Palavras que Alma, sumo sacerdote segundo a santa ordem de Deus, transmitiu ao povo nas suas cidades e povoados por toda a terra.
Abrangem o capítulo 5.

CAPÍTULO 5

Para obterem salvação, os homens devem arrepender-se e guardar os mandamentos, nascer de novo, purificar suas vestes por meio do sangue de Cristo, ser humildes, despir-se do orgulho e da inveja e praticar obras de retidão—O Bom Pastor chama o seu povo—Aqueles que praticam o mal são filhos do diabo—Alma testifica a veracidade de sua doutrina e ordena aos homens que se arrependam—Os nomes dos justos serão escritos no livro da vida. Aproximadamente 83 a.C.

  Ora, aconteceu que Alma começou a atransmitir ao povo a palavra de bDeus, primeiro na terra de Zaraenla e dali por toda a terra.

  E estas são as palavras que, segundo seu próprio relato, ele dirigiu ao povo da igreja que estava estabelecida na cidade de Zaraenla, dizendo:

  Eu, Alma, havendo sido aconsagrado por meu pai, Alma, como bsumo sacerdote da igreja de Deus, tendo ele poder e cautoridade de Deus para fazer estas coisas, eis que eu vos digo que ele começou a organizar uma igreja na dterra que se achava nas fronteiras de Néfi; sim, na terra chamada terra de Mórmon; sim, e ele batizou seus irmãos nas águas de Mórmon.

  E eis que vos digo que eles foram asalvos das mãos do povo do rei Noé pela misericórdia e poder de Deus.

  E eis que, depois disso, foram aescravizados pelas mãos dos lamanitas no deserto; sim, digo-vos que estavam no cativeiro e novamente o Senhor os libertou da bescravidão pelo poder de sua palavra; e fomos trazidos para esta terra e aqui começamos a organizar a igreja de Deus, também por toda esta terra.

  E agora, eis que vos digo, meus irmãos, vós, que pertenceis a esta igreja: Haveis conservado suficientemente na lembrança o cativeiro de vossos pais? Sim, e haveis conservado suficientemente na lembrança a misericórdia e paciência de Deus para com eles? E ainda mais, haveis conservado suficientemente na lembrança que ele livrou suas almas do inferno?

  Eis que ele lhes transformou o coração; sim, despertou-os de um profundo sono e eles despertaram para Deus. Eis que estavam em meio à escuridão; não obstante, suas almas foram iluminadas pela luz da palavra eterna; sim, estavam cingidos pelas aligaduras da morte e pelas bcorrentes do inferno; e uma destruição eterna esperava-os.

  E agora vos pergunto, meus irmãos: Foram eles destruídos? Eis que vos digo que não; não o foram.

  E novamente pergunto: Foram rompidas as ligaduras da morte e soltas as correntes do inferno, que os cingiam? Digo-vos que sim; foram soltas e suas almas expandiram-se e cantaram o amor que redime. E digo-vos que estão salvos.

  10 E agora vos pergunto: Em que condições foram asalvos? Sim, que fundamento tinham para esperar a salvação? Qual foi a causa de haverem sido libertados das ligaduras da morte, sim, e também das correntes do inferno?

  11 Eis que vos posso dizer—Não acreditou meu pai, Alma, nas palavras que foram transmitidas pela boca de aAbinádi? E não foi ele um santo profeta? Não disse as palavras de Deus e nelas não acreditou meu pai, Alma?

  12 E em virtude de sua fé, verificou-se uma grande amudança em seu coração. Eis que vos digo que tudo isso é verdade.

  13 E eis que ele apregou a palavra a vossos pais e em seus corações também se verificou uma grande transformação; e eles humilharam-se e depositaram bconfiança no Deus verdadeiro e cvivo. E eis que foram fiéis até o dfim; portanto foram salvos.

  14 E agora, eis que vos pergunto, meus irmãos da igreja: Haveis anascido espiritualmente de Deus? Haveis recebido sua imagem em vosso semblante? Haveis experimentado esta poderosa bmudança em vosso coração?

