Brilham raios de clemência


202

Brilham raios de clemência

Com fervor

Hinos

Brilham raios de clemência
Do farol do eterno Deus
Cumpre a nós, com nossas luzes,
Ajudar os filhos seus.


Projetemos nossas luzes,
Através do escuro mar
Ao errante marinheiro
Poderemos resgatar.


Noite escura de pecado
Traz seu negro e denso horror
Ansiosos muitos buscam
Um farol orientador.


Projetemos nossas luzes,
Através do escuro mar
Ao errante marinheiro
Poderemos resgatar.


Nossas luzes acendamos
Para aos náufragos mostrar
Um caminho mais seguro
Para o doce eterno lar.


Projetemos nossas luzes,
Através do escuro mar
Ao errante marinheiro
Poderemos resgatar.


Texto: Philip Paul Bliss, 1838–1876

Música: Philip Paul Bliss, 1838–1876