Rocha eterna


76

Rocha eterna

Com fervor religioso

Hinos

Rocha eterna foi na cruz
Que morreste, meu Jesus.
Vem de ti virtude tal
Que liberta-nos do mal;
Traz as benção do perdão,
Graça e paz e salvação.


Nem trabalho, nem penar,
Pode o pecador salvar;
Só tu podes meu Jesus,
Dar-me vida, paz e luz.
Só tu podes perdoar
E os pecados expirar.


Eis que em morte se desfaz
Esta vida tão fugaz.
Quando ao meu lar subir
E teu rosto em glória vir,
Rocha eterna, que prazer,
Eu terei de em ti viver.


Texto: Augustus M. Toplady, 1740-1778

Música: Thomas Hastings, 1784-1872