Pequena vila de Belém


129

Pequena vila de Belém

Com simplicidade

Hinos

Pequena vila de Belém, repousa em teu dormir,
Enquanto os astros lá no céu estão a refulgir!
Porém, nas tuas trevas resplende eterna luz;
Incomparável, divinal, Nasceu o Rei Jesus!


Da virgem mãe nasceu Jesus, E hostes celestiais,
Proclamam:“Glória, glória a Deus, na terra, aos homens, paz!”
No céu, a estrela nova ao mundo proclamou
Que Deus,mostrando eterno amor, Seu Filho nos mandou!


O dom glorioso, divinal, nenhum ruído faz,
Porém a este mundo vil, amor e esperança traz.
Sereno e sem arautos, sem toques de clarim,
Traz ele ao mundo redenção, Amor e paz sem fim!


Texto: Phillips Brooks, 1835–1893

Música: Lewis H. Redner, 1831–1908