Ajudo os Outros a Serem Felizes Quando Divido o que Possuo

Primária 2: Conserva a Tua Rota A, 1995


Propósito

Incentivar as crianças a ajudar os outros a sentirem-se felizes dividindo o que possuem.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Marcos 6:30–44 e João 6:1–13.

  2. 2.

    Prepare alguma guloseima para as crianças e para você. Caso seja domingo de jejum, prepare um presentinho que não seja de comer e faça as adaptações necessárias na lição.

  3. 3.

    Prepare-se para cantar ou repetir a letra de “O Riachinho Faz”, p. 116 (Músicas para Crianças). A letra está incluída no final deste manual.

  4. 4.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia;

    2. b.

      Diversas coisas que possam ser partilhadas, tais como: uma bola, um livro e uma laranja. Coloque-as num saco de papel ou pano.

    3. c.

      Gravura 2–47, Alimentando os Cinco Mil; gravura 2–48, Pulando Corda; gravura 2–49, Meninos Dividindo um Biscoito; gravura 2–50, Criancinhas Dividindo um Brinquedo.

  5. 5.

    Faça os preparativos necessários para quaisquer Atividades Complementares que deseje utilizar.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Verifique alguma designação que tenha sido dada na semana anterior.

Partilhar

Atividade motivadora

Uma de cada vez, mostre as coisas trazidas nos saco de papel ou de pano e comente sua utilidade usando as seguintes perguntas:

  • Quantas pessoas podem tirar proveito disso (mencione o nome do objeto) se eu utilizá-lo sozinho?

  • Quantas pessoas podem beneficiar-se dele se eu compartilhá-lo?

  • Quais são algumas maneiras pelas quais eu poderia dividi-lo com alguém?

Debate

Após comentar cada uma das coisas dessa maneira, pergunte:

  • O que você tem que pode ser dividido com outra pessoa? Como você pode dividi-lo?

Incentive as crianças a dar o nome de alguma coisa específica e a dizer com quem e como poderiam dividi-la.

Se as crianças não os tiverem mencionado, pergunte-lhes como podem partilhar seu tempo, seus talentos e o evangelho.

  • Como podemos partilhar nosso tempo?

  • Como podemos partilhar nossos talentos?

  • Como podemos partilhar o evangelho?

Jesus Cristo Nos Ensinou a Dividir

História das escrituras e debate Mostre a Bíblia e diga que ela contém a história de um rapaz que ajudou Jesus Cristo e muitas pessoas, partilhando algo que possuía. Conte a história encontrada em João 6:1–13 (Ver também Marcos 6:30–44). Mostre a gravura 2–47, Alimentando os Cinco Mil no momento adequado.

• Quantos pães e peixes o rapaz possuía? (Ver João 6:9)

• Para quantas pessoas acham vocês que cinco pães e dois peixes seriam suficientes?

• Quantas pessoas Jesus Cristo alimentou? (Ver João 6:10)

Ajude as crianças a compreenderem que se tratava de um grande número de pessoas. Compare esse número de pessoas com um grupo semelhante com o qual as crianças estejam familiarizadas (Dizendo, por exemplo, “Jesus alimentou o mesmo número de pessoas que cabem no estádio local”).

Explique que o rapaz poderia ter comido os pães e os peixes sozinho. Como, porém, estava disposto a dividir, o Salvador fez um milagre que ajudou milhares de pessoas.

• Como vocês acham que as pessoas se sentiram quando o rapaz partilhou o que possuía?

• Como vocês acham que o rapaz se sentiu?

Música

Cante ou repita a letra de “O Riachinho Faz”.

Lembre às crianças que Jesus Cristo partilhou muitas coisas conosco e quer que façamos o mesmo com outras pessoas.

Fazemos os Outros e a Nós Mesmos Felizes ao Dividirmos

Atividade com gravuras

Diga às crianças que, assim como o rapaz da época de Jesus encontrou um modo de dividir o que possuía, também podemos encontrar muitas maneiras de partilhar e ajudar os outros a serem felizes. Mostre as gravuras das crianças dividindo algo (2–48, 2–49 e 2–50), uma de cada vez, e faça as seguintes perguntas a respeito de cada uma delas:

  • O que as crianças nesta gravura estão fazendo?

  • O que elas estão partilhando?

  • Como vocês acham que elas se sentem? Por quê?

Participação das Crianças

Permita que as crianças falem a respeito de ocasiões em que dividiram alguma coisa e de como se sentiram ao partilhar.

Saliente que quando partilhamos algo, não somente ajudamos os outros a ficarem contentes, mas sentimo-nos felizes também.

