CAPÍTULO 15

Jesus anuncia que a lei de Moisés se cumpriu nele—Os nefitas são as outras ovelhas de quem ele falou em Jerusalém—Por causa da iniqüidade, o povo do Senhor, em Jerusalém, não sabe das ovelhas dispersas de Israel. Aproximadamente 34 d.C.

  E então aconteceu que após ter dito essas palavras, Jesus olhou para a multidão ao seu redor e disse: Eis que ouvistes as coisas que ensinei antes de subir para meu Pai; portanto, todo aquele que se lembrar destas minhas palavras e apraticá-las, blevantá-lo-ei no último dia.

  E aconteceu que após ter dito essas palavras, Jesus percebeu que, entre eles, havia alguns que se haviam maravilhado e perguntavam-se o que desejava ele com respeito à alei de Moisés; porque não compreendiam a afirmação de que as coisas antigas haviam passado e todas as coisas haviam-se tornado novas.

  E ele disse-lhes: Não vos maravilheis por ter eu declarado que as coisas antigas passaram e todas as coisas tornaram-se novas.

  E eis que vos digo que a alei dada a Moisés foi cumprida.

  Eis que aeu sou aquele que deu a lei e eu sou aquele que fez convênio com meu povo, Israel; portanto a lei se cumpre em mim, porque eu vim para bcumprir a lei; conseqüentemente, ela tem um fim.

  Eis que anão destruo os profetas, porque todos os que não se cumpriram em mim, em verdade vos digo, serão todos cumpridos.

  E porque vos disse que as coisas antigas passaram, não anulo o que foi dito a respeito das coisas que estão para vir.

  Porque eis que o aconvênio que fiz com meu povo ainda não se cumpriu completamente; mas a lei que foi dada a Moisés tem o seu termo em mim.

  Eis que eu sou a alei e a bluz. Confiai em mim e perseverai até o fim e cvivereis; porque àquele que dperseverar até o fim, darei vida eterna.

  10 Eis que vos dei os amandamentos; portanto guardai meus mandamentos. E esta é a lei e os profetas, porque eles em verdade btestificaram de mim.

  11 E então aconteceu que depois de haver proferido essas palavras, Jesus disse aos doze que escolhera:

  12 Vós sois meus discípulos; e sois uma luz para este povo, que é um remanescente da casa de aJosé.

  13 E eis que esta é a aterra de vossa herança; e o Pai vo-la deu.

  14 E jamais me deu o Pai mandamento de que eu o adissesse a vossos irmãos de Jerusalém.

  15 Nem jamais me deu o Pai mandamento de que eu lhes falasse a respeito das aoutras tribos da casa de Israel, que o Pai conduziu para fora daquela terra.

  16 Somente isto me ordenou o Pai que lhes dissesse:

  17 Que tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também devo conduzir estas e elas ouvirão a minha voz e haverá um rebanho e um apastor.

  18 E agora, por causa de sua obstinação e incredulidade, anão compreenderam minha palavra; portanto o Pai me ordenou que nada mais lhes dissesse a respeito disto.

  19 Mas em verdade vos digo que o Pai me ordenou e eu vos digo que fostes separados deles em virtude da iniqüidade deles; portanto, é por causa de sua iniqüidade que eles não sabem de vós.

  20 E em verdade vos digo outra vez que as outras tribos foram deles separadas pelo Pai; e é por causa de sua iniqüidade que delas nada sabem.

  21 E em verdade vos digo que sois aqueles de quem falei: Tenho também aoutras ovelhas que não são deste aprisco; também devo conduzir estas e elas ouvirão a minha voz e haverá um rebanho e um pastor.

  22 E não me compreenderam, porque pensaram que eu me referia aos agentios; porque não compreenderam que os gentios seriam bconvertidos por meio de sua pregação.

  23 E não me compreenderam quando eu disse que elas ouviriam minha voz; nem me compreenderam quando disse que os agentios jamais ouviriam minha voz—que a eles não me manifestaria, a não ser pelo bEspírito Santo.

  24 Mas eis que vós ouvistes aminha voz e me vistes; e sois minhas ovelhas e sois contados com os que o Pai me bdeu.