Joseph Smith Traduz a Bíblia e Outras Escrituras

Primária 5: Doutrina e Convênios, 1996


Propósito

Ajudar as crianças a compreenderem o papel desempenhado por Joseph Smith para que escrituras fossem trazidas à luz e incentivá-las a estudar as escrituras.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude os relatos históricos desta lição; Doutrina e Convênios 26:1, 45:60–61; Regras de Fé 1:8; e o cabeçalho do livro de Moisés e do livro de Abraão, em Pérola de Grande Valor. Em seguida, estude a lição e decida como pretende usar os relatos escriturísticos e históricos para ensinar as crianças. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi–vii, e “Como Usar os Relatos Escriturísticos e Históricos para Ensinar as Crianças”, p. vii–xii.)

  2. 2.

    Leitura adicional: Joseph Smith—História 1:9, 12–13, 17–19, 36–39; 1 Néfi 13:26 e a introdução de Pérola de Grande Valor.

  3. 3.

    Escolha as perguntas do debate e atividades complementares que mais envolvam e ajudem as crianças a alcançar o propósito da lição.

  4. 4.

    Prepare uma mensagem de duas ou três frases, como a seguinte para a atividade motivadora (se a classe for pequena, crie uma mensagem mais longa e com mais detalhes):

    • Um irmão e uma irmã estavam brincando na rua.

    • O irmão correu atrás de uma borboleta e caiu.

    • A irmã ajudou-o a levantar-se e ambos correram para casa.

  5. 5.

    Materiais Necessários:

    • Um conjunto de escrituras (Bíblia, Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor) para cada criança.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Coloque as crianças em fila. Sussurre a mensagem de duas ou três frases no ouvido da primeira criança da fila. Peça à criança que sussurre a mensagem para a próxima criança. Instrua cada criança a repetir a mensagem uma única vez. Continue até que ela chegue à última criança da fila. Peça à última criança que repita a mensagem em voz alta. Compare a mensagem da última criança com a mensagem original para ver como ela foi alterada.

• Como a mensagem havia mudado ao chegar no fim da fila? O que foi omitido? O que foi acrescentado?

• Por que acham que a mensagem mudou ao ser passada de uma pessoa para a outra?

Diga que assim como a mensagem mudou ao ser passada de uma pessoa para outra, através dos anos as escrituras da Bíblia foram alteradas nas traduções e cópias que as pessoas fizeram dela. Foram cometidos erros: alguns ensinamentos errados foram acrescentados à Bíblia e algumas partes importantes foram tiradas. O Senhor ordenou a Joseph Smith que preparasse uma tradução da Bíblia que restaurasse os ensinamentos corretos. (Ver Regra de Fé 1:8.)

Relatos Escriturísticos e Históricos

Ensine às crianças qual foi o papel desempenhado por Joseph Smith na preparação da tradução inspirada da Bíblia e outras escrituras, conforme descrito nos seguintes relatos históricos e nas escrituras relacionadas na seção “Preparação”. (Ver atividade complementar 1.)

Joseph Smith Recebe o Mandamento de Traduzir a Bíblia

Enquanto traduzia o Livro de Mórmon, Joseph Smith aprendeu que através dos anos muitas partes “claras e sumamente preciosas” da Bíblia haviam sido tiradas ou perdidas. (Ver 1 Néfi 13:26.) A Bíblia é um livro sagrado que contém a palavra de Deus, mas foram cometidos erros quando ela foi copiada e traduzida para diversas línguas. Palavras foram omitidas, modificadas ou acrescentadas, mudando o significado de algumas escrituras. Durante a apostasia que se seguiu à morte de Cristo não havia profetas ou apóstolos para garantirem que as escrituras fossem copiadas e traduzidas corretamente. Joseph Smith foi instruído a fazer uma nova tradução da Bíblia que restauraria e corrigiria essas partes claras e sumamente preciosas.

Pouco depois do término da tradução do Livro de Mórmon e da organização da Igreja, Joseph Smith recebeu uma revelação ordenando-lhe que estudasse a Bíblia. (Ver D&C 26:1.) Ao estudar o livro de Gênesis, Joseph teve muitas dúvidas e pediu fervorosamente ao Pai Celestial que o ajudasse a compreender a Bíblia. Em resposta a suas orações o Senhor revelou importantes informações a respeito do evangelho de Jesus Cristo e a criação da Terra. Essa informação foi publicada no livro de Moisés da Pérola de Grande Valor. (Peça às criança que procurem o cabeçalho do livro de Moisés em Pérola de Grande Valor; peçalhes também que procurem o cabeçalho de Gênesis na Bíblia e observem que ele também é chamado de “O Primeiro Livro de Moisés”.)

Em 1830, Joseph Smith começou a tradução correta da Bíblia. Ao fazer essa tradução da Bíblia, Joseph não estava traduzindo de uma língua antiga, como no caso do Livro de Mórmon, mas restaurando o significado original da Bíblia. Enquanto Joseph estudava e ponderava a Bíblia, foi inspirado pelo poder do Espírito Santo a corrigir os erros nela contidos.

