Russell M. Nelson

Quórum dos Doze Apóstolos

Élder Russell M. Nelson

O Élder Russell M. Nelson é amplamente conhecido por ensinar que o poder da cura é um dom de Deus.

O Dr. Russell M. Nelson esteve em Manzanillo, México, em fevereiro de 1978, assistindo a reuniões médicas com o grupo de médicos com quem se havia formado 30 anos antes. Repentinamente, um dos médicos ficou gravemente doente, sofrendo de uma forte hemorragia no estômago. Sob circunstâncias normais, qualquer dos médicos na sala poderia tê-lo tratado. Mas, em uma remota vila de pescadores, sem hospitais por perto, sem aviões que poderiam alçar voo à noite, e sem equipamento médico, eles entenderam que estavam indefesos enquanto observavam o colega sofrer.

“Todo o conhecimento e preocupação combinados ali não podiam converter-se em ação para ajudar nosso amigo, enquanto víamos sua vida declinar diante de nossos olhos. Sentíamo-nos incapazes de fazer cessar sua hemorragia”, disse Élder Nelson.

O doente pediu uma bênção. Muitos dos médicos que possuíam o Sacerdócio de Melquisedeque logo o atenderam, e o Dr. Nelson foi quem fez a oração. “O Espírito Santo ditou que a hemorragia pararia e que esse homem continuaria a viver e voltaria à sua casa e profissão”. Ele recuperou-se e voltou para casa.

“Os homens, por si mesmos, muito pouco podem fazer para curar seu corpo doente ou debilitado”, disse Élder Nelson. “Com cultura eles podem realizar um pouco mais; com formação e treinamento médico avançados, ainda mais um pouco pode ser feito. O verdadeiro poder para curar é um dom de Deus. Ele declarou que parte desse poder pode ser exercido por meio da autoridade de Seu sacerdócio, a fim de beneficiar e abençoar a humanidade, quando tudo o que os homens puderem fazer por si mesmos não for suficiente”.

Russell M. Nelson

Em criança, Russell Nelson enverga uma roupa de marinheiro e demonstra interesse por uma grande gama de atividades.

Russell e Dantzel Nelson

Russell M. Nelson e Dantzel White Nelson esboçam um sorriso. Conheceram-se em 1942, casaram-se três anos depois, e tiveram 10 filhos. Ela faleceu em 2005.

Preparar-se para o Futuro

Quando menino, Russell Nelson tinha muitos interesses, mas, na faculdade, decidiu estudar Medicina. Na época em que se diplomou, em junho de 1945, já estava bem em seu primeiro ano da faculdade de medicina e completou em três anos o curso de quatro anos. Em agosto de 1947, já era “um médico completo”, tendo-se formado aos 22, com as mais elevadas honrarias.

Nesse meio tempo, conheceu e casou-se com Dantzel White. Russell fora persuadido a participar em uma peça na universidade, e ela era a principal soprano da peça. Quando ele a conheceu e a ouviu cantar, ficou apaixonado. Não precisava mais de motivação alguma para representar na peça, e eles se casaram três anos mais tarde, em agosto de 1945, no Templo de Salt Lake. Eles tiveram 10 filhos. A Irmã Nelson faleceu em fevereiro de 2005. Em abril de 2006, Élder Nelson casou-se com Wendy L. Watson. Atualmente ela o acompanha muitas vezes nas designações da Igreja.

Após de seu estágio como interno na Universidade de Minnesota, o Dr. Nelson trabalhou em uma equipe que entrou para a história da Medicina: depois de três anos desafiadores, eles desenvolveram a primeira máquina que realizava as funções do coração e pulmões de um paciente durante uma cirurgia cardíaca.

Antes de voltar a Salt Lake City, ele alistou-se para servir um período de dois anos de serviço médico no Exército dos E.U.A., durante a Guerra da Coreia; serviu na Coreia, no Japão e no Centro Médico do Exército Walter Reed, em Washington, D.C. Mais tarde, trabalhou durante um ano no Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, e então voltou à Universidade de Minnesota durante um ano, recebendo seu PhD em 1954.

Durante anos, ele literalmente tocou o coração de milhares de pacientes, incluindo-se altos líderes da Igreja e civis. Em 1972, realizou uma cirurgia do coração no Élder Spencer W. Kimball. Depois da cirurgia, recebeu um testemunho pessoal de que seu paciente se tornaria, algum dia, o Presidente da Igreja.

A Família Nelson

Pai de 10 filhos, o Élder Nelson mantém relacionamentos duradouros com eles, que se iniciou quando eram pequenos.

