Atividades em Grupo: Base para um Bom Namoro

Moças – Manual 1, 1992


Objetivo

Ajudar cada aluna a aprender que as atividades saudáveis, em grupo, podem ajudá-la a desenvolver uma boa amizade com rapazes e moças.

Preparação

  1. 1.

    Providenciar lápis e papel para todas as jovens.

  2. 2.

    Se possível, fazer cópias das citações que aparecem na segunda parte da lição, para serem lidas em voz alta durante a aula. Se desejar, dividir a longa citação do Presidente Spencer W. Kimball em três citações curtas.

Observação para a professora

Leia cuidadosamente o material optativo da lição ou atividade, encontrado no final desta lição. Se decidir usar o painel de debates, faça as designações com antecedência.

Sugestão para o desenvolvimento da lição

As Atividades Conjuntas Podem Criar Novos Interesses, Desenvolver a Autoconfiança e o Desembaraço Social

Citação

Leia a seguinte citação da Primeira Presidência e Conselho dos Doze: “Há muitas atividades de natureza social planejadas para as Meninas-Moças e professoras… tanto na escola quanto nos programas da Igreja, dos quais devem participar em grupos. Os namoros devem ser evitados.” (“Policies and Procedures”, New Era, janeiro de 1971, p. 30.)

O Presidente Spencer W. Kimball deu o seguinte conselho à juventude da Igreja: Citação “Meus queridos jovens, vocês devem pensar com seriedade. A vida não é inteiramente para diversão e brincadeiras. É um assunto muito sério. Será bom que cresçam como crianças, associando-se tanto com meninos como com meninas nesses primeiros anos. Quando chegarem à adolescência, suas associações devem continuar sendo uma amizade generalizada, tanto com rapazes como com as jovens. Quaisquer encontros ou namoros que se afastem dos contatos sociais devem ser adiados até pelo menos a idade de 16 anos ou mais, e, mesmo então, muita cautela deve ser usada nas seleções e na seriedade dos relacionamentos.

Os jovens devem ainda limitar os contatos mais próximos durante vários anos, visto que o rapaz irá para a missão quando tiver 19 anos. Deve haver contatos limitados e, certamente, nenhuma proximidade com relações íntimas que envolvam o sexo. Nunca deve haver sexo algum, de nenhum tipo, antes do casamento.” (“A Decisão do Matrimônio”, A Liahona, julho de 1976, p. 2.)

Peça às jovens que analisem as etapas adequadas do relacionamento entre uma moça e um rapaz, como explicadas pelo Presidente Kimball. Se desejar, faça um esboço delas no quadro-negro, segundo as respostas da classe.

• Por que acham que o Presidente Kimball sugere que não se comece a namorar pelo menos até os dezesseis anos de idade?

• Por que é importante seguirmos este conselho?

Continuação da citação

“Todo rapaz deverá ter economizado dinheiro para a missão e estar livre de quaisquer dificuldades, a fim de mostrar-se digno. Quando voltar da missão,… deve sentir-se livre para começar a travar conhecimentos e ter encontros. Quando tiver encontrado a jovem certa, deve haver um casamento apropriado no templo. Pode receber todas as bênçãos, se mantiver o controle e receber as experiências na devida hora: primeiramente alguns contatos sociais limitados, depois a missão, depois o namoro, e daí o casamento no templo e os estudos, a família e profissão. Em qualquer outra seqüência, ele pode meterse em dificuldades.” (Spencer W. Kimball “A Decisão do Matrimônio”, A Liahona, julho de 1976, p. 2.)

Esta citação fala sobre rapazes. Peça às jovens que expliquem como se aplica também a elas.

• O que podem fazer agora, a fim de se prepararem para o namoro, depois que completarem dezesseis anos? (As respostas devem incluir fazer amizade com rapazes, desenvolver novos interesses, adquirir traquejo social.)

• Por que é importante ter amigos do sexo oposto sem ligações românticas?

• Que benefícios a participação em atividades conjuntas pode trazer aos rapazes e moças?

