Ser Obediente

Primária 2: Conserva a Tua Rota A, 1995


Propósito

Incentivar cada uma das crianças a seguirem o exemplo de Jesus Cristo sendo obedientes.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Êxodo 20:12, Mateus 26:36–46, João 8:28–29 e Colossenses 3:20. Ver também Princípios do Evangelho (31110 059), capítulo 35.

  2. 2.

    Faça uma tira de papel com a palavra Obediente.

  3. 3.

    Faça uma flâmula de papel com as palavras Obedecerei para cada criança. Traga fita adesiva ou alfinetes para prender a flâmula à camisa ou vestido das crianças ou traga barbante para pendurá-las no pescoço das crianças.

  4. 4.

    Prepare-se para cantar ou repetir a letra de “Obedecerei”, p. 71 (Músicas para Crianças). A letra está incluída no final deste manual.

  5. 5.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia;

    2. b.

      Gravura 2–51, Gansa com os filhotes; gravura 2–52, Jesus Orando no Getsêmani [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 227].

  6. 6.

    Faça os preparativos necessários para quaisquer Atividades Complementares que deseje utilizar.

Observação para professoras de crianças mais velhas: Você pode utilizar a atividade complementar nº 1 como atividade motivadora.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Verifique alguma designação que tenha sido dada na semana anterior. Você pode pedir-lhes que relatem algumas oportunidades em que deram bons exemplos durante a semana.

A Obediência Traz Felicidade

Atividade motivadora

Mostre a gravura 2–51, Gansa com os Filhotes. Peça a uma criança que segure a gravura enquanto você conta, com suas próprias palavras, a seguinte história a respeito do Élder Theodore M. Burton, que foi uma Autoridade Geral da Igreja:

Quando Theodore M. Burton tinha apenas cinco anos, passou alguns dias na fazenda de sua avó. Theodore gostava muito de brincar na fazenda. Sua avó disse-lhe para não se aproximar muito da galinha que estava com pintinhos porque ela poderia pensar que ele estava tentando machucar seus filhotes. Theodore prometeu não se aproximar muito da galinha com os pintinhos.

Quando, porém, Theodore viu os pintinhos amarelinhos macios, não conseguiu resistir à vontade de pegar um deles. Os pintinhos correram, mas a galinha voou para cima de Theodore e bicou a mão dele. Theodore correu chorando até onde estava sua avó.

A avó abraçou-o até que ele parasse de chorar e explicou-lhe que a galinha pensou que ele iria machucar seus pintinhos. Ela estava tentanto protegê-los quando bicou Theodore.

A avó disse-lhe para ir brincar lá fora novamente, lembrando-o de não se aproximar da galinha. Ela avisou-o também para não se aproximar da gansa, porque ela também tinha filhotes. A gansa era maior que a galinha e conseguiria machucá-lo ainda mais se ele tentasse pegar os filhotes dela. Theodore prometeu que não iria tocar nos gansinhos.

Theodore não se aproximou da galinha. Quando viu a gansa com os gansinhos, no entanto, aproximou-se para ver melhor. Abrindo as asas e esticando o pescoço, a gansa fez um enorme barulho avançando em sua direção. Theodore assustou-se e correu para a casa da avó. [Ver Theodore M. Burton, “Friend to Friend: Grandmother’s Lesson” (De Amigo para Amigo: A Lição da Avó), Friend, outubro de 1973, pp. 18–19.]

Debate

• Por que a avó de Theodore lhe disse para não se aproximar da galinha ou da gansa?

• Como ele se sentiu quando desobedeceu à avó?

• Por que ele se sentiu dessa maneira?

• O que vocês acham que Theodore aprendeu com essa experiência?

Diga às crianças que a avó de Theodore lhe disse que havia pessoas para protegê-lo, do mesmo modo que a galinha e a gansa protegiam seus filhotes. Explique que nossos pais e o Pai Celestial e Jesus Cristo tomam conta de nós e nos protegem. Eles nos ensinam o que devemos fazer para estarmos seguros e felizes. É importante que aprendamos a obedecer-lhes.

Tira de palavra

Mostre a tira de papel com a palavra “Obediente”. Peça às crianças que repitam a palavra com você algumas vezes. Explique que somos obedientes quando fazemos o que o Pai Celestial, nossos pais e nossos líderes querem que façamos.

Diga a palavra obedecer e peça à classe que a repita. Explique-lhes que obedecer significa a mesma coisa que ser obediente.

Obedecer ao Pai Celestial Como o Fez Jesus Cristo

Escritura

Explique que, na Bíblia, Jesus Cristo ensinou que é importante obedecer ao Pai Celestial. Leia em voz alta os seguintes trechos de João 8:28–29: “(…) nada faço por mim mesmo, mas falo como meu Pai me ensinou. (…) porque eu faço sempre o que lhe agrada.”

