Vinde, ó povos, graças dar


52

Vinde, ó povos, graças dar

Alegre

Hinos

Vinde, ó povos graças dar
E a colheita celebrar!
O celeiro muito tem
Para o inverno que já vem;
O Senhor provê e nos dá
E jamais nos faltará
Vinde ao templo, graças dai,
E a colheita celebrai!


Toda a terra é do Senhor
E ela entoa o seu louvor;
Trigo ou joio ao chão caiu-
Bem ou mal já produziu.
Veio a folha, a espiga então
E depois o tenro grão,
Faze que possamos ser
Frutos puros a teu ver.


Texto: Henry Alford, 1810–1871. Trad. J. Costa, 1969. Seja Louvado, Imprensa Metodista. © Copyright 1972 Igreja St. Paul’s.

Música: George J. Elvey, 1816–1893