Jesus Cristo, o Salvador

Moças – Manual 1, 1992


Objetivo

Fazer com que cada jovem compreenda que Jesus Cristo é seu Salvador, e sua expiação deu a ela a oportunidade de ressuscitar e viver com Deus novamente.

Preparação

  1. 1.

    Figura 2, O Senhor, encontrada no final do livro. Antes do início da aula, colocar a gravura em uma mesa bem arrumada, para criar um espírito de reverência.

  2. 2.

    Se desejar, designe algumas jovens para apresentarem histórias, escrituras e citações.

Sugestão para o desenvolvimento da lição

As escrituras testificam que Jesus é o Cristo, o Salvador do Mundo

Quadro-negro e debate com os uso de escritura Escreva Jesus é o Cristo e as seguintes referências de escrituras no quadro-negro. Solicite que cada aluna procure as referências nas escrituras. Leia as escrituras com a classe. Cada jovem deverá marcar as passagens. Debata minuciosamente cada uma delas.

Jesus é o Cristo

  • João 3:16-17 João 14:6

  • Doutrina e Convênios 76:40-42

  • 1 Néfi 22:12

  • 1 João 4:14

  • Mosias 3:17-18

Explique-lhes que estas são apenas algumas das muitas passagens que testificam que Jesus é o Cristo, o Salvador do mundo.

A Expiação de Jesus Cristo Tornou Possível a Salvação e Exaltação

Debate com uso de escritura

Chame uma voluntária para recitar a terceira Regra de Fé. Debata com a classe o que é a expiação de Cristo e o que ela significa para nós. O debate deverá incluir os seguintes pontos:

  1. 1.

    Cristo ofereceu-se voluntariamente para dar sua vida, de modo que todas as pessoas pudessem ser salvas.

  2. 2.

    Cristo foi preordenado, ou escolhido, para esta missão, antes que o mundo fosse criado.

  3. 3.

    A transgressão de Adão trouxe a morte ao mundo. O sacrifício de Cristo pagou o preço da lei, que fora transgredida, e tornou possível que superássemos a morte.

  4. 4.

    Cristo pagou não apenas pelo pecado de Adão, mas também por nossos pecados - se obedecermos às leis e ordenanças do evangelho.

  5. 5.

    Sendo filho literal de Deus, Cristo é a única pessoa que poderia ter poder sobre a morte. Ele herdou de Deus o poder da vida imortal. Também, porque ele foi a única pessoa sem pecado que viveu na terra, foi a única pessoa sobre quem Satanás não teve poder. Portanto, ele é a única pessoa que viveu na terra, que poderia realizar a expiação.

  6. 6.

    Por causa do sacrifício de Cristo, todas as pessoas serão ressuscitadas.

  7. 7.

    Os profetas, tanto antes quanto depois da vinda de Cristo à terra, testificaram dele.

Escreva no quadro-negro as seguintes referências de escrituras:

  • Alma 11:42-43

  • Alma 11:40

Peça às jovens que leiam silenciosamente as escrituras para identificarem os dois importantes resultados da expiação de Jesus Cristo. (Podemos ser ressuscitados, e podemos ser exaltados ou ganhar vida eterna.)

• De acordo com Alma, que grupo de pessoas ganhará a vida eterna? (Aqueles que acreditam no nome de Jesus Cristo.)

História

Pergunte às alunas se elas já tentaram imaginar como deve ter sido para o Salvador tomar sobre si os nossos pecados. Leia, ou peça a uma jovem que leia em voz alta, o seguinte relato do élder Orson F. Whitney:

“Então houve uma extraordinária manifestação, uma admoestação de uma Fonte mais alta, impossível de ser ignorada. Foi um sonho, ou uma visão em um sonho, enquanto estava em minha cama, na pequena cidade de Columbia, no Condado de Lancaster, na Pennsylvania. Pareceu-me estar no Jardim de Getsêmani, testemunhando a agonia do Salvador. Eu o vi tão claramente quanto jamais vi qualquer pessoa. Atrás de uma árvore, no primeiro plano, contemplei Jesus, com Pedro, Tiago e João, chegando por um pequeno postigo à minha direita. Deixando os três Apóstolos lá, depois de lhes dizer que se ajoelhassem e orassem, o Filho de Deus passou para o outro lado, onde também se ajoelhou e orou. Foi a mesma oração familiar a todos os leitores da Bíblia: ‘Meu Pai, se é possível, passa de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.’

