• Home
  • Concurso de Vídeos
  • O amor de Deus está “Sempre Presente”

O Amor de Deus Está “Sempre Lá”

Profetas e apóstolos vivos nos asseguram do amor de Deus para com todos os Seus filhos e nos ensinam o que podemos fazer para sentir Seu amor em nossa vida.

“Seu Pai Celestial as ama — ama a cada uma de vocês. Esse amor nunca muda”, diz o Presidente Thomas S. Monson. “Não é influenciado por sua aparência, por suas posses ou pela quantia de dinheiro que vocês têm em sua conta bancária. Não muda por causa de seus talentos ou de sua capacidade. Ele simplesmente está lá. Está lá para vocês quando estiverem tristes ou felizes, desanimadas ou esperançosas. O amor de Deus está lá para vocês, quer sintam que o mereçam ou não. Ele está sempre lá, simples assim” (“Nunca Andamos Sozinhos”, Reunião Geral da Sociedade de Socorro de setembro de 2013).

O Élder Jeffrey R. Holland incentiva-nos a “nunca per[der] a fé no Pai Celestial, que nos ama mais do que podemos compreender. …Nunca, jamais duvidem disso”, exortou ele. “E nunca endureçam o coração” (“Como um Vaso Quebrado”, Conferência Geral de outubro de 2013).

O amor de Deus e Seu Filho, Jesus Cristo, é eterno, ensina o Presidente Henry B. Eyring. “Desde antes que o mundo existisse, um Pai Celestial amoroso e Seu Filho Amado amaram e trabalharam com aqueles que Eles sabiam que iriam desviar-se. Deus os amará para sempre”, nos lembra o Presidente Eyring. (“Para Meus Netos”, Conferência Geral de outubro de 2013).

O Presidente Monson exorta-nos a nos esforçarmos para estar perto do Pai Celestial. “Para fazer isso precisamos orar a Ele e ouvi-Lo todos os dias”, disse. “Precisamos realmente Dele a toda hora, seja nas horas de sol ou de chuva. Que a Sua promessa sempre esteja em nossa mente: ‘Não te deixarei nem te desampararei’ (Josué 1:5)” (“Não Te Deixarei Nem Te Desampararei”, Conferência Geral de outubro de 2013).

“Com fé sigam as práticas devocionais provadas pelo tempo que convidam o Espírito do Senhor para sua vida”, sugere o Élder Holland. “Busquem o conselho daqueles que possuem as chaves para seu bem-estar espiritual. Peçam e valorizem bênçãos do sacerdócio. Tomem o sacramento todas as semanas e apeguem-se às promessas aperfeiçoadoras da Expiação de Jesus Cristo” (“Como um Vaso Quebrado”, Conferência Geral de outubro de 2013).