Se desejar, aliste as respostas da classe no quadro-negro. Certifique-se de que os seguintes pontos sejam mencionados: adquirem autoconfiança; descobrem novas áreas de interesse e de atividades; aprendem a respeito de interesses alheios; aprendem a conversar uns com os outros; aprendem traquejo social; por meio de atividades em grupo, tornam-se pessoas mais interessantes.

As Atividades em Grupo Constituem uma Boa Base para o Namoro

Explique-lhes que os líderes da Igreja aconselham as jovens a usarem os anos que antecedem o período do namoro como tempo de preparação e desenvolvimento.

Citação

“‘Considero esses anos como época do desabrochar desse desenvolvimento. As jovens devem sentir tanta satisfação com esse “desabrochar” quanto sentem ao atingir uma meta…

[Os anos que antecedem a idade do namoro… são a época] em que as jovens se preparam para as atividades em grupo, para divertir-se, para amadurecer e para se desenvolverem…

Esperar é uma perda de tempo… Há tantas coisas para as meninas fazerem, em vez de apenas esperarem (chegar aos 16 anos). As meninas podem realizar muitas coisas agora, reconhecer aquilo que são hoje, em vez de apenas esperar pelo amanhã ‘.” (Ruth H. Funk, citado por Gerry Avant, “Pre-dating Years: A Vital Season”, Church News, 3 de dezembro de 1977, p. 9.)

Citação

“‘Há muitas coisas maravilhosas que uma jovem pode fazer — em vez de ficar apenas esperando um namorado — como aprender a apreciar as pessoas e desenvolver amizades novas, que podem ser estimulantes, se ela o permitir.

Uma jovem que tem muitos amigos parece exercer maior atração que as outras. Ampliando seu círculo de amizades, muitas pessoas irão participar dele, e embora possa não estar namorando, ela estará partilhando experiências, construindo lembranças e divertindo-se.

Quando se tornar ansiosa ou impaciente em relação ao namoro, a jovem deve lembrar-se de conversar com o Pai Celestial sobre o assunto.

… Os anos de preparação, vitalmente necessários, não devem ser interrompidos prematuramente por namoro antes da hora. A jovem deve encarar este período da vida com muito cuidado, esperando a época certa, a fim de, ao chegar à idade do namoro, estar preparada para reconhecer as qualidades que deseja possuir.

Os anos que antecedem o namoro, usados adequadamente, podem propiciar experiências que ajudam a jovem a desenvolver características que lhe permitam exercer uma influência poderosa e positiva sobre outras pessoas.

…Sem o tempo requerido para a preparação, os relacionamentos de uma jovem podem ser muito superficiais. Sem o tempo de preparação, a jovem não pode estar pronta para as responsabilidades que acompanham o namoro e que fazem com que ela fortaleça a si própria e aos outros.’” (Ardeth G. Kapp, citado por Avant, Church News, 3 de dezembro de 1977, pp. 9,14.)

Citação

“A necessidade de atividades em grupo é normal na juventude, desde que não seja estimulada prematura e imaturamente por outros meios, e suas atividades recreacionais e sociais sejam sadias e agradáveis. A segurança física e moral é aumentada na multiplicidade de amigos. As atividades recreacionais caseiras podem ser não apenas divertidas, mas extremamente benéficas.”

Interrompa a leitura desta citação do Presidente Kimball e peça às alunas que prestem atenção às atividades em grupo recomendadas pelo Presidente Kimball.

Se iniciou uma lista dos benefícios das atividades conjuntas no quadro-negro, designe outra aluna para complementar essa lista, à medida que o restante da citação do Presidente Kimball for lido. Caso contrário, peça às alunas que registrem essas sugestões individualmente, trocando idéias sobre esses benefícios, depois que a leitura for terminada.

Continuação da Citação

“Os serões criam amizades, inspiram o espírito e treinam a mente. Os piqueniques em grupos disciplinam os jovens, ensinando-lhes a serem gentis e amigos e a ampliar o círculo de amigos íntimos.