Ao orar, lágrimas escorreram-lhe pelo rosto, que se encontrava voltado em minha direção. Fiquei tão comovido com a cena, que também chorei, por pura compaixão. Todo o meu coração se voltou para ele; amei-o com toda minha alma, e desejei estar com ele como jamais desejara nada na vida.

Depois, levantou-se e caminhou para onde estavam os apóstolos ajoelhados - profundamente adormecidos! Sacudiu-os gentilmente, acordou-os, e em tom de terna reprovação, sem o menor vestígio de raiva ou impaciência, perguntou-lhes claramente se não podiam velar com ele por uma hora. Lá estava ele, com o peso terrível dos pecados do mundo sobre os ombros, com as angústias de todos os homens, mulheres e crianças atravessando-lhe a alma sensível - e não podiam velar com ele uma única hora!” (Through Memory’s Halls: The Life Story of Orson F. Whitney, Independence, Mo.: Zion’s Printing and Publishing Co., 1930, p. 82.)

Perguntas para ponderar

• Às vezes somos indiferentes ao sofrimento que Cristo passou por nós? Deixamos de apreciar as duas importantes dádivas que ele nos deu?

• O que precisamos fazer para que a expiação tenha efeito em nossa vida?

Para Sermos Exaltados, Precisamos Arrepender-nos e Nos Voltarmos para o Salvador

Debate com uso de escritura

Escreva no quadro-negro: Helamã 14:13.

• De acordo com Helamã 14:13, se acreditarmos verdadeiramente em Jesus Cristo, o que seremos motivados a fazer?

Acrescente ao quadro-negro: Doutrina e Convênios 19: 16-19. Peça a alguém que leia esses versículos em voz alta.

• Como se sentem, sabendo que Jesus Cristo sofreu por seus pecados, para que, mediante o arrependimento, não precisem sofrer por eles?

Acrescente ao quadro-negro: Doutrina e Convênios 58:43.

• De acordo com Doutrina e Convênios 58:43, o que uma pessoa verdadeiramente arrependida faz?

O verdadeiro arrependimento requer tempo e esforço. Precisamos mostrar a nós mesmos e ao Senhor que abandonamos nossos erros.

Citação

“Algumas pessoas acreditam em arrependimento instantâneo. Embora seja possível parar de fazer algo instantaneamente…, o verdadeiro arrependimento ocorre quando demonstramos, com o correr do tempo, que realmente fizemos o que havíamos decidido, eliminando para sempre aquele pecado de nossa vida.” (Loren C. Dunn, Read, Ponder, Pray Brigham Young University Speeches of the Year, Provo, 7 de março de 1972, p.4.)

Debate com uso de escritura

Explique-lhes que confessar e abandonar o pecado é necessário e vital. Alguns pecados precisam ser confessados aos líderes do sacerdócio, mas para obtermos perdão, mais do que isso é necessário.

• O que mais é necessário?

Diga que as pessoas que aparecem nas três escrituras a seguir estavam arrependidas e desejavam ser perdoadas dos pecados, tendo todas tido uma experiência semelhante. Peça à classe que acompanhe silenciosamente em seus livros, enquanto alguém lê as escrituras em voz alta:

  • Enos 1:4-8

  • Mosias 4:1-3

  • Alma 38:8

• Nesses exemplos de escrituras, como as pessoas obtiveram perdão?

Lembre às jovens que, para sermos perdoados do pecado, devemos pedir ao Pai Celestial com fé em Jesus Cristo. Cristo ofereceu-nos duas maravilhosas dádivas. A ressurreição é grátis para todos . A exaltação, ou vida eterna, está condicionada à fé em Jesus Cristo e ao arrependimento genuíno.

Conclusão

Testemunho

Se desejar, preste testemunho da importância de Jesus Cristo como nosso Salvador. Ajude as alunas a compreenderem o quão importante Cristo é para elas. Sem ele, não haveria ressurreição nem a esperança de voltarmos à sua presença. Por causa de Jesus Cristo, temos não apenas esperança, mas a promessa de bênçãos nesta vida, por nossa fidelidade.