O Profeta Tem uma Visão dos Três Graus de Glória

Primária 5: Doutrina e Convênios, 1996


Propósito

Proporcionar às crianças um melhor entendimento dos três graus de glória e fortalecer-lhes o desejo de voltar a viver com o Pai Celestial em companhia de sua família.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude o relato histórico desta lição; Doutrina e Convênios 131–1–4; e os seguintes versículos de Doutrina e Convênios 76: versículos 11–24 (circunstâncias em que Joseph Smith e Sidney Rigdon tiveram a visão dos três graus de glória); versículos 50–60, 62, 70, 92–93 (requisitos para o reino celestial e suas recompensas); versículos 71–80 (requisitos para o reino terrestre e suas recompensas); e versículos 81–90, 100–103 (requisitos para o reino teleste e suas recompensas.) Em seguida, estude a lição e decida como pretende usar os relatos escriturísticos e históricos para ensinar as crianças. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi–vii, e “Como Usar os Relatos Escriturísticos e Históricos para Ensinar as Crianças”, p. vii–xii.)

  2. 2.

    Leitura adicional: João 5:28–29 e Princípios do Evangelho (31110 059), capítulos 46 e 47.

  3. 3.

    Escolha as perguntas do debate e atividades complementares que mais envolvam e ajudem as crianças a alcançar o propósito da lição.

  4. 4.

    Faça as seguintes tiras de papel:

    • Reino Celestial

    • Reino Terrestre

    • Reino Teleste

  5. 5.

    Materiais Necessários:

    1. a.

      Um exemplar de Doutrina e Convênios para cada criança;

    2. b.

      Uma Bíblia.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Peça às crianças que fechem os olhos e imagine que estão ao ar livre, numa noite nublada e totalmente escura.

• O que estão vendo?

• O que veriam se tivessem a luz das estrelas?

• O que veriam se tivessem a luz da lua?

• O que veriam se tivessem a luz do sol?

Peça às crianças que abram os olhos. Desenhe uma estrela, a lua e o sol no quadro-negro, com a estrela em baixo, a lua mais para cima e o sol acima da lua.

light sources

• Se pudessem escolher uma dessas fontes de luz para ajudá-los a enxergar, qual seria? Por quê?

Diga que o Pai Celestial providenciou três lugares diferentes para as pessoas viverem depois da ressurreição. Os lugares são chamados de reinos de glória nos céus.

Ao ensinar as seguintes informações a respeito desses reinos, coloque a tira de papel correspondente na frente do desenho da estrela, da lua ou do sol:

  • O reino teleste é o mais baixo. Sua glória é comparada ao brilho das estrelas. (Ver D&C 76:81.)

  • O reino terrestre é o do meio. Sua glória é comparada ao brilho da lua. (Ver D&C 76:71.)

  • O reino celeste é o mais alto. Sua glória é comparada à luz do sol. (Ver D&C 76:70.)

Peça às crianças que repitam as palavras escritas nas tiras de papel.

Diga que aprendemos a respeito desses reinos e sobre quem viverá em cada um deles em uma visão que Joseph Smith e Sidney Rigdon tiveram.

Relatos Escriturísticos e Históricos

Conte às crianças a visão dos céus que Joseph Smith e Sidney Rigdon tiveram, conforme descrito no relato histórico a seguir. Depois converse sobre o testemunho que Joseph e Sidney prestaram de Jesus Cristo e sua explicação dos três reinos e de quem viverá em cada um deles, conforme explicado nas escrituras relacionadas na seção “Preparação”.

Ao falar sobre os três reinos, saliente que o Pai Celestial e Jesus Cristo querem que todos nós vivamos no mais alto nível ou grau do reino celestial com Eles e nossa família. Para sermos dignos de viver no reino celestial, devemos guardar os mandamentos do Pai Celestial e receber importantes ordenanças do evangelho. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi restaurada na Terra para ajudar-nos a alcançar o reino celestial.

Enquanto Joseph Smith e Sidney Rigdon trabalhavam na tradução do Novo Testamento, em 1832, leram João 5:29, que se refere à ressurreição das pessoas que fizeram coisas boas e as que fizeram coisas más. Essa escritura fez com que Joseph e Sidney imaginassem como seria o céu. Chegaram à conclusão de que se Deus recompensa as pessoas depois da morte de acordo com o que foram aqui na Terra, então deve haver mais de um lugar, ou reino, nos céus. (Ver cabeçalho da seção 70.) Enquanto pensavam nisso, Joseph e Sidney tiveram uma visão do Pai Celestial, Jesus Cristo e os três graus de glória: o reino celestial, o terrestre e o teleste. Essa visão está descrita em Doutrina e Convênios 76.

