Alma Aconselha Seu Filho Coriânton

Primária 4: O Livro de Mórmon, 1994


Propósito

Ajudar as crianças a compreender que existem conseqüências boas e ruins, dependendo das decisões que tomamos.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Alma 39. Em seguida, estude a lição e decida como pretende ensinar a história das escrituras às crianças. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)

  2. 2.

    Escolha as perguntas do debate e atividades complementares que mais envolvam e ajudem as crianças a alcançar o propósito da lição.

  3. 3.

    Faça um cartaz com os itens mencionados na atividade motivadora, ou escreva a lista no quadro-negro.

  4. 4.

    Material necessário: Um Livro de Mórmon para cada criança.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança a fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Peça às crianças que imaginem estar sozinhas em uma balsa no meio do oceano, quando descobrem que precisam aliviar a carga porque a balsa está afundando. Precisam jogar fora todo o suprimento, com exceção de duas coisas. Da lista abaixo, pergunte-lhes quais seriam as duas coisas que escolheriam:

  • Colete salva-vidas

  • Equipamento de primeiros-socorros

  • Baú cheio de ouro

  • Vara de pescar, anzol e isca

  • Caixa com doze garrafas de água potável

  • Rádio transmissor-receptor

  • Caixa de foguetes sinalizadores de emergência

  • Lata grande de repelente contra tubarões

Anote os itens escolhidos pelas crianças, pedindo-lhes que expliquem por que fizeram tais escolhas. As escolhas desta atividade são um dilema. Mostre que a escolha é difícil porque não sabem o que acontecerá no futuro: podem afundar e precisar do colete salva-vidas; podem ficar com sede e precisar de água; podem ficar com fome e precisar da vara de pescar; podem encontrar tubarões e precisar do repelente; podem precisar do rádio para pedir ajuda; podem ficar feridos e precisar do equipamento de primeiros-socorros; podem precisar dos sinalizadores para serem socorridos à noite ou podem ser resgatados em poucas horas e desejar ter ficado com o tesouro.

História das Escrituras

Conte às crianças o relato dos conselhos de Alma a seu filho Coriânton, que se encontra em Alma 39. (Ver sugestões para ensinar a história das escrituras na seção “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Observação: Não ensine especificamente o que está escrito em Alma 39:3–6. Faça apenas um resumo, explicando que Coriânton cometeu um pecado muito grave enquanto estava em missão entre os zoramitas. Se as crianças perguntarem qual foi o pecado de Coriânton, sugira que perguntem a seus pais.

Debate

Estude as seguintes perguntas e passagens das escrituras ao preparar a aula. Use as perguntas que, na sua opinião, mais ajudarão as crianças a compreender as escrituras e aplicar os princípios na própria vida. A leitura das passagens com as crianças na sala de aula irá ajudá-las a ganhar maior entendimento das escrituras.

• Que espécie de exemplo o irmão de Coriânton foi para ele? (Alma 39:1) Quem são bons exemplos para vocês? Quais foram as decisões corretas que essas pessoas tomaram?

• Por que Alma disse que estava triste com Coriânton? (Alma 39:2) O que ele quis dizer quando afirmou que Coriânton não prestou atenção às suas palavras? (Coriânton não obedeceu a Alma) Por que precisamos obedecer a nossos pais? O que significa vangloriar-se? (Contar vantagem ou achar-se melhor que os outros.) Por que é errado vangloriar-se?

• Por que Alma disse que estava insistindo nos pecados de Coriânton? [Alma 39:7–9. Explique que “abandonar essas coisas” (versículo 9) significa parar de fazer coisas erradas.] Quem conhece todos os nossos pecados? (Alma 39:8) Como os sentimentos de culpa podem ajudar uma pessoa a se arrepender?

• Quem Alma disse que poderia dar bons conselhos a Coriânton na hora de tomar decisões? (Alma 39:10) Como seus pais e familiares ajudaram vocês a tomar decisões certas? De quem mais vocês podem receber bons conselhos?

• De que modo as más ações de Coriânton influenciaram os zoramitas? (Alma 39:11) De que modo nossas decisões afetam outras pessoas?

• Quais são algumas das decisões que vocês precisam tomar? Como o Espírito Santo os ajuda a saber se estão fazendo algo errado? Como o Espírito Santo os ajuda a saber se tomaram a decisão certa? Convide os alunos a contar experiências em que o Espírito Santo os ajudou a tomar decisões certas.

