4: Auxiliar os membros novos e menos ativos

"4: Auxiliar os membros novos e menos ativos," Parte B: Princípios Básicos do Ensino do Evangelho — Amar os Alunos, ()


O Presidente Gordon B. Hinckley declarou: “Não é fácil tornar-se membro desta Igreja. Na maioria dos casos, isso acarreta o abandono de velhos hábitos, velhos amigos e companheiros e a adaptação a uma nova sociedade, diferente e um tanto exigente.

Com o número crescente de conversos, precisamos de um esforço significativamente maior no sentido de ajudálos a encontrar o rumo. Todos esses conversos precisam de três coisas: fazer um amigo, ter uma responsabilidade e ser nutridos “pela boa palavra de Deus”. (Morôni 6:4) Para nós, é um dever e uma oportunidade proporcionar-lhes essas coisas. (…)

Esse trabalho é de todos. (…)

Peço a cada um de vocês que ajudem nesta tarefa. Precisamos de sua capacidade de fazer amizades. Precisamos de seu senso de responsabilidade.” (A Liahona, julho de 1997, pp. 53, 55)

Como professor do evangelho, você talvez tenha a oportunidade de servir a pessoas que tenham entrado para a Igreja recentemente ou que estejam voltando à atividade. Siga os conselhos do Presidente Hinckley e faça amizade com elas, dê-lhes a oportunidade de participar das aulas e certifique-se de que sejam nutridas pela palavra de Deus. A seguir, há algumas sugestões para auxiliá-lo nessa tarefa:

“Fazer um Amigo”

A Primeira Presidência aconselhou-nos a “integrar os pesquisadores e membros novos, envolvendo-os em relacionamentos de amor que os ajudem a fazer a transição social para novos amigos e novo estilo de vida”. (“Helping New Members”, anexo da carta da Primeira Presidência, 15 de maio de 1997)

Você pode ajudar as pessoas a fazerem esta transição convidando-as para as aulas, dando-lhes as boas-vindas pelo nome quando chegarem e apresentando-as aos demais alunos.

“Ter uma Responsabilidade”

Nas classes da Igreja, todos os alunos têm a responsabilidade de contribuir para criação de uma atmosfera propícia ao aprendizado. (Ver as páginas 77-78.) No entanto, pode ser que os membros novos e menos ativos precisem de incentivos específicos para aceitar essa responsabilidade. Algumas idéias para ajudá-los a participar das aulas são as seguintes:

  • Nas discussões em classe, faça-lhes perguntas que você saiba que eles terão condições de responder;

  • Incentive-os a prestarem testemunho e relatarem experiências pessoais que tiveram ao aprender as verdades do evangelho;

  • Peça-lhes que façam leituras em voz alta. Dê-lhes tempo para prepararem-se e converse com eles com antecedência sobre as passagens das escrituras ou outros materiais que você gostaria que eles lessem.

  • Chame-os para orar. Para que não se sintam pouco à vontade, faça o convite com antecedência.

  • Se for distribuir designações, faça-o com antecedência para que os alunos tenham tempo suficiente para prepararem-se. Ofereça-se para ajudar caso eles precisem.

À medida que participarem de discussões em classe e outras atividades, os membros novos e menos ativos aumentarão sua compreensão do evangelho e seu compromisso para com o Senhor e Sua Igreja. Fortalecerão também o professor e os demais alunos.

“Ser Nutridos pela ‘Boa Palavra de Deus’”

Os recém-conversos e os membros que estejam voltando à atividade na Igreja costumam mostrar-se ávidos por aprender sobre o evangelho. Você pode ajudá-los a conservar esse entusiasmo e aumentar o conhecimento deles do evangelho. Examine as sugestões a seguir:

  • Expresse seu entusiasmo pelo evangelho.

  • Preste testemunho.

  • Externe seu amor pelas escrituras.

  • Reserve tempo para conversar com eles fora da sala para fazer amizade com eles e verificar que estejam entendendo os princípios ensinados.

  • Conte-lhes experiências que você teve ao viver o evangelho;

  • Incentive-os a estudar as escrituras sozinhos.