Obedecerei à Lei

Primária 2: Conserva a Tua Rota A, 1995


Propósito

Ajudar cada criança a compreender a importância de se respeitar e obedecer às leis do país.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Mateus 22:15–22 e Regras de Fé 1:12.

  2. 2.

    Prepare massa de modelar em quantidade suficiente para todas as crianças. A receita encontra-se na página 43. (Caso não seja possível, leve lápis de cor e papel para as crianças desenharem.)

  3. 3.

    Em uma folha de papel, relacione algumas situações relacionadas a leis e regras com as quais as crianças estejam familiarizadas. Descreva pelo menos uma situação para cada criança da classe e numere as situações. Utilize as fornecidas a seguir ou crie outras mais adequadas às crianças de sua classe:

    • Você está quase ficando atrasado para a escola. Se atravessar a rua no meio do quarteirão, em vez de fazê-lo na faixa de pedestres, chegará mais cedo. O que você fará se obedecer à lei?

    • Você está fazendo compras com seu pai e pede-lhe um chocolate. Ele diz que não, mas enquanto está ocupado pagando as compras, você percebe que é fácil colocar um chocolate no bolso sem que ninguém perceba. O que você fará se obedecer à lei?

    • Você está passeando com seu cachorro pela rua. Chega ao parque e quer parar para brincar, mas há uma placa dizendo “Proibida a entrada de cães”. Não há nenhum adulto por ali e você poderia prender o cachorro numa árvore enquanto brinca. O que você fará se obedecer à lei?

    • Você vai atravessar a rua numa esquina em que há um sinal de trânsito. Não há nenhum carro nem pessoa alguma por perto, mas o sinal está fechado para você, indicando que deve esperar. O que você fará se obedecer à lei?

    • Você está na biblioteca e encontrou um livro que precisa, mas deixou sua carteirinha da biblioteca em casa. A bibliotecária não está no balcão e não veria você saindo com o livro. O que você fará se obedecer à lei?

  4. 4.

    Prepare pedacinhos de papel na mesma quantidade das situações acima. Numere os papéis e coloque-os numa tigela ou num cesto.

  5. 5.

    Faça uma flâmula de papel para cada criança com os dizeres:

  6. 6.

    Faça uma tira de papel com os mesmos dizeres das flâmulas:

    Cremos na obediência à lei.

  7. 7.

    Materiais necessários:

    1. a.

      Bíblia;

    2. b.

      Uma moeda (se possível, com a efígie de um líder nacional);

    3. c.

      Alfinetes, fita adesiva ou barbante para prender as flâmulas nas roupas das crianças;

    4. d.

      Gravura 2–53, Dai a César.

  8. 8.

    Faça os preparativos necessários para quaisquer Atividades Complementares que deseje utilizar.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Verifique alguma designação que tenha sido dada na semana anterior.

As Regras e Leis Podem Ajudar-nos

Atividade motivadora

Dê às crianças pedaços de massa de modelar e peça a cada uma que modele um animal encontrado na fazenda. (Caso não seja possível preparar a massa ou essa atividade seja muito difícil para as crianças de sua classe, dê-lhes lápis de cor e papel e peça-lhes que desenhem um animal encontrado na fazenda. Adapte a atividade conforme necessário.)

Coloque os animais na mesa ou no chão. Explique que os fazendeiros devem cuidar de seus animais, dando-lhes comida, água e proteção. Se os animais fugirem, podem perder-se ou ferir-se.

• O que podemos fazer para impedir que os animais fujam? (Construir uma cerca.)

Enrole um pedaço de massa com as mãos sobre a mesa de modo a formar algo parecido com uma corda. Coloque-a ao redor dos animais como se fosse uma cerca. Explique que as cercas são boas porque elas ajudam os animais a manterem-se seguros. (Deixe-os assim até o final da lição quando, então, as crianças poderão levá-los para casa.)

Explique que temos coisas que nos mantém seguros também. Elas são chamadas de leis e regras. As leis e regras são como cercas porque impedem que façamos coisas que são perigosas ou que poderiam fazer com que nós e outras pessoas ficássemos infelizes. Quando obedecemos às leis e regras, elas nos ajudam a manter-nos seguros e felizes.

Debate

Escolha um jogo ou brincadeira conhecido das crianças. Peça-lhes que digam quais são as regras do jogo ou brincadeira e discutam o que aconteceria se tentassem fazer a brincadeira sem seguir as regras. Ajude as crianças a compreenderem que as regras são necessárias para que a brincadeira funcione e seja divertido participar dela.

• Que outros tipos de regras existem, além das regras de jogos e brincadeiras?

• Quais são algumas das regras em sua casa?

Peça a cada criança que mencione uma regra que existe em sua família, como, por exemplo, “Guardar os brinquedos quando terminar de brincar.” Quando cada criança mencionar uma regra, pergunte:

• Como essa regra o ajuda?