Tiveram a visão na casa de John Johnson, em Hiram, Ohio, onde Joseph e Emma Smith moravam na época. Aproximadamente doze homens estavam na sala e foram testemunhas da visão que Joseph e Sidney receberam, mas eles próprios não a viram. Philo Dibble, um dos presentes, relatou o que observou:

“Joseph dizia de tempos em tempos: ‘O que estou vendo?’ como alguém que estivesse olhando para fora da janela e visse o que ninguém mais na sala conseguia ver. Em seguida, relatava o que tinha visto e o que estava vendo. Então Sidney dizia: ‘Estou vendo o mesmo’.

Depois, Sidney dizia: ‘O que estou vendo?’ e repetia o que tinha visto ou estava vendo. Joseph então dizia: ‘Estou vendo o mesmo’.

Esse diálogo repetiu-se a pequenos intervalos até o final da visão; durante todo o tempo nenhuma palavra foi proferida por qualquer outra pessoa (…) Nenhum som ou movimento foi feito por qualquer pessoa além de Joseph e Sidney, e pareceu-me que não moveram sequer uma junta ou membro durante todo o tempo em que estive lá, que creio ter sido mais de uma hora, até o final da visão.

Joseph permaneceu firme e calmo o tempo todo, irradiando uma glória magnífica, mas Sidney estava mole e pálido, em frangalhos. Observando esse fato ao término da visão, Joseph comentou com um sorriso: ‘Sidney não está acostumado a isso como eu’.” (Citado em Carter E. Grant, The Kingdom of God Restored, pp. 156–157.)

Joseph Smith continuou a aprender e a ensinar sobre os três reinos de glória. Em 1836, Joseph e mais alguns homens tiveram outra visão do Pai e do Filho e do reino celestial, enquanto estavam no templo de Kirtland. Essa visão está registrada em Doutrina e Convênios 137. Em 1843, Joseph ensinou a alguns amigos que o reino celestial é dividido em três níveis, ou graus. O mais alto grau é a única parte do céu em que as pessoas viverão como família. O Profeta ensinou que uma pessoa precisa ser casada para a eternidade no templo para obter esse grau mais elevado do reino celestial. Esses ensinamentos estão registrados em Doutrina e Convênios 131:1–4.

Debate

Estude as perguntas e passagens das escrituras a seguir quando preparar a aula. Use as perguntas que, na sua opinião, ajudarão as crianças a compreenderem melhor as escrituras e aplicarem seus princípios na própria vida. A leitura das passagens com as crianças, na sala de aula, irá ajudá-las a ganhar maior entendimento das escrituras.

• O que Joseph Smith e Sidney Rigdon viram quando meditavam sobre a escritura que se encontra em João 5:29? (D&C 76:19–21) Que testemunho prestaram de Jesus Cristo? (D&C 76:22–24) Como seu testemunho fortalece o nosso próprio testemunho de Jesus Cristo?

• Quem viverá no reino teleste? (D&C 76:81–82, 103) Que membro da Trindade visitará as pessoas no reino teleste? (D&C 76:86, 88) Diga que o Espírito Santo e os anjos ministrarão entre as pessoas no reino teleste. As pessoas que lá estiverem saberão do Pai Celestial e Jesus Cristo, mas nunca poderão viver com Eles ou vê-Los. (Ver atividade complementar 3.)

• Quem viverá no reino terrestre? (D&C 76:71–76) Que membro da Trindade visitará as pessoas no reino terrestre? (D&C 76:77) Diga que Jesus Cristo visitará as pessoas no reino terrestre. As pessoas saberão do Pai Celestial mas nunca poderão viver com Ele. (Ver atividade complementar 3.)

• Quem viverá no reino celestial? (D&C 76:50–52) Diga que no reino celestial estarão os membros fiéis da Igreja que forem batizados e confirmados e guardarem os mandamentos. (Ver atividade complementar 1.) Com que membros da Trindade viverão as pessoas no reino celestial? (D&C 76:62; ver atividade complementar 3.)

