Néfi Profetiza

Primária 4: O Livro de Mórmon, 1994


Propósito

Ensinar às criança que o Pai Celestial envia profetas para nos ensinar sobre o Salvador, ajudar-nos a nos arrepender e avisar de coisas que irão acontecer.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Helamã 6:18–23 e 7–9. Em seguida, estude a lição e decida como pretende ensinar a história das escrituras às crianças. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)

  2. 2.

    Escolha as perguntas do debate e atividades complementares que mais envolvam e ajudem as crianças a alcançar o propósito da lição.

  3. 3.

    Material necessário:

    1. a.

      Um Livro de Mórmon para cada criança.

    2. b.

      Sete cópias das pegadas encontradas no final da lição. Escreva uma das seguintes palavras em cada pegada: Siga, o, profeta, ele, conhece, o, caminho.

    3. c.

      Uma cópia de um discurso do profeta vivo (tirado da edição de conferência de A Liahona).

    4. d.

      Uma fotografia do profeta vivo.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança a fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Antes da aula, pregue as pegadas de papel, com a parte em branco para cima, em qualquer ordem, no chão da sala. Faça com que as pegadas conduzam à fotografia do profeta vivo. Peça às crianças que sigam a trilha das pegadas; junte as pegadas e arrume-as na ordem certa. Faça com que a classe leia em voz alta as palavras escritas nas pegadas. Explique que, se obedecermos a essas palavras, conheceremos a verdade e não seremos enganados. Explique que, esta lição fala a respeito do profeta Néfi, filho de Helamã. Néfi sabia que um assassinato havia sido cometido e quem era o assassino, sem ter estado presente à cena do crime. Diga às crianças que, ao aprenderem mais a respeito do profeta Néfi, estarão fortalencendo sua confiança nas palavras do profeta vivo.

História das Escrituras

Conte às crianças o relato da admoestação de Néfi e suas experiências, que se encontra em Helamã 7–9. (Ver sugestões para ensinar a história das escrituras na seção “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Saliente que o Pai Celestial envia profetas para nos ensinar a respeito do Salvador, ajudar a encontrar a felicidade, ajudar-nos a nos arrepender e avisar de coisas que irão acontecer.

Debate

Estude as seguintes perguntas e passagens das escrituras ao preparar a aula. Use as perguntas que, na sua opinião, mais ajudarão as crianças a compreender as escrituras e aplicar os princípios na própria vida. A leitura das passagens com as crianças na sala de aula irá ajudá-las a ganhar maior entendimento das escrituras.

• Quem eram os ladrões de Gadiânton? (Helamã 6:18) Que juramento esse bando havia feito? (Helamã 6:21–22) Que tipo de iniqüidades esses ladrões haviam cometido? (Helamã 6:23)

• O que fez Néfi por causa da iniqüidade do povo? (Helamã 7:6–7, 10) O que o povo fez quando o viu na torre? (Helamã 7:11–12)

• O que Néfi disse ao povo? (Helamã 7:13–18) Por que vocês acham que ele falou em arrependimento? Que precisamos fazer para nos arrependermos?

• O que Néfi disse que iria acontecer ao povo se não se arrependessem? (Helamã 7:19, 22) Como Néfi sabia que essas coisas iriam acontecer? (Helamã 7:29) O que outros profetas disseram que nos acontecerá, se não nos arrependermos? De que modo somos ajudados em nossa vida quando ouvimos o profeta vivo? (D&C 21:4–6)

• Como os juízes reagiram aos ensinamentos de Néfi? (Helamã 8:1) Como as pessoas defenderam Néfi? (Helamã 8:7–9) Por que muitas vezes é preciso coragem para defender a verdade? O que podemos fazer para apoiar o profeta vivo?

• O que todos os santos profetas testificaram? (Helamã 8:14–16) O que o profeta vivo nos ensinou a respeito de Jesus Cristo? (Você pode ler um pequeno discurso do profeta vivo a respeito de Jesus.)

• O que Néfi disse ao povo a respeito do juiz supremo? (Helamã 8:27–28) Como Néfi sabia que isso havia acontecido?

• No que estavam pensando os cinco homens, quando correram até a cadeira do juiz? (Helamã 9:2) Como sabemos que os cinco homens, no final, acreditaram em tudo que Néfi lhes dissera? (Helamã 9:4–5, 39) O que podemos fazer para fortalecer nosso testemunho do profeta vivo?

• Como os outros juízes tentaram convencer o povo de que Néfi era um falso profeta? (Helamã 9:16) Qual foi a resposta de Néfi às acusações que lhe fizeram? (Helamã 9:25–35)

• Qual foi o efeito que as revelações de Néfi tiveram sobre algumas pessoas? (Helamã 9:39–41) De que modo vocês foram abençoados por seguir o profeta vivo? Pode usar a atividade complementar 3 para ajudar as crianças a compreenderem o papel de um profeta.

Atividades Complementares

Pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como revisão, resumo ou desafio.

  1. 1.

    Faça com que as crianças representem a história que se encontra em Helamã 8–9.

  2. 2.

    Leia e debata a seguinte declaração do Élder James E. Faust:

    “Temos a promessa de que o Presidente da Igreja receberá orientação para todos nós como o revelador da Igreja. Nossa segurança está em acatar aquilo que ele fala e seguir seus conselhos.” (A Liahona, janeiro de 1990, p. 8; Ver também D&C 21:4–6.)

  3. 3.

    Realize um debate sobre como os profetas atuais continuam a transmitir revelações do Pai Celestial e como abençoam a vida daqueles que seguem suas palavras. Dê exemplos de algumas revelações destes últimos dias, como a Palavra de Sabedoria (Ver D&C 89). Leia algumas palavras do profeta vivo tiradas de um discurso de conferência recente (Ver A Liahona). Pergunte às crianças como elas podem ser abençoadas por seguir os conselhos do profeta.

  4. 4.

    Revise a nona regra de fé e ajude as crianças a decorá-la.

  5. 5.

    Cante ou leia a letra de “Segue o Profeta”, p. 58 (Músicas para Crianças).

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho do profeta vivo e da veracidade de seus ensinamentos. Diga às crianças o quanto você foi abençoado por seguir os ensinamentos do profeta.

Sugestão para Designação de Leitura

Sugira às crianças que estudem Helamã 8:25-28 em casa, como revisão desta lição.Convide uma criança a fazer a última oração.