Capítulo 13: Sociedade de Socorro: A Verdadeira Caridade e a Religião Pura

Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Lorenzo Snow, 2011


“Jamais instituição alguma foi fundada com objetivo mais nobre. Seu alicerce é a verdadeira caridade, que é o puro amor de Cristo.”

Da Vida de Lorenzo Snow

No verão de 1901, a presidência da Sociedade de Socorro organizou um dia de atividades para seus membros no Vale do Lago Salgado. O Presidente Lorenzo Snow aceitou o convite para comparecer e falar ao grupo. Ele começou seu discurso dizendo: “Sou grato pelo privilégio de passar uma ou duas horas em sua companhia esta tarde e espero que estejam gostando das atividades de hoje. É bom participar de recreação e divertimentos saudáveis, fico contente em vê-las descansar e divertirem-se um pouco, pois vocês, que tanto trabalham dia após dia em casa e na Sociedade de Socorro, certamente merecem toda a recreação possível”.

O Presidente Snow, cuja irmã, Eliza R. Snow fora a segunda presidente geral da Sociedade de Socorro, expressou gratidão pelo trabalho realizado por essa sociedade. Acerca das mulheres da Igreja, disse: “É difícil imaginar o que deveríamos ter feito, ou onde a obra do Senhor estaria sem elas”. Como exemplo, ele citou o programa missionário da época, em que muitas vezes homens casados eram chamados para missões de tempo integral: “Quando nos ausentamos para servir missão no estrangeiro, a missão dessas mulheres, em casa, geralmente não é menos árdua que a nossa no exterior e, em meio às provações e privações, demonstram uma paciência, fortaleza e independência verdadeiramente inspiradoras. Obrigado Senhor pelas mulheres desta Igreja! É isso o que sinto hoje em meio à sua companhia”.1 [Ver sugestão 1 da página 175.]

Ensinamentos de Lorenzo Snow

As irmãs da Sociedade de Socorro são um exemplo da verdadeira caridade e da religião pura.

A Sociedade de Socorro foi organizada (…) pelo Profeta Joseph Smith, sob a inspiração do Senhor. (…) Hoje, é reconhecidamente uma das maiores forças positivas da Igreja. (…)

A missão da Sociedade de Socorro é socorrer os aflitos, cuidar dos doentes e dos fracos, alimentar os pobres, vestir os desnudos e abençoar todos os filhos e filhas de Deus. Jamais instituição alguma foi fundada com objetivo mais nobre. Seu alicerce é a verdadeira caridade, que é o puro amor de Cristo [ver Morôni 7:47], e esse é o espírito manifestado em tudo o que essa Sociedade faz entre o povo. O Apóstolo Tiago disse que “a religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo” [Tiago 1:27].As irmãs da Sociedade de Socorro aceitaram essa verdade e sem dúvida alguma sua própria vida é um exemplo da religião pura e imaculada; pois socorrem os aflitos, amparam com amor os órfãos e as viúvas e mantêm-se livres das manchas do mundo. Posso garantir-lhes que no mundo não há mulheres mais puras nem mais tementes a Deus do que as encontradas na Sociedade de Socorro.2 [Ver sugestão 2 da página 175.]

As irmãs da Sociedade de Socorro trabalham em conjunto com os portadores do sacerdócio para promover os interesses do reino de Deus.

Sempre gostei de ver a fidelidade com que as mulheres da Sociedade de Socorro servem ao Senhor em qualquer circunstância. Vocês estão sempre ao lado do sacerdócio, prontas para fortalecer seus portadores e fazer sua parte para promover os interesses do reino de Deus e, assim como participaram desse trabalho, também participarão do triunfo da obra e da exaltação e glória que o Senhor concede a seus filhos fiéis.

