Ó quão majestosa é a obra de Deus


178

Ó quão majestosa é a obra de Deus

Majestoso

Hinos

Ó quão majestosa é a obra de Deus
Os astros e a terra são dotes seus.
Quem não honrará e não há de temer
Seu nome sagrado, seu grande poder!


Na escuridão a luz brilhará
E sua promessa nos alcançará.
Então a verdade, a se propagar,
Irá entre os homens seu nome exaltar.


Texto: Henry U. Onderdonk, 1789–1858; baseado em Apocalipse 15:3–4

Música: Atr. a Johann Michael Haydn, 1737–1806