• Home
  • Concurso de Vídeos
  • Ensinar e Aprender pelo Estudo e Fé

Ensinar e Aprender pelo Estudo e pela Fé

Três vezes em Doutrina e Convênios o Senhor exorta os santos dos últimos dias a aprenderem “pelo estudo e também pela fé” (ver D&C 88:118, D&C 109:7 e D&C 109:14). Qual a responsabilidade que é colocada sobre aqueles que estão estudando o evangelho e como o estudo e a fé se combinam no ensino e aprendizado de princípios e doutrinas verdadeiros?

“Nossa jornada em busca da verdade deve ser tão ampla quanto as atividades de nossas vida e tão profunda quanto permitam nossas circunstâncias”, diz o Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos. “Um santo dos últimos dias instruído deve procurar compreender os importantes problemas religiosos, seculares, sociais e políticos de sua época. Quanto mais conhecimentos tivermos a respeito das leis do céu e das coisas terrenas, maior influência poderemos exercer para o bem nas pessoas a nosso redor e mais protegidos estaremos das influências torpes e malignas que podem confundir-nos e destruir-nos.

Ele continua: “Em nossa jornada em busca da verdade, precisamos procurar a ajuda de nosso amoroso Pai Celestial. Seu Espírito pode guiar-nos e intensificar nossos esforços de aprendizado e magnificar nossa capacidade de assimilar a verdade. Esse aprendizado pelo Espírito não se restringe às salas de aula nem à preparação para os exames acadêmicos. Aplica-se a tudo o que fazemos na vida e a todo lugar em que o fazemos— no lar, no trabalho e na Igreja”.

O Bible Dictionary [Dicionário Bíblico] diz: “A fé é um princípio de ação e de poder. (…)Embora a fé seja um dom, deve ser cultivada e trabalhada até deixar de ser uma pequena semente e crescer e tornar-se uma bela árvore”. Cuidar de tal árvore, seja espiritual ou material, é responsabilidade de cada discípulo. É um exercício do arbítrio.

Anote os Sussurros do Espírito

Élder Richard G. Scott, do Quórum dos Doze Apóstolos ensina que uma forma pela qual podemos fazer um convite adequado e aprender com o Espírito Santo é escrever seus sussurros. “A maior parte dos indivíduos limita seu aprendizado primariamente ao que ouvem ou leem. Sejam sábios. Desenvolvam a habilidade de aprender pelo que veem e, particularmente, pelo que o Espírito Santo os inspira a sentir. Conscientemente procurem aprender pelo que veem e sentem, e sua capacidade de fazê-lo irá expandir-se com a prática consistente. Peçam por tal ajuda com fé. Vivam de forma a serem dignos dela. Esforcem-se por reconhecê-la.

“Anotem as coisas importantes que aprenderem com o Espírito, em um lugar seguro. Perceberão que ao escreverem ideias preciosas, mais delas, com certeza surgirão. (…) Expressem gratidão pela ajuda recebida e obedeçam-na. Esta prática reforçará sua capacidade de aprender pelo Espírito. Permitirá que o Senhor guie sua vida e dê maior significado ao uso de todas as suas habilidades latentes”.

Responsabilidade Individual

“Finalmente, a responsabilidade de aprender pela fé e colocar em aprender pela fé e colocar em prática a verdade espiritual está sobre nossos ombros, individualmente”, Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, ensina. “Essa é uma responsabilidade cada vez mais séria e importante no mundo em que vivemos e em que ainda viveremos. O que, como e quando aprendemos têm por apoio um instrutor, um método de apresentação ou um tópico ou formato de aula específico, — mas não dependem disso. (…)

“Temos que agir e ser cumpridores da palavra e não meros ouvintes que recebem a ação. Vocês são agentes que atuam e procuram aprender pela fé, ou estão esperando ser ensinados e receber a ação? As crianças, jovens e adultos a quem vocês ensinam estão agindo e procurando aprender pela fé, ou estão esperando ser ensinados e receber a ação? Estamos incentivando e ajudando nossos alunos a procurarem aprender pela fé? “Nós e nossos alunos devemos ocupar-nos zelosamente perguntando, buscando e pedindo”, diz o Élder Bednar. (Ver 3 Néfi 14:7.)

“Um aprendiz que exerce seu arbítrio agindo de acordo com princípios corretos, abre seu coração ao Espírito Santo e convida-O a ensinar, a testificar com poder e a confirmar o testemunho”, diz o Élder Bednar. “O aprendizado pela fé exige esforço físico, mental e espiritual e não apenas uma receptividade passiva. É na sinceridade e na constância de nossa ação inspirada pela fé que mostramos ao Pai Celestial e a Seu Filho, Jesus Cristo a nossa disposição de aprender e receber instrução do Espírito Santo. Assim, aprender pela fé envolve o exercício do arbítrio moral para agirmos com a certeza das coisas que esperamos e convidarmos o único professor verdadeiro, o Espírito do Senhor, a dar-nos a prova das coisas que não vemos”.