CAPÍTULO 14

Sião e suas filhas serão redimidas e purificadas no dia do milênio—Comparar com Isaías 4. Aproximadamente 559–545 a.C.

  E naquele dia sete mulheres lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos nosso próprio pão e vestir-nos-emos com nossos próprios vestidos; tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome, para desfazer o nosso aopróbrio.

  Naquele dia o aramo do Senhor será belo e glorioso; o fruto da terra será excelente e formoso para os que escaparem de Israel.

  E acontecerá que aqueles que ficarem em Sião e os que permanecerem em Jerusalém serão chamados santos. Todos os que estiverem inscritos entre os vivos em Jerusalém—

  aQuando o Senhor tiver blavado a imundície das filhas de Sião e limpado o sangue de Jerusalém do meio dela, com o espírito de justiça e com o espírito de cardor.

  E criará o Senhor, sobre toda a habitação do monte Sião e sobre as suas congregações, uma anuvem e uma fumaça de dia e o resplendor de um fogo chamejante à noite; porque sobre toda a glória de Sião haverá uma defesa.

  E haverá um tabernáculo por sombra contra o calor do dia e por arefúgio e esconderijo contra a tempestade e a chuva.