  15 Exerceis fé na redenção daquele que vos acriou? Olhais para o futuro com os olhos da fé e vedes este corpo mortal levantado em imortalidade e esta corrupção blevantada em incorrupção, para apresentar-vos diante de Deus e serdes cjulgados de acordo com as obras feitas no corpo mortal?

  16 Digo-vos: Podeis imaginar ouvir a voz do Senhor dizendo-vos naquele dia: Vinde a mim, abenditos, pois eis que vossas obras foram obras de retidão na face da Terra?

  17 Ou imaginais que podereis mentir ao Senhor naquele dia, adizendo—Senhor, nossas obras foram retas na face da Terra—e que ele vos salvará?

  18 Ou, de outra maneira, podeis imaginar-vos ante o tribunal de Deus, com a alma cheia de culpa e remorso, tendo uma lembrança de todas as vossas culpas? Sim, uma perfeita alembrança de todas as vossas iniqüidades, sim, uma lembrança de que haveis desafiado os mandamentos de Deus?

  19 Pergunto-vos: Podereis naquele dia olhar para Deus com um coração puro e mãos limpas? Pergunto-vos: Podereis levantar os olhos, tendo a aimagem de Deus gravada em vosso semblante?

  20 Pergunto-vos: Podereis pensar em ser salvos, quando vos haveis deixado asubjugar pelo diabo?

  21 Digo-vos que sabereis naquele dia que não podeis ser asalvos; pois ninguém pode ser salvo sem que suas bvestimentas tenham sido lavadas até ficarem brancas; sim, suas vestimentas devem ser cpurificadas, até ficarem limpas de qualquer mancha, pelo sangue daquele de quem nossos pais falaram, o qual deverá vir para redimir o seu povo de seus pecados.

  22 E agora vos pergunto, meus irmãos: Como vos sentireis, se vos apresentardes perante o tribunal de Deus tendo vossas vestimentas manchadas de asangue e de toda espécie de bimundície? O que testemunharão essas coisas contra vós?

  23 Eis que não atestemunharão que sois assassinos, sim, e também que sois culpados de toda espécie de iniqüidades?

  24 Eis que, meus irmãos, supondes vós que tal pessoa possa ter um lugar onde sentar-se no reino de Deus, com aAbraão, com Isaque e com Jacó e também com todos os santos profetas, cujas vestimentas são limpas e imaculadas, puras e brancas?

  25 Digo-vos que não; a menos que façais de nosso Criador um mentiroso desde o princípio ou suponhais que ele seja um mentiroso desde o princípio, não podeis supor que esses possam ter um lugar no reino dos céus; mas serão expulsos, porque são os afilhos do reino do diabo.

  26 E agora, eis que eu vos digo, meus irmãos, se haveis experimentado uma amudança no coração, se haveis sentido o desejo de cantar o bcântico do amor que redime, eu perguntaria: cPodeis agora sentir isso?

  27 Tendes-vos conservado ainocentes diante de Deus? Poderíeis dizer, dentro de vós mesmos, se fôsseis chamados pela morte neste momento, que haveis sido suficientemente bhumildes? Que vossas vestimentas foram limpas e embranquecidas pelo sangue de Cristo, o qual virá para credimir seu povo de seus pecados?

  28 Eis que estais despidos de aorgulho? Digo-vos que, se não o estais, não estais preparados para comparecer perante Deus. Eis que deveis preparar-vos rapidamente, pois o reino dos céus está próximo; e o que não estiver preparado não terá vida eterna.

  29 Eis que pergunto: Há alguém entre vós não despido de ainveja? Digo-vos que esse não está preparado; e eu quisera que se preparasse rapidamente, pois a hora se aproxima e ele não sabe quando chegará o tempo; porque esse não se acha sem culpa.