Quando cada uma das crianças tiver mencionado uma regra familiar, diga que também temos regras em outros locais além de nossas casas.

• Quais são algumas das regras na escola? Na Primária?

• Como essas regras o ajudam?

Nosso País Nos Dá Leis

História e debate

Explique que do mesmo modo que temos leis em casa, na escola e na Primária, temos regras em nossa cidade e em nosso país. Essas regras chamam-se leis. As leis nos ajudam e protegem do mesmo modo que as regras de nossa casa, da escola e da Primária. Conte uma história a respeito de uma criança que aprendeu como as leis nos protegem e ajudam quando obedecemos a elas. Use a história a seguir ou crie a sua própria:

Marcelo sempre quis ter um cachorro e ficou muito entusiasmado quando ganhou um de aniversário. Deu-lhe o nome de Amigão. Marcelo e Amigão divertiam-se muito juntos.

A cidade onde Marcelo morava tinha uma lei que dizia que os cachorros tinham que estar sempre de coleira, quando não estivessem num quintal fechado. Um dia Marcelo decidiu levar Amigão até a casa de um amigo. Como não conseguia encontrar a coleira de Amigão, e a casa de seu amigo era a poucos metros de sua casa, Marcelo decidiu levar Amigão sem a coleira.

Enquanto iam pela rua, Amigão viu um gato do outro lado da rua. Antes que Marcelo percebesse o que estava acontecendo, Amigão atravessou a rua e foi atropelado por um carro.

Com lágrimas nos olhos, Marcelo pegou o cachorro e carregou-o para casa. A mãe de Marcelo levou-o ao veterinário, que cuidou da perna quebrada de Amigão.

Ao voltarem para casa, a mãe de Marcelo disse-lhe que Amigão poderia ter morrido. Marcelo compreendeu que se tivesse obedecido à lei e mantido seu cachorro na coleira, Amigão não se teria ferido. Marcelo compreendeu que a lei existia para protegê-lo e a seu cachorro e decidiu que nunca mais desobedeceria à lei.

• Por que vocês acham que a cidade onde Marcelo morava tinha uma lei dizendo que os cachorros tinham que estar sempre na coleira?

• Como o acidente com Amigão poderia ter sido evitado?

• Por que existem leis e regras que devemos seguir?

Debate

Explique que as leis são feitas para ajudar-nos e proteger-nos. Peça às crianças que mencionem algumas leis básicas existentes na área em que moram. Comente a respeito de cada lei e a razão de sua criação. Ajude as crianças a compreenderem como cada lei é útil.

Você pode utilizar algumas das idéias seguintes caso se apliquem à sua área:

Leis de Trânsito

• Pare em todos os sinais. Isso nos ajuda a evitar acidentes.

• Obedeça aos limites de velocidade. Esses limites são estabelecidos para que as pessoas dirijam em segurança e sejam capazes de parar rapidamente em caso de emergência.

Leis a Respeito de Animais de Estimação

• Mantenha seu bichinho numa coleira, quando não estiver em seu quintal. Os animais na coleira ficam protegidos de acidentes (como o cachorro de Marcelo) e protegem também as propriedades das pessoas de estragos causados pelos animais.

• Não seja cruel com os animais. Esse tipo de lei protege os animais, para que não sejam machucados.

Leis a Respeito de Propriedades Particulares

• Não roube. Se você pegar coisas que pertençam a outra pessoa, todos ficarão infelizes.

• Não jogue lixo nas ruas. Se todos jogarem alguma coisa pelas ruas, nossa cidade ficará feia e suja. Nossos pais terão de pagar (por meio dos impostos) para que a cidade seja limpa.

Jesus Cristo Quer que Obedeçamos à Lei

Debate

• O que são impostos?

Explique que o imposto é dinheiro que pagamos ao estado ou país para ajudar a pagar as coisas que beneficiam a todos como, por exemplo, a polícia, os bombeiros, as estradas e as escolas. Comente brevemente como seria não termos essas coisas. Explique que temos leis a respeito dos impostos para garantir que todos ajudem a pagar essas coisas.

História das escrituras

Explique que as pessoas da época de Jesus Cristo também tinham impostos. Mostre a gravura 2–53, Dai a César, e conte a história encontrada em Mateus 22:15–22.

Explique que o povo perguntou a Jesus se deveriam pagar tributos ao país. Tributos quer dizer a mesma coisa que impostos.

Mostre a moeda que você trouxe. Explique que Jesus pediu às pessoas que lhe mostrassem uma moeda. Mostrou que a moeda tinha a efígie (o retrato) de César, o líder do país. (Se a moeda que você trouxe tiver a efígie de um líder nacional, mostre a efígie.) Leia o que Jesus disse ao povo, conforme se encontra em Mateus 22:21 (começando com Então ele lhes disse). Explique que Jesus disse às pessoas que deveriam obedecer às leis do país e às leis do Pai Celestial. Jesus ensinou às pessoas que era importante obedecer às leis de seu país.

