2: Ensinar em reuniões de liderança

"2: Ensinar em reuniões de liderança," Parte E: Ensinar em Situações de Liderança, ()


O Senhor disse: “E agora, eis que vos dou o mandamento de que, quando estiverdes congregados, deveis instruir-vos e edificarvos uns aos outros, para que saibais como agir e como dirigir minha igreja, como proceder com respeito aos pontos de minha lei e dos mandamentos que dei. E assim vos tornareis instruídos na lei de minha igreja; e sereis santificados por meio daquilo que recebestes e fareis convênio de que agireis em toda a santidade diante de mim”. (D&C 43:8–9)

Referindo-se a essa revelação, o Élder Jeffrey R. Holland declarou: “Em nossas reuniões administrativas, sejamos todos instruídos e edificados, como dizem as revelações, para que até nesses momentos o ensino venha ‘do alto’”. (A Liahona, julho de 1998, p. 29; ver também D&C 43:16)

Como as reuniões de liderança costumam ser curtas, deve-se planejar cuidadosamente o tempo dedicado ao ensino. Em algumas reuniões, o ensino pode consistir de um breve pensamento espiritual proferido no início. Em outras, um ou mais participantes podem ser convidados com antecedência para dirigir os colegas em um estudo detalhado de assuntos escolhidos previamente. As pessoas que receberem essas designações devem utilizar os princípios e métodos de ensino recomendados neste livro.

Decidir o que Ensinar

Ao prepararem-se para reuniões de liderança que conterão instruções detalhadas, os líderes que estiverem presidindo devem decidir em espírito de oração o que vão ensinar e a quem vão convidar para fazê-lo. Podem escolher assuntos que estejam relacionados à doutrina ou que digam respeito à administração da Igreja e aos deveres dos participantes. O Senhor disse:

“E dou-vos um mandamento de que vos ensineis a doutrina do reino uns aos outros. Ensinai diligentemente e minha graça acompanhar-vos-á, para que sejais instruídos mais perfeitamente em teoria, em princípio, em doutrina, na lei do evangelho, em todas as coisas pertinentes ao reino de Deus, que vos convém compreender.” (D&C 88:77–78)

As escrituras são o recurso básico de estudo nas reuniões de liderança. “Eis que te dou um mandamento”, o Senhor aconselhou, “de que confies nas coisas que estão escritas; porque nelas estão escritas todas as coisas concernentes ao alicerce de minha igreja, meu evangelho e minha rocha.” (D&C 18:3–4) Outros recursos são o Manual de Instruções da Igreja, discursos da conferência geral e outros ensinamentos dos profetas modernos. (Ver “Elaborar Aulas a Partir de Discursos de Conferência e Outras Fontes”, nas páginas 100–101, para ter idéias para preparar aulas.)

Convidar o Espírito por meio da Reverência

Quando o Espírito está a nosso lado, podemos ensinar e aprender o evangelho e juntos ser edificados. (Ver D&C 42:14; 50:17–24.) Podemos convidar o Espírito por meio de nossa reverência. (Ver “Convidar o Espírito ao Ensinar”, nas páginas 45–46; “Reverência”, nas páginas 82–83.) Nas reuniões de liderança, as pessoas que presidem e dirigem podem incentivar a reverência estando em seu assento antes do horário marcado. Por meio de seu comportamento, podem ajudar a estabelecer o tom para as reuniões. Os demais líderes que vão participar também devem chegar com antecedência, trazer suas escrituras, manuais e bloco de anotações e preparar-se por meio do silêncio e da introspecção.

A oração feita no início da reunião de liderança pode ajudar a promover a reverência e convidar o Espírito. Um pensamento espiritual também constitui uma boa oportunidade para ensinar e aprender os princípios do evangelho. Em algumas reuniões de liderança, ouvir um prelúdio musical adequado e cantar hinos pode ajudar a preparar o coração e a mente dos presentes.