Testemunho

Moças – Manual 1, 1992


Objetivo

Ajudar cada aluna a saber como obter, fortalecer e partilhar seu testemunho.

Preparação

  1. 1.

    Levar algumas sementes e um vaso de plantas.

  2. 2.

    Preparar um cartaz com a seguinte definição: Testemunho é um conhecimento seguro recebido por meio do Espírito Santo de que:

    1. a.

      Jesus é o Filho de Deus e Salvador do mundo.

    2. b.

      Joseph Smith é um Profeta de Deus que restaurou o evangelho.

    3. c.

      A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a única Igreja verdadeira e é guiada por um profeta hoje.

  3. 3.

    Escrever cada uma das seguintes referências de escritura em pedaços separados de papel: Alma 32:27; Doutrina e Convênios 11:22; Morôni 10:4; João 7:17; Alma 5:46.

  4. 4.

    Se desejar, designe algumas jovens para apresentarem histórias, escrituras ou citações.

Sugestão para o desenvolvimento da lição

Introdução

Lição com uso de objeto e debate de escritura

Mostre à classe as sementes e o vaso de flores.

• Qual a relação entre essas duas coisas?

• Para que as sementes se transformem em plantas, o que precisa acontecer?

Explique-lhes que, no Livro de Mórmon, Alma comparou uma semente a uma outra coisa. Peça às alunas que leiam Alma 32:27-28, para que descubram qual foi a comparação feita. (A Palavra de Deus.)

• A que chamamos de conhecimento da veracidade do evangelho? (A um testemunho.)

Cartaz e debate

Mostre o cartaz com uma definição de testemunho (veja “Preparação”) e peça a uma das alunas que leia em voz alta. Explique-lhes que, sem qualquer um dos elementos mais importantes de um testemunho, nosso testemunho não é completo. Deixe o cartaz à vista durante toda a aula. (Veja Bruce R. McConkie, em Conference Report, Conferência de Área em La Paz, Bolívia, 1977, p.7.)

Cada Jovem Pode Obter um Testemunho Pessoal

Escritura

Explique que esse mesmo Alma, que comparou a obtenção de um testemunho ao crescimento de uma semente, tinha um testemunho pessoal muito forte. Apesar de, na juventude, ter visto um anjo (Mosias 27:8-15), ele chegou, por si mesmo, ao conhecimento de que o evangelho era verdadeiro.

Peça a uma das jovens que leia Alma 5:45-46 em voz alta.

• Como Alma adquiriu esse conhecimento?

Explique-lhes que ninguém nasce com um testemunho e que, para muitos, a aquisição de um testemunho se inicia seriamente na idade das jovens da classe.

Perguntas para ponderar

• Vocês têm um testemunho do evangelho, como explicado no cartaz?

• Podem dizer honestamente, como fez Alma: “Sei por mim mesmo”?

• Se ainda não têm um testemunho, já pensaram em como adquiri-lo?

Citação e debate

O Presidente Spencer W. Kimball disse que todos podem adquirir um testemunho:

“Podemos ter certeza positiva da realidade de um Deus pessoal; da atividade contínua de Cristo;… da divindade da restauração por meio de Joseph Smith…Isto pode ser do conhecimento de todas as pessoas responsáveis, com tanta certeza quanto o conhecimento de que o sol brilha. Não obter esse conhecimento é admitir que a pessoa não pagou o preço.” (Faith Precedes the Miracle, Salt Lake City: Deseret BookCo., 1972, pp. 13-14.)

• O que uma pessoa deve fazer para “pagar o preço”, como sugeriu o Presidente Kimball? (Ganhar um conhecimento — um testemunho — de Deus, de Cristo, de Joseph Smith e da restauração.)

Nas escrituras descobrimos o que outros profetas disseram que precisavámos fazer a fim de pagar o preço da obtenção de um testemunho.

Atividade com uso de escrituras e debate

Distribua os papéis com as seguintes escrituras: Alma 32:27, D&C 11:22, Morôni 10:4, João 7:17, e Alma 5:46. Se houver número suficiente de jovens, divida a classe em quatro ou cinco grupos. Se a turma for pequena, poderão trabalhar sozinhas ou em duplas.

• De acordo com a escritura que leram, o que é parte do preço da obtenção de um testemunho?

