CAPÍTULO 10

Os judeus crucificarão o seu Deus—Eles serão dispersos até começarem a acreditar nele—A América será uma terra de liberdade, onde nenhum rei governará—Reconciliai-vos com Deus e alcançai salvação por meio de sua graça. Aproximadamente 559–545 a.C.

  E agora, meus amados irmãos, eu, Jacó, torno a falar-vos sobre esse aramo justo que já citei.

  Pois eis que as apromessas que obtivemos são promessas segundo a carne; portanto, como me foi mostrado, muitos de nossos filhos perecerão na carne por causa da incredulidade; não obstante, Deus terá misericórdia de muitos; e nossos filhos serão resgatados, para que obtenham aquilo que lhes dará o verdadeiro conhecimento de seu Redentor.

  Portanto, como vos disse, é necessário que Cristo—pois na noite passada o aanjo informou-me que este seria o seu nome— bvenha aos judeus, aos que são a parte mais iníqua do mundo, e eles o ccrucificarão—pois assim deseja nosso Deus; e nenhuma outra nação na Terra dcrucificaria seu eDeus.

  Porque caso seus grandes amilagres se dessem em outras nações, elas se arrependeriam e saberiam ser ele o seu Deus.

  Mas por causa de aartimanhas sacerdotais e de iniqüidades, os de Jerusalém endurecerão a cerviz contra ele, para que seja crucificado.

  Portanto, devido às iniqüidades deles, recairão sobre eles destruições, fome, pestes e derramamento de sangue; e os que não forem destruídos serão adispersos por todas as nações.

  Mas eis que assim diz o aSenhor Deus: bQuando chegar o dia em que acreditarem em mim, que eu sou Cristo, fiz eu convênio com seus pais de que, na Terra, serão restituídos na carne às terras de sua herança.

  E acontecerá que serão acoligados de sua longa dispersão, desde as bilhas do mar e dos quatro cantos da Terra; e as nações dos gentios serão grandes a meus olhos, diz Deus, por clevá-los às terras de sua herança.

  aSim, os reis dos gentios serão seus aios e suas rainhas tornar-se-ão amas; portanto, grandes são as bpromessas do Senhor aos gentios, pois ele assim o disse e quem poderá contestar?

  10 Mas eis que esta terra, disse Deus, será uma terra de tua herança e os agentios serão abençoados nela.

  11 E esta terra será uma terra de aliberdade para os gentios e não haverá breis nesta terra que tenham poder sobre os gentios.

  12 E eu fortificarei esta terra contra todas as outras nações.

  13 E quem alutar contra Sião bperecerá, diz Deus.

  14 Pois quem levantar um rei contra mim perecerá, porque eu, o Senhor, o arei dos céus, serei seu rei e serei para sempre uma bluz para aqueles que ouvem minhas palavras.

  15 Portanto, por este motivo, a fim de que sejam cumpridos os aconvênios que fiz com os filhos dos homens, que cumprirei enquanto estiverem na carne, devo destruir as bobras secretas das ctrevas e os assassinatos e as abominações.

  16 Portanto quem lutar contra aSião, seja judeu ou gentio, escravo ou livre, homem ou mulher, perecerá; pois bestes são os que constituem a prostituta de toda a Terra; porque cos que dnão estão comigo estão econtra mim, diz nosso Deus.

  17 Pois acumprirei as promessas que fiz aos filhos dos homens, as quais cumprirei enquanto estiverem na carne.

  18 Portanto, meus amados irmãos, assim diz nosso Deus: Afligirei a vossa posteridade pela mão dos gentios; não obstante, abrandarei o coração dos agentios, para que sejam como um pai para eles; portanto os gentios serão babençoados e ccontados com os da casa de Israel.

  19  aConsagrarei, pois, esta terra para sempre a vossa semente e aos que forem contados com a vossa semente, para que seja a terra de sua herança; porque é uma terra escolhida, diz-me Deus, acima de todas as outras terras; desejo portanto que todos os que nela habitarem me adorem, diz Deus.

  20 E agora, meus amados irmãos, vendo que nosso misericordioso Deus nos deu tão grande conhecimento sobre estas coisas, lembremo-nos dele e deixemos de lado o pecado e não inclinemos a cabeça, pois não fomos rejeitados; não obstante, fomos aexpulsos da terra de nossa herança; fomos, porém, conduzidos a uma bterra melhor, pois o Senhor fez do mar nosso ccaminho e estamos em uma dilha do mar.

  21 Mas grandes são as promessas do Senhor aos que estão nas ailhas do mar; portanto, como é dito ilhas, deve haver outras além desta e elas são também habitadas por nossos irmãos.

  22 Porque eis que de tempos em tempos o Senhor Deus alevou alguns da casa de Israel, segundo sua vontade e prazer. E agora, eis que o Senhor se recorda de todos os que foram separados; portanto, recorda-se de nós também.

  23 Animai-vos, portanto, e lembrai-vos de que sois alivres para bagir por vós mesmos—para cescolher o caminho da morte eterna ou o caminho da vida eterna.

  24 Portanto, reconciliai-vos, meus amados irmãos, com a vontade de Deus e não com a vontade do diabo e da carne; e lembrai-vos, depois de vos reconciliardes com Deus, de que é somente na graça e pela agraça de Deus que sois bsalvos.

  25 Possa Deus, portanto, levantar-vos da morte pelo poder da ressurreição e também da morte eterna, pelo poder da aexpiação, a fim de que sejais recebidos no eterno reino de Deus para louvá-lo pela graça divina. Amém.