Explique que essas palavras foram ditas por Jesus Cristo, e que elas significam que Jesus Cristo fez o que o Pai Celestial queria que Ele fizesse. Ele só fazia as coisas que sabia que iriam deixar o Pai Celestial feliz.

História das escrituras

Mostre a gravura 2–52, Jesus Orando no Getsêmani, e conte rapidamente a história encontrada em Mateus 26:36–39.

Leia em voz alta o que Jesus Cristo disse em Sua oração: “Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice” (Mateus 26:39). Explique que Jesus não queria sofrer e morrer, se houvesse outra maneira de nos ajudar a voltar ao Pai Celestial.

Leia também o que Jesus disse a seguir: “Todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres” (Mateus 26:39). Explique que isso significa que Jesus estava disposto a fazer o que o Pai Celestial desejava, ainda que não fosse fácil. Explique que não nos será solicitado fazer algo tão difícil como Jesus fez; no entanto, devemos obedecer ao Pai Celestial naquilo que Ele quiser que façamos.

• Quais são algumas das coisas que o Pai Celestial nos pediu que fizéssemos? (As respostas podem incluir orar, amar uns aos outros, ser batizado e confirmado e ser honesto.)

Obedecer a Nossos Pais

Debate das escrituras

Explique que, se obedecermos ao Pai Celestial, obedeceremos também a nossos pais. (Caso alguma criança de sua classe não more com os pais, faça os ajustes necessários na lição. Por exemplo: As crianças devem obedecer também a seus avós.) Diga que um dos Dez Mandamentos nos manda obedecer a nossos pais. Leia em voz alta a primeira parte de Êxodo 20:12: “Honra a teu pai e tua mãe”. Explique que obedecer a nossos pais é uma maneira de honrá-los.

• Por que devemos obedecer a nossos pais?

Leia Colossenses 3:20 em voz alta (lembre as crianças de que a palavra Senhor é outro nome de Jesus Cristo). Ajude as crianças a decorarem a primeira parte do versículo: “(…) filhos, obedecei em tudo a vossos pais”.

• Como você se sente ao obedecer a seus pais?

• Como seus pais se sentem quando vocês lhes obedecem?

Música

Peça às crianças que se levantem e cantem ou repitam a letra de “Obedecerei”.

Incentive as crianças a decidirem agora que obedecerão ao Pai Celestial e a seus pais.

História

Conte uma história a respeito de uma criança que era feliz porque obedecia a seus pais. Você pode utilizar a seguinte história:

Bárbara gostava muito de brincar na casa de sua amiga Cíntia. A mãe de Bárbara havia-lhe dito que poderia brincar durante uma hora. Quando a mãe de Cíntia avisou que já se havia passado uma hora, Bárbara achou muito difícil ir embora. Queria terminar a brincadeira que ela e Cíntia estavam fazendo. Bárbara pensou um pouco e decidiu ir embora, como sua mãe lhe havia mandado. Num instante, despediu-se de Cíntia e foi depressa para casa.

Quando Bárbara chegou em casa, sua avó estava esperando por ela. Ela queria que Bárbara fosse dormir na casa dela, mas estava com pressa de ir para casa. Se Bárbara não tivesse voltado na hora em que a mãe lhe havia dito, teria perdido a oportunidade de ir para a casa da avó.

• Como vocês acham que Bárbara se sentiu?

Saliente que nem sempre receberemos uma grande recompensa por sermos obedientes, mas nos sentiremos alegres e tranqüilos. Isso acontece por sabermos que escolhemos fazer o que é certo.

Resumo

Participação das Crianças

Convide as crianças, uma por vez, a falarem de uma ocasião em que foram obedientes e a dizerem como se sentiram. Peça-lhes também que falem de maneiras pelas quais podem ser obedientes no futuro (tal como: guardar um dos mandamentos do Pai Celestial, pedir permissão antes de saírem para brincar, ajudar a limpar a casa ou atender da primeira vez em que os pais chamarem.)

Após cada criança terminar de falar, dê-lhe uma flâmula com as palavras “Obedecerei”. Incentive as crianças a manterem a flâmula onde esteja sempre visível, de modo que ela lhes ajude a se lembrarem de obedecer. Sugira que as crianças expliquem a suas famílias o significado das flâmulas e que falem sobre o que aprenderam na lição de hoje.

Testemunho

Preste testemunho de como obedecer ao Pai Celestial e a seus pais abençoou sua vida. Você pode falar a respeito de uma ocasião em que a obediência o fez feliz.

Incentive as crianças a obedecerem aos pais durante a semana vindoura.

Convide uma criança para fazer a última oração.