À medida que as respostas forem sendo dadas, escreva-as no quadro-negro, juntamente com as referências de escritura, e debata como cada uma pode ajudar uma pessoa a receber testemunho.

  • Desejo de acreditar (Alma 32:27)

  • Estudar as escrituras e as palavras dos profetas modernos (D&C 11:22).

  • Orar com intenção real (Morôni 10:4).

  • Viver os princípios do evangelho (João 7:17).

  • Jejuar e orar (Alma 5:46).

Observação: Deixe esta lista no quadro-negro para consulta posterior.

• Depois de terem pago o preço, ou seja, desejo, estudo, oração uma vida digna e jejuam, o que precisam receber para completar o processo da obtenção de um testemunho?

Se as jovens não conseguirem responder a esta pergunta corretamente, peça-lhes que leiam Morôni 10:4.

Seja rapidamente ou devagar, todos os testemunhos são adquiridos pelo poder do Espírito Santo. O testemunho é adquirido de diferentes formas, mas com freqüência é descrito como um ardor dentro do peito ou uma idéia na mente (ver D&C 8:2-3, 9:8; Lucas 24:32.)

Citação

“Uma testemunha ocular não era suficiente. Mesmo o testemunho de um dos primeiros apóstolos tinha de estar enraizado no testemunho do Espírito Santo. Um profeta nos disse que o testemunho do Espírito Santo causa uma impressão na alma, que é mais significativa do que a “visitação de um anjo”. (Dallin H. Oaks, in Conference Report, outubro de 1990; ou A Liahona, janeiro de 1991, parágrafo 17.)

O Testemunho Pessoal Traz Grandes Recompensas

História e debate

Quando uma jovem recebe testemunho, este começa a trazer outras bênçãos para sua vida. Enquanto lê esta história sobre uma jovem da idade delas, peça-lhes que identifiquem as bênçãos recebidas por causa do testemunho do evangelho. “Em maio de 1972 Julie (Wang) descia uma rua da cidade de Kaohsiung, Taiwan, quando viu dois jovens estrangeiros distribuindo folhetos aos transeuntes. Ela recebeu um dos folhetos e descobriu que era uma breve mensagem da restauração do evangelho de Jesus Cristo…Julie fora criada cuidadosamente nos ensinamentos do evangelho e foi movida pelo Espírito a aprender sobre essa restauração. Escreveu para os élderes e quase imediatamente foi visitada por eles. Ela soube que o evangelho era verdadeiro assim que o ouviu e teve o desejo de ser batizada.

“O pai de Julie (que era ministro de uma congregação) não podia entender seu pedido… Não obstante, quando Julie lhe falou mais sobre a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, ele também aceitou a mensagem da restauração.

“No dia 1º de abril de 1973, domingo, Julie foi com o pai, a mãe e mais sessenta e dois membros da Igreja K’e Liao, à capela de Kaohsiung. Naquele dia, com lágrimas nos olhos, Julie viu o pai e a mãe serem batizados… E ficou radiante de alegria ao ver mais 48 pessoas, a quem amara durante toda a vida, também entrarem nas águas do batismo.

“… Por intermédio da força, coragem e testemunho de uma jovem de quinze anos, uma congregação inteira foi convertida à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.” (Malan R. Jackson, “Julie Wang”, New Era, junho de 1973, p.7.)

• Que bênção o testemunho de Julie trouxe à sua própria vida e à de outras pessoas?

História e debate

Explique-lhes que outros efeitos de um testemunho, mais particulares, são revelados por meio deste acontecimento na vida de uma jovem conversa. Prestem atenção às bênçãos que o testemunho proporcinou à sua vida.

“Havia pouco tempo que fora batizada, quando descobri que precisava submeter-me a uma cirurgia. Quando uma amiga que não era da Igreja foi visitar-me no hospital, conteilhe sobre meu batismo. Ela respondeu-me que eu estava no hospital por ter sido convertida a uma igreja que não acreditava em Cristo. Fiquei surpresa diante de sua falta de conhecimento a respeito da Igreja, sabendo que ela convivera com membros durante muitos anos.

Nunca prestara testemunho antes, mas senti necessidade de fazê-lo naquele momento. Disse-lhe que realmente adoramos Jesus Cristo, que ele é o Filho de Deus, que Joseph Smith é um profeta de Deus e que a Igreja continua a receber revelações hoje.

