seus pais estão preocupados com a segurança da família durante a viagem.

    2. b.

      Sua irmãzinha está doente no hospital. Você está preocupado com ela.

    3. c.

      Você se perde durante um passeio com a família.

    4. d.

      Sua perna está quebrada, você está cansado de sentir dor e o gesso incomoda. Sente-se muito desanimado.

    5. e.

      Este é seu primeiro dia na Primária em uma nova ala ou ramo e você está temeroso.

  2. 2.

    Espalhe as cadeiras pela sala e diga-lhes que elas representam os problemas que temos na vida. Coloque uma venda nos olhos de uma criança e direcione-a pela sala por meio de instruções verbais. Explique que apesar de não conseguirmos ver o Pai Celestial, guardar Seus mandamentos nos ajudará durante toda a vida. Se a criança esbarrar em uma cadeira, explique-lhes que todos nós encontramos problemas e podemos pedir ao Pai Celestial que nos conforte e nos ajude a lidar com problemas. Dê a oportunidade a todas as crianças que o desejarem de terem os olhos vendados e participarem da brincadeira.

  3. 3.

    Cante ou repita a letra de ambas a estrofes de “Eu Sei que Deus Vive”, p. 8 (Músicas para Crianças). A letra está incluída no final deste manual.