Os esportes desenvolvem o vigor e a resistência física. Treinam o espírito para enfrentar dificuldades, derrotas e sucessos; ensinam abnegação e entendimento e a desenvolver o espírito esportivo e a tolerância, tanto no participante como no espectador. O teatro desenvolve os talentos, ensina a desenvolver paciência e a incrementar amizades e a sociabilidade. As atividades musicais em grupo têm efeitos semelhantes e podem também acalmar e abrandar o espírito e atender às necessidades artísticas…

Os bailes bem organizados oferecem locais adequados, ocasiões agradáveis e circunstâncias auspiciosas para se encontrarem novas pessoas e ampliar os círculos de amizade. Podem ser uma porta aberta para a felicidade. Numa tarde de dança e conversa agradável, a pessoa tem oportunidade de conhecer muitos jovens excelentes, todos possuidores de características admiráveis, um geralmente superando o outro em pelo menos algumas qualidades. É nessas ocasiões que se começa a apreciar e avaliar, distinguir qualidades, talentos e supremacias, por meio de comparações e contrastes. Essas amizades inteligentes podem ser a base para um namoro sábio e seletivo entre aqueles com idade e maturidade suficiente, acompanhado, mais tarde, no tempo apropriado, de namoro firme e noivado, culminando num casamento feliz e eterno.” (Spencer W. Kimball, O Milagre do Perdão, pp. 212-213.)

Tempestade Cerebral (Debate rápido)

As jovens deverão mencionar brevemente novas idéias para atividades em grupo.

Explique-lhes as seguintes diretrizes para esta atividade:

  1. 1.

    Sejam criativas. Não desprezem nenhuma idéia.

  2. 2.

    Pensem como algumas atividades geralmente realizadas por rapazes poderiam expandir-se para incluir as jovens e vice-versa.

  3. 3.

    Considerem atividades que seriam divertidas e que também desenvolvam a autoconfiança e o traquejo social (como aprender a falar com as pessoas desembaraçadamente, aprender etiqueta, etc.)

As seguintes idéias poderiam ajudar a estimular o debate:

Competição

Com equipes compostas de rapazes e moças de ambos os lados, realize qualquer tipo de esporte, maratona ou torneio. Se decidir por alguma coisa que seja desconhecida dos participantes, instrua-os devidamente antes do início. Algumas atividades poderão incluir torneio de xadrez, jogos de volibol ou uma gincana, onde as tarefas devam ser completadas em um determinado tempo.

Produzam Seu Filme

Providenciem uma filmadora de videocassete, filme, roupas e quaisquer outras coisas de que precisarem para um cenário interessante. Escrevam o roteiro de improviso. (Não é necessário que haja falas; apenas expressões faciais.) Planejem uma reunião para a apresentação do filme.

Escrevam Seus Próprios Livros

Com o auxílio de uma tesoura, papel e cola, escrevam histórias infantis, usando figuras e ilustrações recortadas de revistas, ou esboços feitos por artistas do grupo. Os livros, depois de terminados, poderão ser doados a hospitais ou asilos.

Teatro de Improviso

Procurem uma peça curta, drama ou comédia, ou escrevam um texto. Providenciem roupas, efeitos de som simples ou música ao vivo. Cada pessoa escolhe um papel, e depois é feita uma leitura da peça, sem ensaio. Se desejarem, gravem a leitura para ser ouvida mais tarde, enquanto tomam um lanche.

Um Feriado Diferente

Descubram como os feriados são comemorados em outros países. Comemorem esses feriados da mesma forma que os países de origem, usando pratos, decoração e diversões típicas.

Dediquem Seu Tempo a Outrem

Levem um grupo de crianças para um passeio ao zoológico, a um parque de diversões ou a um “playground”. Providenciem um lanche para elas, ou planejem um programa especial para ser apresentado em hospitais ou para pessoas inválidas.