  30 E novamente vos pergunto: Há alguém entre vós que azombe de seu irmão ou que acumule perseguições contra ele?

  31 Ai dele, pois não está preparado; e está próximo o tempo em que deve arrepender-se; do contrário não será salvo!

  32 Sim, ai de todos vós, que apraticais a iniqüidade; arrependei-vos, arrependei-vos, porque o Senhor Deus assim o disse!

  33 Eis que ele envia um convite a atodos os homens, pois os bbraços de misericórdia lhes estão estendidos e ele diz: Arrependei-vos e receber-vos-ei.

  34 Sim, diz ele, avinde a mim e participareis do bfruto da árvore da vida; sim, comereis e bebereis clivremente do dpão e da água da vida;

  35 Sim, vinde a mim e apresentai obras de retidão; e não sereis cortados e lançados ao fogo.

  36 Pois eis que é chegado o tempo em que aquele que não aapresentar bons frutos, ou seja, aquele que não praticar obras de retidão, terá motivos para chorar e lamentar-se.

  37 Ó obreiros da iniqüidade, vós que estais inchados com as acoisas vãs do mundo, vós que professastes haver conhecido os caminhos da retidão e, não obstante, vos haveis bperdido como covelhas sem pastor, apesar de um pastor vos haver dchamado e chamar-vos ainda, mas não quereis edar ouvidos a sua voz!

  38 Eis que vos digo que o bom apastor vos chama; sim, e em seu próprio nome vos chama, que é o nome de Cristo; e se não quereis bdar ouvidos à voz do cbom pastor, ao dnome pelo qual sois chamados, eis que não sois as ovelhas do bom pastor.

  39 E agora, se não sois as ovelhas do bom pastor, de que arebanho sois? Eis que vos digo que o bdiabo é o vosso pastor e pertenceis a seu rebanho; e agora, quem pode negar isto? Eis que vos digo que quem isso negar é cmentiroso e dfilho do diabo.

  40 Porque vos digo que tudo que é abom vem de Deus e tudo que é mau vem do diabo.

  41 Portanto, se um homem apresenta aboas obras, ele dá ouvidos ao bom pastor e segue-o; mas quem apresenta obras más se torna bfilho do diabo, porque dá ouvidos a sua voz e segue-o.

  42 E quem assim procede deve receber dele o seu asalário; por conseguinte, recebe como bsalário a cmorte quanto às coisas concernentes à retidão, estando morto para todas as boas obras.

  43 E agora, meus irmãos, quisera que me ouvísseis, porque falo com a energia de minha alma; pois eis que vos falei claramente, ou seja, de acordo com os mandamentos de Deus, para que não possais errar.

  44 Porque fui chamado para falar desta maneira, segundo a asanta ordem de Deus, que está em Cristo Jesus; sim, fui ordenado a levantar-me e testificar a este povo as coisas que foram ditas por nossos pais concernentes às coisas que hão de vir.

  45 E isto não é tudo. Não supondes que eu próprio asaiba destas coisas? Eis que vos testifico que sei que estas coisas de que falei são verdadeiras. E como supondes que eu tenho certeza de sua veracidade?

  46 Eis que eu vos digo que elas me foram amostradas pelo Santo Espírito de Deus. Eis que bjejuei e orei durante muitos dias, a fim de saber estas coisas por mim mesmo. E agora sei por mim mesmo que são verdadeiras, porque o Senhor Deus mas revelou por seu Santo Espírito; e este é o espírito de crevelação que está em mim.

  47 E ainda mais, digo-vos que assim me foi revelado, que as palavras que foram ditas por nossos pais são verdadeiras, em conformidade com o espírito de profecia que está em mim, o qual também existe pela manifestação do Espírito de Deus.

  48 Digo-vos que sei por mim mesmo que tudo quanto vos disser, concernente às coisas que hão de vir, é verdadeiro; e digo-vos que sei que Jesus Cristo virá; sim, o Filho, o Unigênito do Pai, cheio de graça e misericórdia e verdade. E eis que é ele quem vem para tirar os pecados do mundo, sim, os pecados de todos os que crêem firmemente em seu nome.

