• Home
  • Concurso de Vídeos
  • A Família de Hoje: Amar sua Esposa

A Família de Hoje: Amar Sua Esposa

Se o marido colocar os interesses da esposa acima dos seus próprios, seu amor por ela vai aumentar. Esse é o conselho dado pelo Presidente Henry B. Eyring, Primeiro Conselheiro na Primeira Presidência, que repete um ensinamento de três palavras geralmente dado aos maridos pelos profetas e apóstolos: “Amem sua esposa”.

“Será preciso fé e humildade para colocar os interesses dela acima dos seus próprios nos desafios da vida”, disse o Presidente Eyring. “Vocês têm a responsabilidade de prover e de, com ela, nutrir a família, ao mesmo tempo que prestam serviço ao próximo. Isso, às vezes, pode consumir toda a energia e as forças que vocês têm. A idade e a doença podem aumentar as necessidades de sua esposa. Se decidirem mesmo colocar a felicidade dela acima da sua própria, prometo que seu amor por ela vai aumentar.”

Os Maridos Têm uma Responsabilidade Sagrada

O Élder Russell M. Nelson, do Quórum dos Doze Apóstolos, explica a responsabilidade que o marido tem de amar sua esposa. Ele afirma que, dentre todos os deveres do sacerdócio, a responsabilidade principal do marido é a que ele tem para com sua esposa.

“Os ofícios, chaves, chamados e quóruns do sacerdócio têm o objetivo de exaltar as famílias”, disse ele. “A autoridade do sacerdócio foi restaurada para que as famílias sejam seladas para a eternidade.  Portanto, irmãos, a sua obrigação mais importante no sacerdócio é fortalecer o casamento — cuidar, respeitar, honrar e amar sua esposa. Sejam uma bênção para ela e para seus filhos.” 

O marido também pode ser uma bênção para sua esposa ao “manter vivo o espírito de romance no casamento [deles]”, disse o Élder Nelson. “Sejam atenciosos e bondosos na intimidade de sua vida conjugal. Que seus pensamentos e ações inspirem confiança. Que suas palavras sejam puras e seu tempo juntos, edificante. Não deixem que nada na vida tenha prioridade sobre sua esposa — trabalho, entretenimentos ou diversões.” 

Expressões de amor e apreço “fazem mais do que reconhecer um bom pensamento ou ação”, disse o Élder Nelson.  “Quando companheiros que são gratos procuram coisas boas um no outro e trocam elogios, maridos e esposas tentarão tornar-se a pessoa descrita nesses elogios.”

Ele acrescentou: “Acima de tudo, não sejam egoístas! Criem um espírito de altruísmo e generosidade. Comemorem cada dia juntos como uma dádiva preciosa dos céus”.

Liderar com Amor

O marido pode ser uma bênção para a esposa ao “[liderar] as atividades familiares, tais como estudo de escrituras, oração familiar e noite familiar”, disse o Élder Richard G. Scott, do Quórum dos Doze Apóstolos.

O marido demonstra amor a sua esposa quando expressa verbalmente que a ama, ensina o Élder Scott. Vocês dizem frequentemente a sua esposa o quanto a amam? Vocês precisam dizer a ela.  Uma mulher cresce e é grandemente abençoada com tal afirmação. Expresse gratidão por aquilo que seu cônjuge faz para você. Expresse esse amor e gratidão com frequência”.

Ajudar-se Mutuamente

O Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, ensina sobre o amor e apoio que o marido e a mulher devem dar um ao outro.

“Um dos grandes propósitos do verdadeiro amor é ajudar-nos mutuamente”, disse ele. “Podemos suportar quase qualquer coisa se tivermos alguém ao nosso lado que realmente nos ame, que nos alivie o fardo e amenize a carga. (…) O amor é uma coisa frágil, e alguns elementos na vida podem quebrá-lo. Se não tivermos mãos carinhosas e prestativas, muito mal pode ser feito. Entregar-nos totalmente para a outra pessoa, como fazemos no casamento, é o maior ato de confiança que realizamos em qualquer relacionamento humano”.

Ele continua: “É um verdadeiro ato de fé, uma fé que todos precisamos estar dispostos a exercer. Se fizermos o que é certo, acabaremos compartilhando tudo: todas as nossas esperanças, temores, sonhos, todas as nossas fraquezas e todas as nossas alegrias com a outra pessoa.

“O verdadeiro amor floresce quando nos preocupamos mais com a outra pessoa do que com nós mesmos”, disse o Élder Holland. “Esse é o grande exemplo da expiação de Cristo para nós, e isso deveria ficar mais evidente na bondade que demonstramos, no respeito que temos, no altruísmo e cortesia que expressamos em nosso relacionamento pessoal.”

Expressar e Demonstrar Amor e Gratidão

O Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, explica que expressões de amor e gratidão “não [precisam] ser [elaboradas] nem [longas]. Devemos simplesmente expressar nosso amor com sinceridade e com frequência”.

O marido também demonstra amor pelo modo como trata sua esposa, disse o Élder Bednar. “Devemos lembrar que dizer ‘Eu te amo’ é só o princípio. Precisamos dizer isso, temos que ser sinceros ao dizê-lo e, mais importante, precisamos demonstrá-lo constantemente. Precisamos expressar e demonstrar nosso amor.”

Os casais podem desfrutar de enorme alegria, confiança e força, promete o Élder Bednar. “O sentimento de segurança e constância proporcionado pelo amor de um cônjuge é uma bênção preciosa. Esse amor nutre e sustém a fé em Deus. Esse amor é uma fonte de força e afasta o temor (ver I João 4:18). Esse amor é o desejo de toda alma humana.”