Jantar Formal

Planejem e preparem um jantar formal, com louças e talheres próprios. Antes de jantar, peça a alguém que entenda de etiqueta, que ensine como comer determinados alimentos, (que talheres usar, boas maneiras à mesa, etc.).

Debate

Se houver tempo, pergunte às alunas como as atividades sugeridas podem ajudar-nos a sermos melhores amigas tanto de outras jovens quanto de rapazes.

• De que maneira o que aprendemos pode preparar-nos para sermos uma companhia mais agradável e interessante?

Aplicação da Lição

Sugira às alunas que sigam o conselho do Presidente Kimball. Os pais não precisam preocupar-se com uma filha que se comprometeu a seguir este conselho. A jovem que aprende um princípio correto e pauta por ele sua vida está demonstrando grande maturidade.

Citação

Leia novamente a última citação do Presidente Spencer W. Kimball: “Pode receber todas as bênçãos, se mantiver o controle e receber as experiências na devida hora: primeiramente alguns contatos sociais limitados, depois a missão, depois o namoro e daí o casamento no templo e os estudos, a família e a profissão. Em qualquer outra seqüência, ele pode meter-se em dificuldades”. (“A Decisão do Matrimônio”, A Liahona, julho de 1976, p. 2.)

Apresentação pela professora

Diga-lhes que, entre as bênçãos a que ele se refere, está a grande bênção da amizade sadia. A adolescência é o estágio da vida em que se formam estas amizades especiais e em que a jovem se prepara para o namoro no futuro.

Lição Adicional ou Atividade Sugerida

Observação para a professora

Talvez seja proveitoso continuar neste assunto por mais uma semana, ou realizar um serão ou atividade durante a semana, com três ou quatro rapazes de sua ala ou ramo ou de outra unidade vizinha, que participariam de um painel de debates sobre “Atividades em Grupo: Base para um Bom Namoro”.

Se decidir fazê-lo, convide os rapazes do quorum do Sacerdócio Aarônico. Peça à presidente das moças os nomes dos rapazes convidados e solicite a aprovação deles ao seu bispo ou presidente de ramo. As alunas deverão apresentar as perguntas que desejarem fazer com duas semanas de antecedência, para que haja tempo de preparar uma lista com as perguntas apropriadas que serão feitas aos rapazes.

Eis alguns exemplos de perguntas:

  1. 1.

    Como os rapazes gostariam de que as jovens se vestissem?

  2. 2.

    Sobre que assuntos os rapazes gostam de que as jovens conversem com eles?

  3. 3.

    Os rapazes preferem as jovens caladas ou as extrovertidas?

  4. 4.

    Os rapazes gostam de que as jovens lhes telefonem?

  5. 5.

    O que os rapazes pensam das jovens que usam palavras vulgares ou obscenas?

Os rapazes provavelmente darão respostas mais sérias e significativas, se receberem as perguntas antecipadamente. Talvez fosse aconselhável fornecer aos convidados algumas fontes e diretrizes apropriadas, como o objetivo desta aula e citações que achar conveniente que eles conheçam (como as do Presidente Kimball).

Certifique-se de que os rapazes compreendem que o painel de debates tem por objetivo ajudar os jovens a perceberem o valor de se cultivarem boas amizades dentro de um grupo, e o valor que as atividades em grupo podem ter como base e preparação para um bom namoro.

Você deverá agir como moderadora, orientando o debate. Certifique-se de que todas as respostas e comentários são apropriados. Corrija quaisquer respostas erradas ou inadequadas com tato e habilidade. Como moderadora, deverá estabelecer a atmosfera para a apresentação e informar à audiência qual o assunto a ser debatido. Inicie o painel apresentando os participantes. Faça perguntas da lista que compilou, mas preste muita atenção às respostas e sinta-se livre para fazer outras perguntas que julgue necessárias para esclarecer uma resposta ou aprofundar um ponto. Planeje perguntas adicionais para usar no caso de o debate perder o ritmo. Faça todos os membros do painel participarem do debate.

Ao final da atividade, resuma a apresentação e agradeça aos convidados por sua participação.