• O que Alma ensinou a Coriânton a respeito do arrependimento? (Alma 39:13) O que acham que significa “{ voltar] para o Senhor com toda a tua mente, poder e força”? Por que devemos pedir desculpas àqueles a quem ofendemos por causa de nossas decisões erradas?

• O que Alma ensinou a Coriânton a respeito da busca de riquezas? (Alma 39:14) O que acontece com as pessoas, quando as riquezas se tornam a coisa mais importante em sua vida?

• O que Alma ensinou a Coriânton a respeito da missão de Jesus Cristo? (Alma 39:15) O que Coriânton deveria ter ensinado? (Alma 39:16) Como podemos compartilhar o evangelho com as pessoas à nossa volta?

Pode usar as atividades completares 2 e 3 para ajudar as crianças a compreender as conseqüências das decisões que tomamos na vida.

Atividades Complementares

Pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como revisão, resumo ou desafio.

  1. 1.

    Revise e debata a segunda regra de fé, fazendo com que as crianças a decorem. Saliente que cada pessoa é responsável pelo que faz.

  2. 2.

    Debata com as crianças as decisões que precisam tomar a respeito dos assuntos mencionados abaixo ou outros semelhantes. Mencione assuntos que podem causar problemas para as crianças de sua classe. Pergunte-lhes que tipo de decisão Jesus esperaria que tomassem. Ajude-as a pensar nas conseqüências das várias decisões que poderiam tomar.

    • A linguagem que usam

    • Santificar o Dia do Senhor

    • As roupas que vestem

    • Obedecer aos pais

    • As músicas que escutam

    • Furtar

    • Os filmes, vídeos e programas de televisão a que assistem

    • Dizer a verdade

    • Os livros e revistas que lêem

  3. 3.

    Faça com que as crianças representem situações que envolvam decisões e suas conseqüências, como os exemplos abaixo:

    • Um amigo diz uma mentira a respeito de alguém.

    • Um amigo quer assistir a um filme ou vídeo impróprio.

    • Um amigo conta-lhe uma história imprópria.

    • Um amigo quer que você cole na escola.

    • Um amigo quer que você quebre a Palavra de Sabedoria.

    • Alguém lhe oferece drogas.

  4. 4.

    Debata com as crianças as conseqüências da seguinte decisão tomada pelo Presidente Spencer W. Kimball:

    “Eu resolvi, enquanto ainda menino, que nunca quebraria a Palavra de Sabedoria (…) Eu sabia que, desde que o Senhor falara, era do seu agrado que os homens se abstivessem de todas aquelas substâncias nocivas, e o que eu desejava era agradar a meu Pai Celestial. E assim tomei a firme decisão de que jamais tocaria naquelas coisas perniciosas. Tendo-me decidido total e inequivocamente, não encontrei muita dificuldade para manter a promessa feita a mim mesmo e ao Pai Celestial.” (A Liahona, setembro de 1974, p. 37.)

  5. 5.

    Faça um pequeno lembrete para cada criança da classe com as palavras: Eu tomarei a decisão certa. Coloque os lembretes de face para baixo sobre a mesa e peça que uma criança de cada vez se adiante e escolha um deles. Peça a cada criança que responda às seguintes perguntas:

    • O que você vai usar como guia para tomar as decisões certas durante a próxima semana?

    • Qual poderia ser a conseqüência (resultado) de se tomar a decisão errada?

    • Qual pode ser o resultado de se tomar a decisão certa?

    No final da atividade, saliente a importância de se pensar nas conseqüências, antes de se tomar uma decisão.

  6. 6.

    Realize um debate sobre a décima primeira regra de fé e sobre como toda pessoa é responsável por suas decisões.

    • Por que não devemos forçar ninguém a acreditar no evangelho?

    • Por que devemos esperar que as pessoas nos deixem adorar a Deus da maneira como desejamos?

    Ajude as crianças a decorar a décima primeira regra de fé.

  7. 7.

    Cante ou leia a letra de “Escolhendo o que É Certo”, p. 82 ou “Ouse Ser Bom”, p. 80 (Músicas para Crianças).

Conclusão

Testemunho

Testifique que a decisão de seguir Jesus Cristo nos faz tomar decisões certas e que este é o único meio de alcançarmos a verdadeira felicidade.

Sugestão para Designação de Leitura

Sugira às crianças que estudem Alma 39:12–19 em casa, como revisão desta lição.Convide uma criança a fazer a última oração.