Não convenci minha amiga de que ela devia ser batizada na Igreja, mas adquiri, com aquela experiência, uma indescritível força interior. Essa força ajudou-me na convalescença e tem sido fonte de consolo desde aí.”

• De que maneira também podem beneficiar-se, ao prestarem testemunho?

• Por que prestar testemunho nos dá força e conforto interiores?

Testemunho da professora

Diga à classe que toda jovem que está disposta a pagar o preço de um testemunho poderá recebê-lo juntamente com as bênçãos que o acompanham.

O Testemunho Deve Ser Continuamente Fortalecido e Compartilhado

Lição com uso de objeto e debate

• Tendo conseguido um testemunho, pode uma jovem garantir que o mesmo permanecerá sempre com ela?

Mostre a planta à classe.

• De que maneira podemos comparar esta flor ao testemunho de uma jovem? (Ambos precisam de alimento constantemente.)

• O que acontecerá a um testemunho que não for adequadamente cuidado?

• Por que uma jovem perderia seu testemunho? (Respostas possíveis: deixar de santificar o Dia do Senhor, negligenciar orações e estudo do evangelho, colocar as coisas do mundo acima das espirituais, quebrar a Palavra de Sabedoria.)

• Se eu continuar a irrigar e cuidar desta planta, o que vai acontecer?

A mesma coisa acontece com um testemunho.

• Como podemos conservar um testemunho forte?

Durante esta parte da aula, refira-se ao quadro-negro e ajude as alunas a compreenderem que, continuando a fazer as coisas que lhe deram testemunho, este será fortalecido.

Citação e debate

Explique-lhes que uma forma de fortalecer o testemunho é prestá-lo.

O Élder Gordon B. Hinckley disse: “Uma vez que tenhamos recebido um testemunho, torna-se uma obrigação compartilhá-lo”. (Conference Report, Conferência de Área de Seul, Coréia, 1975, p.12: grifo nosso.)

• Por que é nossa “obrigação” prestar testemunho? (Ver D&C 88:81.)

• Uma em cada quatro reuniões sacramentais é reunião de testemunho. Em sua opinião, por que isto é assim?

• Como se sentem, quando alguém presta um forte testemunho do evangelho?

• Como isso afeta seu testemunho?

Explique-lhes que nosso testemunho se torna mais sólido quando temos oportunidade de prestá-lo ou quando ouvimos o testemunho de outros.

Certa jovem passou por esta experiência, quando prestava testemunho: História “É interessante como o testemunho pode aumentar rapidamente, quando o partilhamos com alguém. Nasci e cresci na Igreja e sempre me esforcei ao máximo por obedecer a seus ensinamentos. Acreditava ter um forte testemunho, como todas as pessoas, mas, nunca o havia prestado. É claro que minhas amigas mais íntimas estavam cientes de minhas convicções, mas isso era tudo.

Um dia, estava na aula do seminário quando ouvi meu nome ser chamado com o de mais dois alunos, pois tínhamos sido escolhidos para prestar testemunho. Fiquei chocada, para não dizer paralisada de medo. Ao chegar minha vez, fiquei parada, sem saber o que dizer, mas, de repente, as palavras começaram a jorrar. Abri meu coração. Prestei testemunho de que Jesus é o Cristo, de que a Igreja é verdadeira e de que Joseph Smith é um profeta de Deus, assim como o Presidente da Igreja hoje.

Quando terminei, sentia algo muito especial dentro de mim. Meu testemunho havia aumentado, eu podia percebê-lo. Foi como observar uma flor crescendo em ritmo acelerado, como num filme científico.”

Refira-se ao cartaz e explique-lhes que o testemunho da jovem incluiu os ítens mencionados pelo Élder McConkie.

Perguntas para ponderar

• Qual a solidez de seu testemunho?

• O que está fazendo para fortalecê-lo?

• Quando foi a última vez que prestou testemunho?

Testemunho da professora

Se desejar, preste testemunho às jovens. Diga que tem confiança de que cada jovem pode saber por si mesma que Jesus é o Cristo, que Joseph Smith é um profeta, que a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a única Igreja verdadeira e que um profeta vivo nos guia hoje. Incentive as jovens a prestarem testemunho durante este mês.