Joseph Smith Recebe as Placas de Ouro

Primária 5: Doutrina e Convênios, 1996


Propósito

Ajudar as crianças a compreenderem que quando somos obedientes e fazemos nossa parte, o Pai Celestial nos ajuda.

Preparação

  1. 1.

    Em espírito de oração, estude Joseph Smith—História 1:59–26, Isaías 29:11–12 (profecia sobre a visita de Martin Harris ao Professor Anthon) e o relato histórico desta lição. Em seguida, estude a lição e decida como pretende usar os relatos escriturísticos e históricos para ensinar as crianças. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi–vii, e “Como Usar os Relatos Escriturísticos e Históricos para Ensinar as Crianças”, p. vii–xii.)

  2. 2.

    Leitura adicional: 2 Néfi 27:15–20.

  3. 3.

    Escolha as perguntas do debate e atividades complementares que mais envolvam e ajudem as crianças a alcançar o propósito da lição.

  4. 4.

    Copie as seguintes ilustrações em uma folha de papel ou no quadro-negro:

    hiding places
  5. 5.

    Materiais Necessários:

    1. a.

      Pérola de Grande Valor para cada criança;

    2. b.

      Uma Bíblia e um Livro de Mórmon;

    3. c.

      O mapa da região de Nova York-Ohio, que se encontra no final da lição 1;

    4. d.

      Gravura 5-11, Joseph Smith Recebe as Placas de Ouro [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 406]; gravura 5-12, Joseph Smith Leva as Placas de Ouro para a Carroça; gravura 5-13, As Placas de Ouro.

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Mostre as ilustrações da árvore caída, da lareira, da oficina e do barril de feijões.

• O que esses objetos têm em comum?

Depois que as crianças tiverem dado suas respostas, diga que cada um desses objetos foi usado por Joseph Smith para esconder as placas de ouro a fim de mantê-las em segurança. Peça às crianças que fiquem atentos à lição a fim de descobrirem como Joseph usou cada um desses objetos.

Histórias das Escrituras e Relatos Históricos

Ensine as crianças a respeito da ocasião em que Joseph Smith recebeu as placas de ouro, o conselho de Morôni a Joseph a respeito da segurança das placas de ouro e os esforços de Joseph para proteger as placas, conforme descrito em Joseph Smith—História 1:59–61 e no relato histórico a seguir. Use as gravuras e o mapa no momento oportuno.

Quando chegou a época de Joseph Smith receber as placas de ouro, ele tomou um cavalo e uma carroça emprestados e foi com sua esposa, Emma, até o monte Cumora, onde as placas estavam enterradas. Joseph deixou Emma na carroça, junto ao sopé do monte, e subiu sozinho para encontrar-se com o anjo Morôni. Morôni entregou as placas de ouro a Joseph. Entregou também o Urim, o Tumim e um peitoral, que eram instrumentos para ajudar na tradução das placas de ouro.

Morôni avisou Joseph que homens malvados estariam à espera de uma oportunidade para roubar as placas e disse que Joseph deveria fazer tudo que estivesse a seu alcance para mantê-las em segurança. (Ver Joseph Smith— História 1:59.) Assim que souberam que Joseph tinha as placas, os homens tentaram roubá-las. (Ver Joseph Smith—História 1:60.) Joseph teve que escondê-las em vários lugares para mantê-las em segurança.

Depois que Joseph e Emma deixaram o monte onde as placas estavam enterradas, Joseph parou a carroça e levou as placas até um bosque. Lá, encontrou uma grande árvore caída, que tinha a parte interior mole e apodrecida. Cortou a casca da árvore, cavou um buraco e escondeu as placas dentro do tronco, cobrindo-as novamente com a casca da árvore.