Ao fazer a tradução inspirada da Bíblia, Joseph Smith ampliou seu conhecimento do evangelho e foi abençoado pelo Espírito Santo. Muitas revelações de Doutrina e Convênios são respostas a perguntas de Joseph sobre declarações da Bíblia que ele não compreendera.

Joseph Smith Traduz Outras Escrituras

Algumas das informações reveladas a Joseph enquanto estudava a Bíblia foram publicadas em Pérola de Grande Valor como o livro de Moisés. Também foi publicado em Pérola de Grande Valor o livro de Abraão, a tradução inspirada de Joseph Smith de alguns escritos egípcios.

No final da década de 1820, um explorador italiano chamado Antonio Lebolo conseguiu obter onze múmias de um antigo túmulo do Egito. Quando Lebolo morreu, as múmias foram embarcadas para os Estados Unidos. Um homem chamado Michael Chandler acabou ficando com as múmias, em 1833. Abriu os sarcófagos (os caixões que continham as múmias) e ficou desapontado por não encontrar jóias ou outros tesouros de valor. Junto a algumas das múmias havia rolos de papiro, um tipo de papel feito de plantas, embrulhados em pedaços de tecido de linho. Os rolos de papiro continham inscrições egípcias. O Sr. Chandler levou os rolos para a Pensilvânia, onde procurou encontrar homens cultos que lhe dissesem o que estava escrito ali, mas mesmo os que tinham mais conhecimento só conseguiram entender uma pequena parte das inscrições.

O Sr. Chandler decidiu viajar pelo país, mostrando as múmias ao povo. No verão de 1835 chegou a Kirtland, Ohio, onde conheceu Joseph Smith, que lhe disse que as inscrições podiam ser interpretadas. Mais tarde, alguns amigos do Profeta compraram as múmias e os rolos de papiro do Sr. Chandler. Joseph Smith estudou as letras e a gramática da língua egípcia e, depois, com a ajuda do Espírito Santo, traduziu as inscrições dos rolos de papiro. Os escritos que Joseph Smith traduziu falam a respeito do antigo profeta Abraão e encontram-se hoje publicados nos livro de Abraão da Pérola de Grande Valor.

Debate

Estude as perguntas e passagens das escrituras a seguir quando preparar a aula. Use as perguntas que, na sua opinião, ajudarão as crianças a compreenderem melhor as escrituras e aplicarem seus princípios na própria vida. A leitura das passagens com as crianças, na sala de aula, irá ajudá-las a ganhar maior entendimento das escrituras.

• Como Joseph Smith sabia onde estavam os erros na Bíblia? Como esses erros ocorreram? Como Joseph corrigiu esses erros?

• Que mandamento Joseph Smith recebeu em Doutrina e Convênios 26:1? Como o estudo das escrituras ajudou Joseph a preparar-se para traduzir? Como ele foi abençoado pelo estudo das escrituras?

• Por que devemos estudar as escrituras? O que acontece com nosso entendimento do evangelho quando estudamos as escrituras? Quem pode nos ajudar a compreender as escrituras? Como o estudo das escrituras nos aproxima do Pai Celestial e Jesus Cristo?

• O que Joseph Smith fez antes de começar a traduzir os rolos de papiro? Por que ele estudou a língua egípcia? Por que Joseph conseguiu traduzir os escritos dos papiros, sendo que homens mais cultos do que ele não conseguiram?

• Que escrituras temos atualmente que o Profeta Joseph Smith ajudou a trazer à luz e traduzir? (Todas as obras-padrão: A Bíblia, o Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor.) Reveja com as crianças o papel desempenhado por Joseph Smith para que tivéssemos esses livros para nosso uso.

• Como vocês e sua família podem estudar as escrituras? (Ver atividade complementar 4 e 5.) Como as escrituras têm sido uma bênção para vocês e suas famílias?

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. 1.

    Prepare um rolo simples para ser usado durante a lição. Escreva as seguintes frases em uma folha de papel comprida (ou várias folhas de papel coladas em seqüência), deixando suficiente espaço entre as frases para que possam ser mostradas uma por vez:

    • A Bíblia é um livro sagrado que contém a palavra de Deus.

    • As pessoas cometeram erros ao copiar e traduzir a Bíblia.

    • Joseph Smith recebeu o mandamento de corrigir os erros da Bíblia.

    • Ao estudar as escrituras, o entendimento que Joseph tinha do evangelho cresceu.

    • Os rolos de papiro foram encontrados com algumas múmias em uma tumba egípcia.

    • Joseph Smith traduziu os escritos dos rolos.

    • Ao estudarmos as escrituras, aprendemos a respeito do Pai Celestial, de Jesus Cristo e do evangelho.

    Pregue com fita adesiva ou cola cada extremidade do papel a uma vareta de madeira como, por exemplo, um lápis ou régua, ou um canudo de papelão, como aquele que fica no meio de um rolo de papel toalha. Enrole o papel em um dos pauzinhos ou canudos de modo que apenas a primeira frase apareça.