Atividades Complementares

Escolha dentre as atividades seguintes as que melhor se adaptem às crianças de sua classe. Pode utilizá-las na própria lição ou como revisão ou resumo. Para mais informações, ver “Distribuição do Tempo da Aula” em “Auxílios para o Professor”.

  1. 1.

    Faça um grande círculo no quadro-negro com dois círculos menores dentro dele (ver a ilustração).

    target

    Explique que o objetivo dessa atividade é fazer um X dentro do círculo menor, com os olhos vendados. Peça a um voluntário que tente. Coloque a venda no voluntário e dê-lhe um pedaço de giz. Faça com que a criança com os olhos vendados dê duas ou três voltas e coloque-a em frente ao quadro-negro. Peça à criança que faça um X no quadro-negro. A seguir peça-lhe que faça um outro X depois de receber instruções a respeito de onde colocar o X. Peça a uma segunda criança que lhe dê as instruções dizendo “mais no alto”, “mais abaixo”, “para a esquerda”, “para a direita”.

    Observe os dois “X” e mencione como a criança com os olhos vendados saiu-se muito melhor quando obedeceu às instruções da outra criança.

    • Por que (diga o nome da criança de olhos vendados) fez o X no lugar certo com muito mais facilidade quando obedeceu às instruções?

    Permita que toda criança que o desejar participe da brincadeira com os olhos vendados e tente fazer um X no círculo enquanto outra criança dá as instruções.

    Saliente que as crianças com os olhos vendados conseguiram fazer o X no lugar certo com muito mais facilidade, quando obedeceram as instruções de alguém que era capaz de ver melhor os círculos. Explique que em algumas situações, o Pai Celestial e nossos pais conseguem ver as coisas melhor do que nós. Eles dão instruções que nos ajudam. Quando obedecemos ao Pai Celestial e a nossos pais, somos felizes.

  2. 2.

    Conte a seguinte história em suas próprias palavras:

    Mateus adorava brincar com fósforos. Sempre que se precisava acender uma vela ou uma fogueira, ele sempre queria ajudar. Algumas vezes seus pais deixavam-no riscar um fósforo, mas ficavam sempre por perto para garantir que ele tomaria cuidado.

    Um dia, quando seus pais não estavam por perto, Mateus viu uma caixa de fósforos em cima da mesa. Ficou imaginando como seria divertido riscar todos aqueles fósforos sozinho. Sabia que tomaria muito cuidado.

    Logo, porém, lembrou-se que a mãe lhe havia dito muitas vezes que fósforos não eram brinquedos e que não deveria mexer neles sem permissão. Em silêncio, deixou os fósforos de lado e foi brincar.

    Fale com as crianças sobre o que poderia ter acontecido se Mateus houvesse pegado os fósforos. Saliente que a obediência de Mateus ajudou a família, ainda que ninguém soubesse do que acontecera.

    Você pode continuar o debate perguntando:

    • O que Mateus deve fazer se seu irmão mais velho lhe pedir que leve os fósforos para o quarto a fim de brincarem com eles?

    Explique que quando alguém nos manda fazer algo errado, não devemos obedecer. O Pai Celestial não espera que obedeçamos quando alguém nos manda fazer alguma coisa errada.

  3. 3.

    Prepare pedaços de papel com instruções simples como:

    • Apague o quadro-negro;

    • Aperte as mãos das outras crianças da classe;

    • Diga uma coisa gentil a respeito de cada uma das crianças da classe;

    • Diga cinco coisas pelas quais você é grato;

    • Dramatize uma coisa que você fará por alguém na família durante a semana.

    Coloque os pedaços de papel num recipiente. Peça às crianças que, uma por vez, escolham um papel do recipiente e sigam as instruções escritas nele.

  4. 4.

    Antes da aula, prepare e esconda pistas para uma pequena caça ao tesouro. Cada pista deve levar as crianças à pista seguinte até que a pista final leve ao tesouro. Você pode colocar uma guloseima ou um presentinho para cada criança como o tesouro no final da caçada.

    Debata com as crianças como elas devem obedecer às instruções dadas em cada uma das pistas para encontrarem o tesouro. Leia a primeira pista em voz alta para dar início à caça ao tesouro.

    Depois de as crianças terem terminado a caça ao tesouro, ajude-as a compreender que se obedecemos ao Pai Celestial, Ele nos dará o maior tesouro de todos; Ele nos permitirá viver com Ele para sempre. 5. Revise a história de Noé e da arca, conforme se encontra em Gênesis 6–8. Explique que devido a Noé ter sido obediente, ele e sua família foram salvos do dilúvio. Incentive as crianças a obedecerem aos mandamentos do Pai Celestial e de Jesus Cristo como o fez Noé.

    Dê uma cópia a cada criança da folha que se encontra no final da lição. Deixe as crianças colorirem a ilustração da arca e peça-lhes que façam um desenho que ilustre uma maneira pela qual podem ser obedientes.