Poucos dias depois, quando Joseph trabalhava a vários quilômetros de Palmyra, sua família ficou sabendo que alguns homens iriam sair em busca das placas de ouro. Emma imediatamente selou um cavalo e foi avisar Joseph. Joseph já havia sido alertado pelo Urim e Tumim de que as placas estavam em perigo. Joseph voltou a Palmyra, tirou as placas da árvore, embrulhou-as em um pano e pôs-se a caminho de sua casa. Achou que seria mais seguro andar pelo meio do bosque, em vez de seguir pela estrada, mas no bosque foi golpeado nas costas com o cabo de uma arma. Joseph derrubou o atacante e fugiu o mais rapidamente possível. Foi atacado mais duas vezes, mas conseguiu escapar e levar as placas em segurança até sua casa.

Em outra ocasião, Joseph ficou sabendo que uma multidão estava indo até sua casa procurar as placas. Ele tirou algumas pedras da parte da frente da lareira e escondeu as placas debaixo delas. Assim que as pedras foram colocadas no lugar, um grupo de homens chegou à casa. Joseph, seu pai e irmãos correram para fora da casa, gritando. A multidão pensou que havia muitos homens ajudando Joseph e todos fugiram assustados.

Poucos dias depois, Joseph foi inspirado a tirar as placas, junto com a caixa de madeira em que estavam guardadas, de sob as pedras da lareira. Ele carregou o fardo até o outro lado da rua, para uma oficina da fazenda Smith. Tirou as placas de ouro da caixa, embrulhou-as em um pano e escondeu-as no sótão da oficina. Depois, arrancou algumas tábuas do chão, escondeu a caixa vazia debaixo das tábuas e pregou-as de volta no lugar. Ao cair da noite, a multidão chegou e procurou as placas. Arrancaram as tábuas do chão e encontraram a caixa vazia, mas as placas de ouro ficaram em segurança onde Joseph as escondera, no sótão da oficina.

Por causa de toda a perseguição e das tentativas de roubo das placas de ouro, Joseph sabia que não poderia fazer o trabalho de tradução em Palmyra. Joseph e Emma decidiram mudar-se para Harmony, Pensilvânia, onde moravam os pais de Emma. Joseph estava preocupado sobre como levar as placas de ouro para Harmony em segurança. Ele pôs as placas dentro de uma caixa e colocou a caixa no fundo de um barril. Encheu o barril com feijões e pregou a tampa. Com o barril e outros pertences na carroça, Joseph e Emma partiram para Harmony. Apesar de serem parados no caminho por pessoas que vasculharam a carroça procurando as placas, elas não foram encontradas.

Como Joseph fez o melhor que pôde para proteger as placas, como lhe fora ordenado, o Pai Celestial ajudou-o a manter as placas em segurança, enviando também ajuda de outras maneiras. Parte dessa ajuda veio de um rico fazendeiro chamado Martin Harris, que era um velho amigo da família Smith. Quando Joseph e Emma se preparavam para partir para Harmony, Martin Harris procurou Joseph e disse: “Aqui estão cinqüenta dólares, Sr. Smith; dou-lhe este dinheiro para que o utilize no trabalho do Senhor, ou melhor, ofereço isso ao Senhor para o Seu trabalho” [Citado em Lucy Mack Smith, History of Joseph Smith (História de Joseph Smith), p. 118]. Com esse dinheiro, Joseph e Emma puderam mudar-se para Harmony a fim de continuarem o trabalho do Senhor de trazer à luz o Livro de Mórmon.

Martin Harris continuou a ajudar Joseph Smith de diversas maneiras. Depois que Joseph e Emma se mudaram, Martin visitou Joseph em Harmony. Joseph tinha copiado muitos dos caracteres das placas de ouro e traduzido alguns deles. Martin levou os caracteres e a tradução para Charles Anthon, um professor de línguas da cidade de Nova York, e depois para um certo Dr. Mitchell.