    Mostre o rolo às crianças e explique que os escritos antigos muitas vezes eram guardados em rolos. Faça o papel passar de um rolo para o outro, enquanto dá a aula, mostrando cada frase quando estiver falando sobre o assunto em questão.

  2. 2.

    Diga que apesar de não usarmos a tradução de Joseph Smith da Bíblia como um livro separado de escrituras, partes dela estão incluídas nas escrituras usadas pela Igreja. Ajude as crianças a encontrarem nas escrituras partes da Tradução de Joseph Smith: Joseph Smith—Mateus, em Pérola de Grande Valor, e a TJS depois do Guia de Estudo das Escrituras.

    Compare alguns dos versículos da tradução de Joseph Smith com os versículos originais na Bíblia. Peça a uma criança que leia o versículo da Bíblia e outra que leia o versículo da tradução de Joseph Smith. Troque idéias sobre como a tradução de Joseph Smith torna os versículos mais claros e fáceis de compreender.

    Exemplos:

    Referência

    Bíblia

    Tradução de Joseph Smith

    Êxodo 32:20

    “Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.”

    “Não poderás ver a minha face agora, (…) porquanto nenhum homem dentre eles me verá agora e viverá, porque são sumamente pecadores. E homem pecador algum viu, jamais ou homem pecador algum jamais verá a minha face e viverá.”

    I Samuel 16:14

    “E o Espírito do Senhor se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do Senhor.”

    “E o espírito do Senhor retirou-se de Saul; e atormentava-o um espírito mau, que não era da parte do Senhor.”

    João 1:18 (TJS, João 1:19)

    “Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.”

    “E Deus nunca foi visto por alguém, exceto por aquele que deu testemunho do Filho; porque a não ser que seja por ele, nenhum homem pode ser salvo.”

  3. 3.

    Revise Joseph Smith—História 1:11–14 com as crianças e saliente que Joseph Smith recebeu sua primeira visão depois de ter estudado a Bíblia procurando obter sabedoria de Deus.

    Troque idéias sobre a importância de estudarmos as escrituras e orarmos pedindo bênçãos e inspiração do Pai Celestial.

  4. 4.

    Relacione os objetos abaixo no quadro-negro e escreva cada referência das escrituras em uma folha separada de papel:

    Coragem

    Deuteronômio 31:6

    Obra missionária

    Doutrina e Convênios 112:28

    Perdão

    Mateus 6:14–15

    Amor

    João 13:34

    Amor do Pai Celestial

    João 3:16

    O Dia do Senhor

    Moisés 3:3

    Obediência

    Doutrina e Convênios 130:21

    Oração

    3 Néfi 18:21

    Batismo

    Doutrina e Convênios 20:72–74

    Explique às crianças que podemos encontrar conselhos sobre assuntos específicos ao estudarmos as escrituras. Peça a uma criança que escolha um papel, procure a referência das escrituras e leia a escritura para a classe. Peça às crianças que encontrem o assunto correspondente na lista do quadro-negro.

    Ajude as crianças a encontrar o Guia de Estudo das Escrituras e expliquelhes como usar o Guia para estudar o que as escrituras dizem a respeito de assuntos específicos.

  5. 5.

    Peça às crianças que sugiram maneiras diferentes pelas quais podemos estudar as escrituras. Escreva suas sugestões no quadro-negro.

    Possíveis sugestões:

    • Estabelecer a meta de estudar um ou dois versículos das escrituras por dia;

    • Ler as escrituras em voz alta com a família;

    • Ler as histórias ilustradas das escrituras em A Liahona;

    • Ler História Ilustrada do Velho Testamento (31118 059), História Ilustrada do Novo Testamento (31119 059), História Ilustrada do Livro de Mórmon (31117 059), História Ilustrada de Doutrina e Convênios (31122 059) e História das Escrituras (31120 059);

    • Depois de ouvir uma história das escrituras em um discurso da Igreja, procurar a história em suas escrituras e ler em casa;

    • Depois de cada aula da Primária, ler a “Sugestão para Designação de Leitura” para recapitular a lição;

    • Falar a respeito de algo que tenha lido nas escrituras com a família na noite familiar.

    Pode-se pedir às crianças que escolham e escrevam uma maneira pela qual irão estudar as escrituras na semana seguinte.

  6. 6.

    Ajude as crianças a decorarem a oitava regra de fé. Troque idéias com as crianças sobre por que acreditamos na Bíblia “desde que esteja traduzida corretamente”.

  7. 7.

    Cante ou leia a letra de “Ler, Ponderar e Orar” (Músicas para Crianças, p. 66.)

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho das escrituras e expresse sua gratidão por elas. Conte uma experiência pessoal em que as escrituras tiveram um significado especial para você.

Sugestão para Designação de Leitura

Sugira às crianças que estudem em casa, como revisão, a segunda metade da introdução de Pérola de Grande Valor, que explica seu conteúdo.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversarem com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou lerem com a família a “Sugestão para Designação de Leitura”.

Convide uma criança para fazer a última oração.