• Como Joseph descreveu o reino celestial em Doutrina e Convênios 137? (D&C 137:1–4) Quem Joseph viu, além do Pai Celestial e Jesus Cristo, em sua visão do reino celestial? (D&C 137:5) Lembre às crianças que Alvin era o irmão mais velho de Joseph, que morreu antes de Joseph receber as placas de ouro. Por que Joseph ficou surpreso ao ver Alvin no reino celestial? (Alvin não havia sido batizado; D&C 137:6) O que o Senhor disse a Joseph a respeito de Alvin e de outras pessoas como ele, que não tiveram a oportunidade de ouvirem o evangelho e serem batizadas? (D&C 137:7) O que acontece com as crianças que morrem antes dos oito anos de idade? (D&C 137:10)

• Em quantas partes está dividido o reino celestial? (D&C 131:1) Quem viverá no grau mais alto do reino celestial? (D&C 131:2–3) Diga que para o mais alto grau do reino celestial irão aqueles que fizeram e guardaram convênios (promessas) sagradas no templo, incluindo o casamento para a eternidade no templo. Lembre às crianças que o mais alto grau do reino celestial é o único lugar em que as famílias poderão viver unidas.

• Por que vocês gostariam de viver no reino celestial?

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. 1.

    Antes da aula, faça uma grande ilustração do sol em papel e corte-o em forma de quebra-cabeças de quatro peças. Escreva uma das seguintes frases em cada peça:

    1. a.

      Ser batizado e confirmado membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

    2. b.

      Receber o dom do Espírito Santo pela imposição das mãos.

    3. c.

      Receber a investidura do templo.

    4. d.

      Ser casado, ou selado, no templo.

    Explique às crianças que devemos receber certas ordenanças para podermos viver com o Pai Celestial e Jesus Cristo no mais alto grau do reino celestial. Coloque as quatro peças do quebra-cabeças sobre uma mesa ou no chão, com a ilustração para cima. Peça a uma criança que vire uma das peças e leia o que está escrito. Repita com as três outras peças. Depois, faça com que as crianças montem o quebra-cabeças.

    • Quais dessas ordenanças vocês já receberam? Quais ainda precisam receber?

    Assegure às crianças que se vivermos dignamente, no momento adequado teremos a oportunidade de receber todas essas ordenanças.

  2. 2.

    Prepare as seguintes tiras de papel:

    • Viver com o Pai Celestial e Jesus Cristo (D&C 76:62)

    • Tornar-se semelhante ao Pai Celestial (D&C 76:58; 132:20)

    • Viver com os membros de minha família que forem dignos (D&C 131:2–4)

    • Receber a plenitude da alegria (D&C 138:17)

    Escreva no quadro-negro: Se eu for digno de viver no mais alto grau do reino celestial, poderei:

    Peça a uma criança que escolha uma das tiras, leia o que está escrito nela e coloque-a no quadro-negro embaixo da declaração. Troque idéias com as crianças sobre as bênçãos prometidas. Repita o mesmo processo para cada uma das outras tiras. Ajude as crianças a compreenderem como será maravilhoso viver no reino celestial e incentive-as a guardar os mandamentos para que sejam dignas de viver no mais alto grau do reino celestial.

  3. 3.

    Faça uma cópia para cada criança da folha que se encontra no final da lição. Peça às crianças que tracem uma linha relacionando o reino da primeira coluna com a descrição correta na segunda coluna. Se não for possível fazer uma cópia para cada criança, leia as descrições em voz alta e peça às crianças que decidam juntas qual é o reino correto. (Respostas: a-3; b-1; c-2.)

  4. 4.

    Ajude as crianças a decorarem Doutrina e Convênios 76:22–23 até “à direita de Deus”.

  5. 5.

    Cante ou leia a letra de “Eu Sei Que Deus Vive” (Músicas para Crianças, p. 2).

Conclusão

Testemunho

Compartilhe com as crianças seus sentimentos a respeito do Pai Celestial e Jesus Cristo e diga-lhes por que deseja viver com Eles no reino celestial. Incentive as crianças a decidirem obedecer aos mandamentos e receber as devidas ordenanças, para que se tornem dignas de viver com o Pai Celestial, Jesus Cristo e sua família no mais alto grau do reino celestial.

Sugestão para Designação de Leitura

Sugira às crianças que estudem Doutrina e Convênios 76:11–24 em casa, para recapitularem a lição.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversarem com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou lerem com a família a “Sugestão para Designação de Leitura”.

Convide uma criança para fazer a última oração.