Conte às crianças a experiência que Martin Harris teve com o Professor Anthon e o Dr. Mitchell, conforme registrado em Joseph Smith—História 1:62–65. Ajude as crianças a compreenderem que esses eventos cumpriram uma profecia feita pelo profeta Isaías (Isaías 29:11–12; ver também 2 Néfi 27:15–20) milhares de anos antes da época em que Joseph Smith viveu.

Debate

Estude as perguntas e passagens das escrituras a seguir quando preparar a aula. Use as perguntas que, na sua opinião, ajudarão as crianças a compreenderem melhor as escrituras e aplicarem seus princípios na própria vida. A leitura das passagens com as crianças, na sala de aula, irá ajudá-las a ganhar maior entendimento das escrituras.

• Quantos anos se passaram entre a primeira visita do anjo Morôni e a época em que Joseph Smith recebeu as placas de ouro? (Joseph Smith 1:53) Por que Joseph teve que esperar tanto tempo para receber as placas?

• Que responsabilidade o anjo Morôni deu a Joseph com relação às placas de ouro? (Joseph Smith—História 1:59) Que aviso e que promessa Joseph recebeu de Morôni?

• O que aconteceu assim que souberam que Joseph Smith tinha as placas de ouro? (Joseph Smith—História 1:60) Por que vocês acham que as pessoas queriam roubar as placas de Joseph? (As placas de ouro eram muito valiosas; Satanás não queria que as placas fossem traduzidas.) Saliente que apesar de as pessoas não acreditarem que Joseph era um profeta, acreditaram que ele tinha as placas de ouro. Por que vocês acham que as pessoas acreditaram que Joseph tinha as placas de ouro, apesar de não acreditarem que ele fosse um profeta?

• O que Joseph Smith fez para manter as placas em segurança? Como Joseph soube quando mudar as placas de lugar e onde escondê-las para mantê-las em segurança? Ajude as crianças a compreenderem que o Pai Celestial ajudou Joseph a saber quando as placas estavam em perigo. Saliente que Joseph fez sua parte e foi obediente ao aviso de Morôni.

• Quando temos problemas ou dificuldades, como podemos receber a ajuda do Pai Celestial para resolvê-los? Conte uma experiência pessoal de uma ocasião em que pediu ajuda ao Pai Celestial e recebeu-a. Convide as crianças a falarem de ocasiões em que o Pai Celestial as ajudou em seus problemas.

• O que o Professor Anthon disse a Martin Harris, na primeira vez que ele lhe mostrou uma cópia de alguns escritos do Livro de Mórmon? (Joseph Smith— História 1:64) Por que vocês acham que o Professor Anthon rasgou o certificado, quando soube que um anjo havia mostrado a Joseph Smith o local em que as placas de ouro estavam escondidas? (Joseph Smith—História 1:65)

• Como vocês acham que a experiência de Martin Harris com Charles Anthon e com o Dr. Mitchell ajudou a fortalecer seu testemunho de que Joseph Smith era um profeta? De que modo a leitura desses incidentes ajudam a fortalecer nosso testemunho? (Ver Isaías 29:11–12.)

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

  1. 1.

    Antes da aula, escreva as seguintes situações, ou outras adequadas, em várias folhas de papel, para as crianças de sua classe:

    • Você terá uma prova na escola.

    • Você foi convidado para fazer um discurso na Primária.

    • Você vai jogar em uma competição esportiva.

    • Você acabou de mudar-se para uma nova vizinhança e quer fazer novos amigos.

    • Você teve uma discussão com um amigo.

    • Você às vezes briga com seu irmão ou irmã.

    • Você vai tocar em um recital ou fazer uma apresentação.

    • Você quer brincar com um amigo, mas seus pais precisam de ajuda em casa.

    Debata com as crianças como o Pai Celestial nos ajuda em nossos problemas e dificuldades quando fazemos nossa parte. Escreva o seguinte no quadro- negro:

    • Ore a respeito do problema ou dificuldade.

    • Seja digno e siga os sussurros do Espírito.

