CAPÍTULO 10

O testemunho do Livro de Mórmon é recebido pelo poder do Espírito Santo—Os dons do Espírito são concedidos aos fiéis—Os dons espirituais sempre acompanham a fé—As palavras de Morôni falam do pó—Vinde a Cristo, aperfeiçoai-vos nele e santificai vossa alma. Aproximadamente 421 d.C.

  Agora eu, Morôni, escrevo algo que me parece bom; e escrevo a meus irmãos, os alamanitas; e quero que saibam que se passaram mais de quatrocentos e vinte anos desde que foi dado o sinal da vinda de Cristo.

  E depois de vos dizer algumas palavras a título de exortação, aselarei estes registros.

  Eis que desejo exortar-vos, quando lerdes estas coisas, caso Deus julgue prudente que as leiais, a vos lembrardes de quão misericordioso tem sido o Senhor para com os filhos dos homens, desde a criação de Adão até a hora em que receberdes estas coisas, e a ameditardes sobre isto em vosso bcoração.

  E quando receberdes estas coisas, eu vos exorto a aperguntardes a Deus, o Pai Eterno, em nome de Cristo, se estas coisas não bsão verdadeiras; e se perguntardes com um ccoração sincero e com dreal intenção, tendo e em Cristo, ele vos fmanifestará a gverdade delas pelo poder do Espírito Santo.

  E pelo poder do Espírito Santo podeis asaber a bverdade de todas as coisas.

  E tudo o que é bom, é justo e verdadeiro; portanto nada que é bom nega o Cristo, mas reconhece que ele é.

  E pelo poder do Espírito Santo podeis saber que ele é; portanto eu vos exorto a não negardes o poder de Deus, pois ele opera com poder, ade acordo com a fé dos filhos dos homens, o mesmo hoje e amanhã e para sempre.

  E novamente vos exorto, meus irmãos, a não negardes os adons de Deus, pois eles são muitos; e eles vêm do mesmo Deus. E de bdiversas maneiras são esses dons administrados; mas é o mesmo Deus que opera tudo em tudo; e eles são dados pelas manifestações do Espírito de Deus aos homens, para beneficiá-los.

  Pois aa um é dado bensinar, pelo Espírito de Deus, a palavra de sabedoria;

  10 E a outro, ensinar a palavra de conhecimento, pelo mesmo Espírito;

  11 E a outro, a extraordinária; e a outro, os dons de bcura, pelo mesmo Espírito;

  12 E também a outro, poder para operar grandes amilagres.

  13 E também a outro, profetizar a respeito de todas as coisas;

  14 E também a outro, ver anjos e espíritos ministradores.

  15 E também a outro, todos os tipos de línguas;

  16 E também a outro, a interpretação de idiomas e de diversos tipos de alínguas.

  17 E todos esses dons são dados pelo Espírito de Cristo; e são dados a cada homem individualmente, de acordo com sua vontade.

  18 E eu desejaria exortar-vos, meus amados irmãos, a vos lembrardes de que atoda boa dádiva vem de Cristo.

  19 E desejaria exortar-vos, meus amados irmãos, a vos lembrardes de que ele é o amesmo ontem, hoje e para sempre; e que todos esses dons dos quais falei, que são espirituais, nunca desaparecerão enquanto o mundo existir, a não ser pela bincredulidade dos filhos dos homens.

  20 Portanto é preciso haver a; e se é preciso haver fé, também é preciso haver esperança; e se é preciso haver esperança, é preciso também haver caridade.

  21 E a não ser que tenhais acaridade, não podeis de modo algum ser salvos no reino de Deus; tampouco podeis ser salvos no reino de Deus se não tendes fé e se não tendes esperança.

  22 E se não tendes esperança, deveis estar em desespero; e o desespero vem por causa da iniqüidade.

  23 E verdadeiramente Cristo disse a nossos pais: aSe tendes fé, podeis fazer todas as coisas que me são convenientes.

  24 E agora falo a todos os confins da Terra—se chegar o dia em que o poder e os dons de Deus desaparecerem do meio de vós, será apor causa de bincredulidade.

  25 E ai dos filhos dos homens, se for este o caso; porque anão haverá entre vós quem pratique o bem; não, ninguém. Porque se houver alguém entre vós que faça o bem, ele o fará pelo poder e pelos dons de Deus.

  26 E ai daqueles que fizerem cessar estas coisas e morrerem, porque amorrerão em seus bpecados e não poderão ser salvos no reino de Deus; e digo isto de acordo com as palavras de Cristo e não minto.

  27 E exorto-vos a que recordeis estas coisas; porque se aproxima rapidamente a hora em que sabereis que não minto, pois ver-me-eis no tribunal de Deus; e o Senhor Deus dir-vos-á: Não vos anunciei minhas apalavras, que foram escritas por este homem como alguém que bclamasse dentre os mortos, sim, como alguém que falasse do c?

  28 Eu anuncio estas coisas para cumprimento das profecias. E eis que elas sairão da boca do Deus Eterno; e sua palavra asibilará de geração em geração.

  29 E Deus mostrar-vos-á que aquilo que escrevi é verdadeiro.

  30 E novamente desejo exortar-vos a avirdes a Cristo e a vos apegardes a toda boa dádiva; e a bnão tocardes nem na dádiva má nem no que é impuro.

  31 E adesperta e levanta-te do pó, ó Jerusalém; sim, e veste-te com teus vestidos formosos, ó filha de bSião; e cfortalece tuas destacas e alarga tuas fronteiras para sempre, a fim de que já enão sejas confundida, para que se cumpram os convênios que o Pai Eterno fez contigo, ó casa de Israel!

  32 Sim, avinde a Cristo, bsede aperfeiçoados nele e negai-vos a toda iniqüidade; e se vos negardes a toda iniqüidade e camardes a Deus com todo o vosso poder, mente e força, então sua graça vos será suficiente; e por sua graça podeis ser perfeitos em Cristo; e se pela dgraça de Deus fordes perfeitos em Cristo, não podereis, de modo algum, negar o poder de Deus.

  33 E novamente, se pela graça de Deus fordes perfeitos em Cristo e não negardes o seu poder, então sereis asantificados em Cristo pela graça de Deus, por meio do derramamento do bsangue de Cristo, que está no convênio do Pai para a cremissão de vossos pecados, a fim de que vos torneis dsantos, sem mácula.

  34 E agora me despeço de todos. Logo irei adescansar no bparaíso de Deus, até que meu cespírito e meu corpo tornem a dunir-se e eu seja carregado triunfante pelo ear, para encontrar-me convosco no fagradável tribunal do grande gJeová, o hJuiz Eterno tanto dos vivos como dos mortos. Amém.