Conseguir Tempo para a Família

Mas, não importando o quanto Élder Nelson tenha se envolvido em atividades importantes, sua principal preocupação sempre foi sua família. Seus filhos dizem que ele sempre considerou uma prioridade estar com eles quando está em casa, e ao longo dos anos, sua devoção lhes tem assegurado repetidamente quanto ao amor paterno por eles.

Mesmo com uma programação apertada, ele conseguia tempo para estabelecer um relacionamento duradouro com cada um. Visto que tinha que viajar muito, com frequência levava um membro da família com ele, fosse Irmã Nelson ou um dos filhos. Em vez de considerar isso uma extravagância, ele o encarava como um sábio investimento.

Élder Nelson em uma reunião

Élder Nelson atua com entusiasmo no que quer que seja chamado para fazer, tanto na Igreja como no campo profissional.

Élder e Irmã Nelson saindo da conferência

Élder Nelson e sua mulher, Wendy Watson Nelson, saem do púlpito, depois de uma sessão da conferência geral de abril de 2011. Eles se casaram em 2006.

Servir com Entusiasmo

Durante anos de serviço à Igreja, Élder Nelson tem, consistentemente, dado o melhor de si.

Quando dois colegas — marido e mulher — demonstraram interesse pela Igreja, ele explicou-lhes alguns dos princípios e emprestou-lhes um exemplar do Livro de Mórmon. Uma semana depois, eles o devolveram com um gentil muito obrigado.

“O que vocês querem dizer com ‘Muito obrigado?’” perguntou aos amigos. “Isso não é uma resposta de quem leu esse livro. Vocês não o leram. Por favor, peguem-no de volta e leiam-no, e então devolvam-no para mim com uma resposta muito mais apropriada.”

Admitindo ter apenas dado uma olhadela, eles aceitaram o desafio. Três semanas depois, voltaram com lágrimas nos olhos. “Sabemos que esse livro é verdadeiro”, disseram. “Como podemos aprender mais?”

Sorrindo, o jovem doutor disse: “Agora sei que leram o livro. Podemos seguir em frente.” Depois de algum tempo, ele os batizou.

Russell M. Nelson também serviu ao Senhor como presidente de estaca, depois de servir em bispados e sumos conselhos. Em 1971, tornou-se o presidente geral da Escola Dominical. Depois, em 1979, foi chamado como um representante regional. Cada vez que recebia um chamado, ele prosseguia, confiante em que o Senhor o abençoaria em suas designações.

“Quando o Élder Kimball me chamou e designou-me presidente da estaca, em 1964, estávamos apenas iniciando na Medicina, com o desafio de substituir a válvula aórtica”, disse o Élder Nelson. “As taxas de mortalidade eram elevadas, e o compromisso de tempo dedicado a cada paciente era extremamente elevado—para muitos, quase atenção exclusiva era necessária, por muitas horas, às vezes até dias. Quando o Élder Kimball me chamou para ser o presidente da estaca, disse brincando: ‘Todos os que entrevistamos por aqui disseram que você seria bom, mas que não tem tempo. Você tem tempo?’

Dr. Nelson

O Dr. Nelson examina um modelo do coração humano. Como cirurgião, ele foi um instrumento na criação da primeira máquina coração-pulmões e realizou muitas operação com peito aberto.

“Respondi, ‘Não sei quanto a isso, mas tenho a fé!’ Expliquei-lhe, então, os desafios—entrar no campo de substituição da válvula aórtica exigia uma grande dedicação de tempo e que nossas taxas de mortalidade eram altas. Os dois problemas preocupavam-me demais.

Na bênção que pronunciou sobre minha cabeça naquele dia, abençoou-me especificamente, para que fossem reduzidas nossas taxas de mortalidade, particularmente em relação à cirurgia da válvula aórtica, e que o procedimento não mais seria a causa do consumo de meu tempo e energia como fora no passado. No ano seguinte, as exigências de tempo para a operação realmente diminuíram, e tenho tido o tempo necessário para servir naquele e em outros chamados. Na realidade, nossas taxas de mortalidade baixaram a ponto em que estão hoje — a um limite tolerável, muito baixo e aceitável. E muito interessante é que essa foi a operação que fiz no Presidente Kimball, oito anos depois.”

Esse serviço dedicado e entusiástico preparou o Élder Russell M. Nelson a fim de ser chamado para o Quórum dos Doze Apóstolos, em 7 de abril de 1984.

“Tenho uma fé profunda e permanente em Deus e em Seu Filho, Jesus Cristo”, disse o Élder Nelson. “O trabalho em que estou engajado agora é a causa mais importante do mundo. É de todo abrangente, é satisfatório e desafiador. E preciso fazer o melhor, porque tenho responsabilidade por esta mordomia.”

O Quórum dos Doze Apóstolos (abaixo).

O Quórum dos Doze Apóstolos

  • Leia mais biografias da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos .

Leia a biografia oficial