Cremos na Obediência à Lei

Tira com palavras Leia a frase contida na tira de papel. Explique que isso faz parte da décima segunda regra de fé, uma das declarações de crença da Igreja.

Peça às crianças que repitam a frase algumas vezes.

Brincadeira

Coloque a lista de situações e a tigela ou cesta com os números na mesa ou no chão. Diga às crianças que irão brincar do “Jogo da Obediência à Lei”. A seguir, sente-se e espere alguns momentos. Se ninguém fizer nada, pergunte:

• Por que ninguém está jogando? (Ninguém sabe as regras.)

Se as crianças tiverem tentado começar a brincadeira colocando, por exemplo, os papéis numerados em ordem, dê-lhes os parabéns por tentarem e, a seguir, pergunte:

• Vocês estão jogando “Obediência à Lei”?

• Por que não?

Saliente que as regras e leis ajudam a nos guiar e a nos direcionar. Explique as regras do jogo:

  1. 1.

    Escolha um número na tigela (ou cesta);

  2. 2.

    Siga a ordem, começando pela pessoa que tirou o número um.

  3. 3.

    Fique em pé na sua vez;

  4. 4.

    Entregue seu número ao professor e responda à pergunta feita por ele sem ajuda das outras crianças.

  5. 5.

    Sente-se em silêncio enquanto espera sua vez e depois de responder.

Faça a brincadeira, deixando que cada criança escolha um número na tigela ou cesta.

Leia a situação de cada criança para ela.

Quando cada uma das crianças tiver respondido à sua pergunta, entregue-lhes as flâmulas. Dê-lhes os parabéns por suas boas idéias e respostas.

Resumo

Participação das crianças

Pergunte às crianças o que dirão quando seus familiares perguntarem a respeito de suas flâmulas. Ao darem suas respostas, saliente a importância de obedecermos às leis para podermos viver juntos e sermos felizes.

Testemunho

Testifique que as leis são criadas para nosso bem. Você pode falar a respeito de uma experiência pessoal pela qual você é grato por ter obedecido à lei. Lembre às crianças que devem obedecer às leis do Pai Celestial e as do país.

Incentive cada criança a escolher uma lei para obedecer com bastante cuidado na semana vindoura.

Convide uma criança para fazer a última oração. Sugira que a criança peça ao Pai Celestial que ajude as crianças a lembrarem-se das leis e a obedeceram a elas.

Atividades Complementares

Escolha dentre as atividades seguintes as que melhor se adaptem às crianças de sua classe. Pode utilizá-las na própria lição ou como revisão ou resumo. Para mais informações, ver “Distribuição do Tempo da Aula” em “Auxílios para o Professor”.

  1. 1.

    Ajude as crianças a decorarem a décima segunda regra de fé: “Cremos na submissão a reis, presidentes, governantes e magistrados; na obediência, honra e manutenção da lei”. Explique quaisquer palavras que as crianças não conheçam.

    As crianças mais novas podem decorar a parte da regra de fé que está escrita em sua flâmula: “Cremos na obediência à lei”.

    Se desejarem, cantem “A Décima Segunda Regra de Fé” (Mais Hinos para Crianças, p. 45) a fim de auxiliar as crianças a decorarem a regra de fé.

  2. 2.

    Peça às crianças que pensem em cinco regras que as famílias talvez tenham para ajudar a manter os membros da família em segurança e contentes. Peça a cada criança que levante um dedo à medida que cada uma das regras for mencionada. Quando cinco regras tiverem sido mencionadas e cada uma das crianças tiver levantado cinco dedos, desenhe o contorno da mão de cada uma no quadro-negro. Escreva o nome de cada uma no contorno da mão. Agradeça às crianças por suas mãos que ajudaram na atividade e incentive-as a lembrarem-se e obedecerem às regras de suas próprias famílias.

  3. 3.

    Faça a seguinte atividade com as crianças:

    Eu paro (levante as mãos com as palmas para a frente, no sinal de parar)
    Eu olho (coloque as mãos sobre os olhos)
    Eu escuto (coloque as mãos em concha nos ouvidos)
    E então tenho a certeza (mova o dedo indicador para frente e para trás)
    De que estou agindo com segurança. (aponte para si mesmo)
    Não importa aonde eu vá (abra os braços para indicar espaço)
    Eu só atravesso na faixa (aponte para o chão)
    Nunca no meio do quarteirão (faça que “não” com a cabeça)
    Olho para a frente (coloque as mãos sobre os olhos)
    Penso antes (aponte para testa)
    De usar meus pés. (ande sem sair do lugar)

    Lembre às crianças que é importante obedecerem às leis de trânsito.