(…) Nenhum bispo sábio deixará de valorizar o trabalho da Sociedade de Socorro em sua ala. O que o bispo faria sem a Sociedade de Socorro? Digo a todos os bispos da Igreja: incentivem as mulheres da Sociedade de Socorro e apoiem-nas nas obras de caridade e benevolência e elas serão uma bênção para vocês e para o povo.3 [Ver sugestão 3 da página 175.]

É bom contar com a influência da Sociedade de Socorro em cada lar.

Aconselho cada homem a incentivar a esposa a [participar dessa] sociedade (…); pois seria bom contar com a influência dessa organização em todo lar. Peço-lhes, irmãs, que ao visitarem os lares dos santos dos últimos dias, levem essa influência aonde quer que forem. O Senhor mostrou-lhes claramente a natureza de seu relacionamento com Ele e o que se espera de vocês no papel de esposa e mãe. Ensinem essas coisas às pessoas a quem visitam, principalmente às jovens. (…)

Vocês, irmãs, que fazem parte da Sociedade de Socorro e são mães em Israel, devem exercer toda a sua influência (…) a favor da pureza da maternidade e da fidelidade ao convênio do casamento.4 [Ver sugestão 4 da página 176.]

Com o crescimento da Igreja, os membros da Sociedade de Socorro terão maiores oportunidades de servir.

Não preciso discorrer sobre tudo o que a Sociedade de Socorro fez no passado; seu esplêndido trabalho é conhecido em toda Sião e em muitas partes do mundo. Basta-me dizer que foi fiel à sua missão e que seus feitos não foram ultrapassados, se é que foram igualados, pelos de qualquer outra organização beneficente. Os santos dos últimos dias têm orgulho de suas realizações e são gratos ao Pai Celestial por ter inspirado Seu servo, o Profeta, a fundar essa instituição. O futuro dessa sociedade é muito promissor. Com o crescimento da Igreja, sua esfera de ação também se expandirá e sua capacidade de fazer o bem será ainda maior do que no passado. Se todas as irmãs unirem-se em apoio a essa sociedade, ela realizará uma obra grandiosa e continuará a abençoar a Igreja. Seria gratificante ver as mulheres de meia-idade tão interessadas nessa instituição quanto as idosas e, assim, sua fé se fortaleceria, seus horizontes de vida e suas responsabilidades se alargariam e elas fariam grande avanço rumo à perfeição.5

Desde o início de seu trabalho [as mulheres da Igreja] contam com a bênção de Deus, e eu testemunhei seu progresso com grande alegria, prazer e profundo interesse. (…) Elas tiveram um sucesso espantoso e é maravilhosa a forma como Deus as abençoou e derramou Seu Espírito sobre elas. Acredito que possa dizer com alguma propriedade que elas se tornaram como anjos colocados diante das pessoas do mundo.6 [Ver sugestão 5 da página 176.]

As mulheres da Sociedade de Socorro que confiam em Deus e servem-No serão abençoadas nesta vida e nas eternidades.

Isso é o que desejamos instilar no coração das irmãs: o desejo de ser úteis em sua esfera e de não desanimar por causa das dificuldades encontradas no caminho, mas confiar em Deus e olhar para Ele, e prometo-lhes que Suas bênçãos maravilhosas serão derramadas sobre vocês. É isso o que acontecerá. (…) Deixem-me repetir: Não desanimem, continuem e façam o bem, tenham fé e aproveitem todas as oportunidades. Queremos que coloquem em prática todos os talentos que Deus lhes deu. E há mais isto no que se refere a suas possibilidades de sucesso: A pessoa que inicia a jornada pela senda demarcada pelo Senhor para realizar o bem em nome Dele certamente terá sucesso. Essa pessoa está exatamente onde Deus quer que ela esteja, e esse é o lugar em que podemos mais acertadamente pedir as bênçãos de Deus.7

Sinto-me inclinado a dizer: Deus abençoe as líderes e as irmãs da Sociedade de Socorro. Vocês estão realizando uma grande missão e eu as exorto a não desanimar de fazer o bem [ver D&C 64:33]. Todos temos a glória celestial por alvo, e a grandeza do que nos aguarda não se pode exprimir em palavras. Se continuarem fiéis à obra na qual se engajaram, receberão essa glória e terão alegria eterna na presença de Deus e do Cordeiro. Isso é algo pelo qual vale a pena lutar, pelo qual vale a pena sacrificar-se. Bem-aventurado o homem ou a mulher que for fiel até sua obtenção. Deus abençoe a todas vocês.8 [Ver sugestão 6 da página 176.]