Elogie as crianças, caso tenham-se demonstrado dispostas a dividir; converse com elas a respeito dos bons sentimentos que partilhar alguma coisa traz a todos os envolvidos. Saliente que dividir nos torna felizes.

História

Conte a história de uma criança que estava contente e fez com que outras pessoas ficassem contentes porque soube partilhar. Caso deseje, use a seguinte história:

Roberto estava pintando um belo desenho com seus lápis de cor novos, quando a mãe trouxe a irmãzinha para a sala. Ela pediu a Roberto que dividisse os lápis com Alice e a ajudasse a colorir. Roberto não queria dividir os lápis. A irmãzinha não sabia colorir muito bem, e ele tinha medo que ela quebrasse um de seus lápis. Roberto lhe deu um de uma cor que ele não gostava muito.

Logo, porém, ele precisou do lápis que havia emprestado a Alice e tentou tirá-lo dela. A irmãzinha começou a chorar. Ele sentiu-se mal por tê-la feito chorar e percebeu que ela também gostava de colorir, ainda que não o fizesse muito bem. Roberto olhou para os lápis e concluiu que havia o suficiente para ambos. Ele deixou que Alice escolhesse uma cor e continuasse a colorir. Roberto ficou muito contente também. [Adaptado de Marjorie A. Parker, “Inside the Lines” The Friend, fevereiro de 1993, pp. 28–29.]

• Por que Alice ficou feliz?

• Por que Roberto ficou feliz?

Resumo

Atividade

Mostre a guloseima que você trouxe.

• Como vocês se sentiriam se eu ficasse com esses (diga o nome da guloseima) só para mim?

• O que Jesus gostaria que eu fizesse com os (diga o nome da guloseima)?

Divida a guloseima entre duas das crianças e pergunte-lhes:

• O que Jesus gostaria que vocês fizessem com os (diga o nome da guloseima)?

Peça às duas crianças que dividam a guloseima com o resto da classe. Diga às crianças como você se sente a respeito de dividir e como você se sentiria se tivesse ficado com a guloseima só para você.

Pergunte às duas crianças que dividiram a guloseima com o resto da classe como elas se sentiram ao dividi-la com as outras crianças; a seguir, convide o restante dos alunos a dizerem como se sentiram quando a guloseima foi dividida com eles.

Testemunho

Testifique às crianças que partilhar traz alegria. Caso deseje, fale de uma situação em que dividir algo fez com que você se sentisse feliz.

Incentive cada uma das crianças a dividir algo com alguém durante a semana vindoura.

Convide uma criança para fazer a última oração. Lembre-lhe de pedir ao Pai Celestial que ajude as crianças a terem o desejo de partilhar.

Atividades Complementares

Escolha dentre as atividades seguintes as que melhor se adaptem às crianças de sua classe. Pode utilizá-las na própria lição ou como revisão ou resumo. Para mais informações, ver “Distribuição do Tempo da Aula” em “Auxílios para o Professor”.

  1. 1.

    Diga às crianças que temos uma regra de fé na Igreja que fala a respeito de sermos benevolentes. Ser benevolente significa partilhar o que temos com os outros e fazer-lhes outras coisas boas que demonstrem que os amamos. Ajude as crianças a decorarem parte da décima terceira regra de fé: “Cremos em ser (…) benevolentes (…)”.

  2. 2.

    Cante ou repita a letra de “Oração” (Cante Comigo, A–7). Lembre às crianças que o Pai Celestial nos deu muitas bênçãos maravilhosas e que fica feliz quando partilhamos nossas bênçãos com os outros.

    Pai tão querido que habitas no céu
    Ajuda-me a ser bom e puro ao brincar
    A sempre agir como um bom filho teu,
    E com os outros meus bens partilhar.
  3. 3.

    Traga massa de modelar para as crianças e ajude-as a fazerem alguma coisa que represente algo que gostariam de partilhar com os amigos ou familiares. (A receita da massa de modelar encontra-se na página 43.)

  4. 4.

    Mostre uma caixa ou outro recipiente com lápis de cor. Explique que você só tem essa caixa de lápis, mas que gostaria que todas as crianças fizessem desenhos. Dê a caixa de lápis a uma das crianças.

    • O que (nome da criança) deve fazer com os lápis para que todos vocês possam desenhar?

    Dê uma folha de papel a cada criança e peça-lhes que partilhem os lápis e façam desenhos delas mesmas dividindo as coisas.

  5. 5.

    Peça às crianças que façam de conta que são missionários e finjam bater as portas, ler escrituras, dar palestras e fazer outras coisas que os missionários fazem.

    • O que os missionários partilham?

    • Como vocês acham que os missionários se sentem ao partilhar o evangelho com os outros?