  49 E agora vos digo que esta é a aordem segundo a qual eu fui chamado, sim, para pregar a meus amados irmãos, sim, e a todos os que habitam a terra; sim, para pregar a todos, tanto velhos como jovens, tanto escravos como livres; sim, eu digo a vós, idosos, e também aos de meia-idade e à nova geração; sim, para declarar-lhes que devem arrepender-se e bnascer de novo.

  50 E assim diz o Espírito: Arrependei-vos todos vós, confins da Terra, porque o reino do céu está próximo; sim, o Filho de Deus vem em sua aglória, em sua força, majestade, poder e domínio. Sim, meus amados irmãos, digo-vos que o Espírito afirma: Eis a glória do bRei de toda a Terra; e também o Rei do céu muito em breve brilhará entre todos os filhos dos homens.

  51 E também me diz o Espírito, sim, clama com voz potente, dizendo: Vai e dize a este povo—Arrependei-vos, porque, a menos que vos arrependais, não podereis, de modo algum, herdar o reino do acéu.

  52 E torno a dizer-vos que o Espírito afirma: Eis que o amachado está posto à raiz da árvore; portanto toda árvore que não produzir bons frutos será bcortada e atirada ao fogo, sim, um fogo que não pode ser consumido, um fogo inextinguível. Ouvi e lembrai-vos de que o Santo o disse.

  53 E agora, meus amados irmãos, eu vos pergunto: Podeis refutar estas palavras? Sim, podeis pôr estas coisas de lado e apisar o Santo sob os pés? Sim, podeis inchar-vos com o borgulho de vosso coração? Sim, persistireis em usar vestimentas cluxuosas e pôr o coração nas coisas vãs do mundo, nas vossas driquezas?

  54 Sim, persistireis em supor que sois uns melhores que os outros? Sim, persistireis na perseguição de vossos irmãos, que se humilham e seguem a santa ordem de Deus pela qual foram trazidos para esta igreja, tendo sido asantificados pelo Santo Espírito e verdadeiramente apresentando obras dignas do arrependimento?

  55 Sim, e persistireis em voltar as costas aos apobres e aos necessitados e a negar-lhes vossos bens?

  56 E finalmente, todos vós que persistis em vossa iniqüidade, digo-vos que estes são os que serão cortados e lançados ao fogo, a menos que rapidamente se arrependam.

  57 E agora digo a todos vós que desejais seguir a voz do abom pastor: Afastai-vos dos iníquos, conservai-vos bseparados e não toqueis em suas coisas imundas; e eis que seus nomes serão capagados, a fim de que os nomes dos iníquos não sejam contados com os nomes dos justos, para que se cumpra a palavra de Deus, que diz: Os nomes dos iníquos não serão misturados com os nomes de meu povo;

  58 Porque os nomes dos justos serão escritos no alivro da vida e a eles concederei uma herança a minha mão direita. E agora, meus irmãos, que tendes a dizer contra isto? Digo-vos que se vos manifestardes contra isto, não importa, pois a palavra de Deus deve ser cumprida.

  59 Pois qual é o pastor entre vós que, tendo muitas ovelhas, não zela por elas, para que os lobos não entrem e devorem-lhe o rebanho? E eis que se um lobo entrar no meio de seu rebanho, não o porá para fora? Sim, e no final, se lhe for possível, destruí-lo-á.

  60 E agora vos digo que o bom pastor vos chama; e se derdes ouvidos a sua voz, ele vos levará ao seu redil e sereis suas ovelhas; e ele ordena-vos que não permitais a nenhum lobo voraz entrar no meio de vós, para que não sejais destruídos.

  61 E agora eu, Alma, ordeno-vos, na linguagem adaquele que mo ordenou, que procureis seguir as palavras que vos disse.

  62 Falo por meio de mandamento a vós, que pertenceis à igreja; e àqueles que não pertencem à igreja falo por meio de convite, dizendo: Vinde e sede batizados para o arrependimento, a fim de que também partilheis do fruto da aárvore da vida.