Sugestões para Estudo e Ensino

Leve em consideração estas sugestões ao estudar o capítulo ou preparar-se para ensinar. Para auxílios adicionais, ver páginas V–VII.

  1. 1.

    O Presidente Snow declarou que seria difícil imaginar o progresso da obra do Senhor sem as mulheres da Igreja (página 171). De que forma as mulheres contribuem para a obra do Senhor hoje?

  2. 2.

    Pondere o que o Presidente Snow disse quanto à missão da Sociedade de Socorro (página 172). Pense em alguma ocasião em que irmãs da Sociedade de Socorro ajudaram você ou sua família e, assim cumpriram essa missão. Como esses gestos influenciaram sua vida?

  3. 3.

    Recapitule a seção que se inicia no fim da página 172. Como as mulheres da Sociedade de Socorro “promovem os interesses do reino de Deus”? Que exemplos de trabalho em conjunto entre mulheres da Sociedade de Socorro e portadores do sacerdócio você já testemunhou?

  4. 4.

    Pondere o apelo do Presidente Snow às mulheres da Sociedade de Socorro para que exerçam sua influência “a favor da pureza da maternidade e da fidelidade ao convênio do casamento” (página 173). Por que essa influência é necessária no mundo de hoje? Como as mulheres da Sociedade de Socorro ajudam as moças a prepararem-se para o casamento no templo e a maternidade?

  5. 5.

    O Presidente Snow disse: “Com o crescimento da Igreja, [a] esfera de ação [da Sociedade de Socorro] também se expandirá e sua capacidade de fazer o bem será ainda maior do que no passado” (página 173). No mundo de hoje, o que as irmãs da Sociedade de Socorro podem fazer para aumentar sua influência positiva?

  6. 6.

    Estude a seção que se inicia na página 174. Reflita em como são levadas a estar onde Deus quer que estejam. Como Deus as ajuda nisso?

Escrituras correlatas: Isaías 1:17; Mateus 25:34–40; Mosias 4:26–27; Alma 1:29–30; Morôni 7:44–48

Auxílio didático: “Ao preparar-se para ensinar, não deixe de diversificar os métodos didáticos de uma aula para outra. Isso pode significar utilizar algo simples como uma gravura ou cartaz colorido em uma aula e uma lista de perguntas no quadro-negro em outra” (Ensino, Não Há Maior Chamado, p. 89).

Desde o início da Igreja, as irmãs da Sociedade de Socorro trabalham juntas e fortalecem umas às outras material e espiritualmente.

“As irmãs da Sociedade de Socorro aceitaram essa verdade e, sem dúvida alguma, sua própria vida é um exemplo da religião pura e imaculada.”

Exibir Referências

    Notas

  1.   1.

    “Prest. Snow to Relief Societies”, Deseret Evening News, 9 de julho de 1901, p. 1.

  2.   2.

    “Prest. Snow to Relief Societies”, p. 1.

  3.   3.

    “Prest. Snow to Relief Societies”, p. 1.

  4.   4.

    “Prest. Snow to Relief Societies”, p. 1.

  5.   5.

    “Prest. Snow to Relief Societies”, p. 1.

  6.   6.

    Young Woman’s Journal, setembro de 1895, pp. 577–578.

  7.   7.

    Young Woman’s Journal, setembro de 1895, p. 578

  8.   8.

    “Prest. Snow to Relief Societies”, p. 1.