Relato sobre o povo de Néfi e suas guerras e discórdias nos dias de Helamã, segundo o registro que Helamã fez em seus dias.
Abrange os capítulos 45 a 62.

CAPÍTULO 45

Helamã crê nas palavras de Alma—Alma profetiza a destruição dos nefitas—Ele abençoa e amaldiçoa a terra—Alma pode ter sido arrebatado pelo Espírito, como Moisés—Crescem as dissensões na Igreja. Aproximadamente 73 a.C.

  Ora, então aconteceu que o povo de Néfi se alegrou imensamente porque o Senhor tornara a livrá-lo das mãos de seus inimigos; portanto renderam graças ao Senhor seu Deus; sim, ajejuaram e oraram muito e adoraram a Deus com grande alegria.

  E aconteceu, no décimo nono ano em que os juízes governaram o povo de Néfi, que Alma se dirigiu a seu filho Helamã e perguntou-lhe: Crês nas palavras que te disse a respeito daqueles aregistros que foram escritos?

  E Helamã respondeu-lhe: Sim, eu creio.

  E Alma disse novamente: Crês em Jesus Cristo, aquele que há de vir?

  E ele respondeu: Sim, creio em todas as palavras que disseste.

  E Alma tornou a perguntar: aGuardarás meus mandamentos?

  E ele respondeu: Sim, guardarei teus mandamentos com todo o meu coração.

  Então Alma lhe disse: Bendito és tu; e o Senhor far-te-á aprosperar nesta terra.

  Mas eis que tenho algo a te aprofetizar, mas o que eu te profetizar a ninguém revelarás; sim, o que eu te profetizar não deverá ser divulgado até que a profecia seja cumprida; por conseguinte, escreve o que te vou dizer.

  10 E estas são as palavras: Eis que vejo, segundo o espírito de revelação que está em mim, que aquatrocentos anos depois do aparecimento de Jesus Cristo a este povo, os nefitas, eles degenerarão, caindo na bincredulidade.

  11 Sim, então eles verão guerras e pestes, sim, fome e derramamento de sangue até que o povo de Néfi seja aextinto

  12 Sim, e isto porque eles degenerarão, caindo na incredulidade; e entregar-se-ão a obras de trevas e à alascívia e a toda sorte de iniqüidades; sim, digo-te que, porque pecarão contra tão grande luz e conhecimento, sim, digo-te que, a partir desse dia, não passará a quarta geração antes que venha esta grande iniqüidade.

  13 E quando esse grande dia chegar, eis que muito cedo virá a hora em que os que agora vivem, ou seja, a semente dos que agora são contados com o povo de Néfi, já anão será contada com o povo de Néfi.

  14 Aquele, porém, que sobreviver e não for destruído nesse grande e terrível dia, será acontado com os lamanitas; e tornar-se-ão todos como eles, a não ser alguns que serão chamados de discípulos do Senhor; e eles serão perseguidos pelos lamanitas baté que sejam extintos. E agora, em virtude da iniqüidade, esta profecia será cumprida.

  15 E então aconteceu que depois de Alma dizer estas coisas a Helamã, abençoou-o, bem como a seus outros filhos, e também abençoou a terra por causa dos ajustos.

  16 E disse: Assim diz o Senhor Deus— aMaldita será a terra, sim, esta terra, para a destruição de toda nação, tribo, língua e povo que cometer iniqüidade, quando eles estiverem plenamente amadurecidos; e acontecerá como digo; pois esta é a maldição e a bbênção de Deus sobre a terra, porque o Senhor não pode encarar o pecado com o cmínimo grau de tolerância.

  17 E então, após haver Alma pronunciado estas palavras, abençoou a aigreja, sim, todos os que permanecessem firmes na fé dali em diante.

  18 E depois de haver feito isto, Alma partiu da terra de Zaraenla como se fosse para a terra de Meleque. E aconteceu que nada mais se ouviu a respeito dele; e de sua morte ou sepultura, nada sabemos.

  19 Eis que o que sabemos é que foi um homem justo; e na igreja espalhou-se o rumor de haver sido ele arrebatado pelo Espírito ou asepultado pela mão do Senhor, como Moisés. Eis que as escrituras, porém, dizem que o Senhor levou Moisés para junto de si; e supomos que ele também recebeu Alma junto de si, no espírito; eis por que nada sabemos sobre sua morte e sepultamento;

  20 E então aconteceu, no começo do décimo nono ano em que os juízes governaram o povo de Néfi, que Helamã andou entre o povo a fim de pregar-lhe a palavra.

  21 Pois eis que, em virtude de suas guerras com os lamanitas e das muitas pequenas dissensões e distúrbios entre o povo, tornou-se necessário que a apalavra de Deus fosse declarada entre eles; sim, e que houvesse uma regulamentação em toda a igreja.

  22 Assim Helamã e seus irmãos foram reorganizar a igreja em toda a terra, sim, em todas as cidades de toda a terra pertencente ao povo de Néfi. E aconteceu que nomearam sacerdotes e mestres por toda aquela terra, para todas as igrejas.

  23 E então aconteceu que depois de haverem Helamã e seus irmãos nomeado sacerdotes e mestres para as igrejas, originou-se uma adissensão no meio deles e não mais deram ouvidos às palavras de Helamã e seus irmãos;

  24 Mas tornaram-se orgulhosos e seu coração encheu-se de vaidade devido a suas enormes ariquezas; portanto se tornaram ricos a seus bpróprios olhos e não davam ouvidos às palavras deles para que andassem retamente perante Deus.