    • Faça todo o possível para resolver o problema.

    Peça a cada criança que escolha uma folha de papel e leia para a classe. Debata como as crianças podem resolver o problema ou dificuldade, usando os passos escritos no quadro-negro. 2. Estude brevemente como o Senhor disse a Néfi que voltasse a Jerusalém para apanhar as placas de latão de Labão e converse sobre os esforços de Néfi para obtê-las. (Ver 1 Néfi 3–5.) Saliente que, como Néfi foi obediente e fez sua parte, o Senhor ajudou-o a cumprir o que precisava fazer. Peça a uma criança que leia 1 Néfi 3:7 em voz alta e ajude as crianças a decorarem a primeira parte do que Néfi disse a seu pai: “Eu irei e cumprirei as ordens do Senhor”.

  2. 3.

    Peça às crianças que mencionem as pessoas que as ajudam todos os dias. Faça uma lista dessas pessoas no quadro-negro. Ajude as crianças a compreenderem que o Pai Celestial nos ajuda por meio de nossos amigos. Recapitule como o Senhor inspirou Martin Harris a ajudar Joseph, quando ele precisava de ajuda. Debata como é importante ser um bom amigo e ajudar as pessoas que precisam de ajuda, sempre que possível. Peça às crianças que contem uma experiência em que precisavam de ajuda e receberam-na por meio de um amigo, ou uma experiência na qual puderam ajudar um amigo.

  3. 4.

    Ensine as crianças a respeito do Urim e Tumim:

    O Urim e Tumim são instrumentos sagrados fornecidos por Deus para ajudar os profetas a receberem revelações do Senhor e traduzirem línguas. (Ver Dicionário Bíblico, “Urim e Tumim”.)

    Joseph Smith descreveu o Urim e Tumim como “duas pedras em aros de prata (…) presas a um peitoral”. (Joseph Smith—História 1:35) O Profeta declarou que, quando era humilde e orava podia ler nessas pedras a estranha língua escrita nas placas de ouro. Ele também podia olhar essas pedras e obter a palavra do Pai Celestial a respeito de certas coisas que precisava saber e fazer.

    Ajude as crianças a encontrarem e debaterem as seguintes escrituras que falam do Urim e Tumim:

    • Êxodo 28:30

    • Mosias 28:11,13

    • Éter 3:23–24, 4:4–5

    • Doutrina e Convênios 17:1

  4. 5.

    Escreva as seguintes declarações em folhas de papel separadas:

    • Cada placa de ouro tinha quinze centímetros de largura por vinte centímetros de comprimento.

    • Joseph Smith descreveu as placas como sendo “um pouco mais finas do que latão comum”.

    • Três anéis prendiam o livro de placas.

    • O livro inteiro tinha cerca de quinze centímetros de espessura.

    • Havia pequenos caracteres gravados nas placas.

    • Parte do livro estava selada e não podia ser traduzida.

    • Joseph Smith foi informado de que a parte selada seria traduzida no futuro.

    Entregue uma folha de papel a cada criança e peça-lhes que leiam as declarações em voz alta para que os outros alunos saibam como eram as placas de ouro. [Ver History of the Church (História da Igreja), 4:537.]

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho de que o Pai Celestial ama a cada um de nós e nos ajudará se formos obedientes e fizermos nossa parte. Expresse sua gratidão pelo exemplo e diligência de Joseph Smith ao enfrentar muitos problemas e desafios para proteger as placas de ouro.

Sugestão para Designação de Leitura

Sugira às crianças que estudem Joseph Smith—História 1:59–60 em casa, como recordação da aula.

Sugestão para Atividade com a Família

Incentive as crianças a conversarem com a família a respeito de uma parte específica da lição, como, por exemplo, uma história, pergunta ou atividade, ou lerem com a família a “Sugestão para Designação de Leitura”.

Convide uma criança para fazer a última oração.