CAPÍTULO 11

Jacó viu seu Redentor—A lei de Moisés simboliza Cristo e confirma que ele virá. Aproximadamente 559–545 a.C.

  E então aJacó disse muitas coisas mais ao meu povo naquela ocasião; não obstante, somente estas coisas fiz com que fossem bescritas, pois o que escrevi me basta.

  E agora eu, Néfi, escrevo mais das palavras de aIsaías, porque minha alma se deleita em suas palavras. Pois aplicarei suas palavras a meu povo e enviá-las-ei a todos os meus filhos, pois ele verdadeiramente viu meu bRedentor assim como eu o vi.

  E meu irmão Jacó também o aviu como eu o vi; portanto enviarei suas palavras aos meus filhos, para provar-lhes que minhas palavras são verdadeiras. Portanto, pelas palavras de btrês, disse Deus, estabelecerei minha palavra. Não obstante, Deus envia mais testemunhas e ele confirma todas as suas palavras.

  Eis que minha alma se regozija em aconfirmar a meu povo a veracidade da bvinda de Cristo; pois para este fim foi dada a clei de Moisés; e todas as coisas que foram dadas por Deus aos homens, desde o começo do mundo, são símbolos dele.

  E minha alma também se deleita nos aconvênios que o Senhor fez com nossos pais; sim, minha alma deleita-se na sua graça e na sua justiça e poder e misericórdia no grande e eterno plano de libertação da morte.

  E minha alma deleita-se em comprovar a meu povo que, asem a vinda de Cristo, todos os homens pereceriam.

  Porque se anão há Cristo, não há Deus; e se não há Deus, não existimos, porque não poderia ter havido bcriação. Há entretanto um Deus e ele é Cristo; e virá na plenitude de seu próprio tempo.

  E agora escrevo algumas das palavras de Isaías, para que aqueles de meu povo que virem essas palavras alegrem o coração e regozijem-se por todos os homens. Ora, estas são as palavras e podeis aplicá-las a vós e a todos os homens.